SUMÁRIO


Por em 4 de janeiro de 2022

7 dicas essenciais de marketing digital para o varejo

Uma estratégia de marketing digital para o varejo compreende objetivos, posicionamento, identidade visual e ações de divulgação. É recomendável investir em boas plataformas, adotar métodos de atração, como produção de conteúdo e SEO, e fortalecer o engajamento por meio de interações e publicidade nas redes sociais. Leia mais e conheça 7 dicas essenciais de marketing digital para o varejo.

Embora sejam complementares, o marketing digital é muito diferente do marketing tradicional. Além disso, é importante entender que a internet não é apenas um canal de divulgação. 

O comportamento dos consumidores na web e os recursos de venda e divulgação disponíveis na atualidade tornam a experiência digital única, o que exige planos, ações e metas específicas. 

No entanto, especialmente se tratando de estabelecimentos físicos, é fundamental que suas práticas online sejam coerentes com as suas ações offline, uma vez que as pessoas diferenciam cada vez menos esses dois mundos.

Entre outras questões, isso significa que investir em uma boa estratégia de marketing digital para o varejo é importante até para quem ainda não comercializa produtos na internet.

Neste artigo, explicamos isso um pouco melhor e trazemos dicas para você começar a gerar resultados na web desde já. Confira!

– Confira também: Integração do varejo físico com o digital: qual a importância e como fazer?

Qual é a importância do marketing digital para o varejo

O mercado está evoluindo rapidamente com as tecnologias digitais. 

Ademais, muito além dos e-commerces, marketplaces e aplicativos, o que mais chama a atenção é o comportamento do consumidor. Afinal esse comportamento tem se alterado constantemente diante desse universo de ferramentas na palma das mãos. 

Podemos encará-lo como uma verdadeira transformação cultural.

A pesquisa State Of Search Brasil, realizada pela agência Hedgehog em 2020, revelou que os buscadores, como o Google, são o primeiro passo dado pela quase totalidade dos brasileiros ao realizar uma compra.

Inclusive, isso vale até para aqueles consumidores que pretendem adquirir produtos em lojas físicas.

Grandes redes de supermercado entenderam que devem atrair seus clientes muito antes de eles saírem de casa. Por isso, investem cada vez mais em aplicativos, promoções virtuais e lojas online. 

Esse movimento, naturalmente, aumenta a concorrência na internet e exige que os gestores adotem estratégias mais eficazes. E é neste cenário que saber como utilizar o marketing digital para o varejo ganha ainda mais poder. 

Entretanto, você sabe como fazer isso? Abaixo, confira dicas que podem te ajudar nessa missão e alavancar os resultados do seu supermercado. 

Como fazer marketing digital para o varejo?

1. Comece pelo SEO local

O SEO local compreende as ações de otimização para mecanismos de buscas aplicadas para pesquisas regionais

O objetivo, portanto, é tornar o seu supermercado “encontrável” na internet para as pessoas da sua cidade ou região.

Esse tipo de estratégia pode envolver diversas práticas. No entanto, o primeiro passo é o Google Meu Negócio. Assim, basta realizar um cadastro gratuito na plataforma do Google para ter o seu estabelecimento ranqueando nos resultados locais e aparecendo no mapa do Google Maps.

– Entenda mais sobre como trabalhar com estratégias de geolocalização no seu supermercado: Geolocalização no varejo: veja como usar essa estratégia e venda mais

2. Para fazer marketing digital para supermercados, defina seus objetivos e metas

Parece um conselho redundante, mas é extremamente importante definir os seus objetivos no marketing digital. Até porque existem várias formas de divulgar a sua empresa online.

Ademais, é claro que você pode ter vários objetivos. Entretanto, é recomendável estabelecer uma hierarquia para estabelecer metas e monitorar seus resultados com mais precisão. 

O que o seu supermercado realmente necessita agora? Algumas das respostas possíveis para essa pergunta são:

Enfim, seja qual for o objetivo que o seu varejo deseja alcançar com o marketing digital, uma ação é fundamental para ter sucesso: compreender o comportamento de compra do seu consumidor. 

Isso significa: fazer uma gestão de clientes eficiente e conhecer o seu público. Ou seja, saber como oferecer um atendimento personalizado e oferecer aquilo que cada um dos seus consumidores busca. 

