Vendas

Como e por que fazer uma venda com cadastro?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A sua empresa faz o cadastro dos clientes na hora da venda? Se a sua resposta foi não, é hora de repensar essa estratégia.

Engana-se quem pensa que cadastrar os clientes e suas compras é simplesmente fazer mailing. Diariamente o seu estabelecimento recebe uma porção de consumidores de diferentes perfis. Se você recolher algumas simples informações sobre eles pode ter em mãos dados que, quando analisados, trazem uma série de insights para melhorar o seu negócio.

Quer começar a fazer uma venda com cadastros? Então siga essas dicas:

Quais dados devem ser pedidos?

Na hora de fazer o cadastro peça apenas os dados que são realmente necessários, como por exemplo: nome, data de nascimento, endereço, CPF ou RG, telefone e e-mail.

A partir da análise dos endereços cadastrados você pode conhecer a distribuição geográfica dos seus clientes e assim pensar em ações de marketing e possíveis planos de expansão de lojas nas respectivas regiões.

Quanto aos dados de RG e CPF, servirão para economizar tempo nas futuras compras do cliente, vez que tornará mais ágil o processo de venda no caixa do estabelecimento, além de possibilitar traçar o perfil do cliente através das compras que ele realiza.

Com o telefone e e-mail você pode entrar em contato com os clientes, a fim de divulgar promoções, novidades ou até mesmo informações a respeito de sua loja.

Por fim, através da análise de todos estes dados cadastrados e, com a utilização de ferramentas de inteligência que trabalham junto ao seu ERP, você poderá identificar os perfis dos seus clientes, passando a ter conhecimento sobre seus hábitos, frequência de compra e diversas outras informações importantes para o seu negócio.

Os clientes vão se incomodar?

Como esse cadastro só será realizado uma vez em poucos minutos (nas outras você só vai pedir o CPF do comprador, por exemplo), os seus clientes realmente não ficarão incomodados em passar esses simples dados.

Se seu varejo possui um grande giro de clientes e alto número de vendas como supermercados e atacadistas, as maneiras mais efetivas para atrair clientes na hora do cadastro são: implantar um programa de fidelidade ou então oferecer algum tipo de desconto na primeira compra do cliente que passar as informações.

Tenha uma coisa em mente: conseguir esses dados vai aperfeiçoar o seu negócio, e consequentemente melhorar o atendimento e experiência de compra dos seus consumidores.

Incentive a sua equipe a manter os dados atualizados

Por ser um passo a mais na hora de efetuar uma venda, alguns funcionários podem deixar o procedimento de cadastro de compra de lado. É interessante que você repasse para eles a importância desse hábito. Quanto mais a equipe obedecer a regra de fazer os cadastros completos, mais fidedignas serão as informações coletadas.

Uma ideia para motivá-los a sempre inserir as novas informações no cadastro é, por exemplo, premiar o membro da equipe que conseguir mais registros no mês.

Com isso, uma competição saudável pode surgir entre a equipe, que certamente vai se empenhar ainda mais na hora da venda.

Lembre-se: o cadastro é uma maneira simples de você conseguir reunir informações úteis sobre os seus clientes. Se a sua equipe sempre mantiver o hábito de registrar as informações dos consumidores em todas as compras, você terá materiais que, quando analisados, trazem insights importantes para os momentos de decisões.

Mas e aí, diga-nos sua opinião: gostou da ideia de começar a fazer as vendas com cadastro?! 😉

Co-Fundador e Diretor Executivo da Mercafácil. Graduado em Engenharia Mecânica com pós-graduação em Engenharia de Negócios e MBA's nas áreas de Orientação de Mercado na ESADE Business School, em Barcelona, e Inteligência de Negócio e Análise de Dados pela Universidade Positivo.

Write A Comment