É a partir desse conhecimento que você saberá “o que o seu supermercado realmente necessita agora” (que é o questionamento inicial feito neste tópico) e, então, criar estratégias e ações de marketing digital assertivas e relevantes para o seu varejo.

3. Construa uma presença online

Uma empresa com presença online é aquela que já é reconhecida e procurada pelo público dentro desse ambiente. 

Assim sendo, as pessoas precisam saber que a sua empresa está na internet e utilizando esse meio de forma inteligente e estratégica para entregar conteúdos e soluções.

Uma das principais formas de construir uma presença online é utilizar as redes sociais. Mas não basta criar um perfil e ficar divulgando ofertas sem parar. 

É importante entender que essas plataformas foram desenhadas para privilegiar a interação entre pessoas. Por isso, a sua marca tem muito mais a ganhar adotando uma estratégia de divulgação humanizada.

Na prática, isso significa que, entre anúncios e ofertas, é recomendável oferecer informações relevantes para seu público e criar tópicos que estimulem o engajamento. 

Seu supermercado pode compartilhar, por exemplo:

  • Receitas com produtos comercializados em seus estabelecimentos;
  • Dicas de economia;
  • Curiosidades variadas;
  • Dicas de limpeza;
  • Sugestões de “faça você mesmo”;
  • Assuntos relacionados à animais de estimação;
  • Conteúdos feitos pelos próprios clientes e seguidores, aumentando a proximidade entre a sua marca e o público;
  • Materiais variados feitos em parcerias com parceiros e influenciadores, entre outros conteúdos relevantes de interesse do seu público.

Também, é legal conhecer as particularidades de cada rede social e os diversos formatos de conteúdos que podem ser explorados. Desde imagens estáticas, passando por “carrosséis” de imagens, vídeos, texto, animações, infográficos, enquetes, quizzes, etc. 

– Veja também: Como bombar o Instagram do meu supermercado? Veja 6 dicas valiosas

4. Invista em otimização para mecanismos de pesquisa

Já falamos sobre SEO. Entretanto, é importante destacar os aspectos gerais desse serviço, além da otimização para buscas locais.

O SEO (Search Engine Optimization – otimização para mecanismos de busca) é um conjunto de técnicas de otimização para sites, blogs e páginas na web. Essas técnicas buscam fazer com que a sua marca seja facilmente encontrada pelos usuários.

O resultado? Maior tráfego orgânico e autoridade para o seu endereço digital.

Assim, quando alguém pesquisar por algo no Google (e demais buscadores) que seja pertinente e relacionado com o seu supermercado, ele aparecerá entre as primeiras opções de resposta. 

De maneira geral, para utilizar bem o SEO, o primordial é entregar uma boa experiência e oferecer aquilo que os usuários de internet procuram. Isso envolve fatores, como:

5. Aumente a sua autoridade online para fazer sucesso com o marketing digital para o varejo

Para se destacar em um ambiente tão concorrido, como a internet, é importante que a sua marca seja conhecida e confiável. Portanto, é preciso criar autoridade, demonstrando que seus produtos e serviços são de qualidade.

Uma das melhores maneiras de se fazer isso é usar o marketing de conteúdo. 

Por meio da criação e da publicação de materiais de interesse do seu público, você é capaz de atrair essas pessoas naturalmente para suas páginas e construir um relacionamento.

Além disso, utilize também o depoimento e avaliação de clientes reais para deixar o seu marketing de conteúdo mais rico e aumentar a credibilidade do seu supermercado.

Essa interação fortalece o vínculo entre sua audiência e sua marca, aumentando significativamente as suas chances de venda e fidelização.

6. Invista em plataformas digitais

Aliás, além das redes sociais, é interessante contar também com plataformas próprias. Um site, uma loja online ou um aplicativo próprio são ambientes totalmente controlados por você. Por isso, ao contar com essas plataformas, você terá mais oportunidades de conhecer e se aproximar do seu público. 

Além disso, são plataformas mais sólidas do que as ferramentas de terceiros., apesar de eles serem complementares.

Por exemplo: é muito importante você ter um perfil no Instagram. Entretanto, caso o Instagram “saia do ar”, você perderá esse canal de comunicação com os seus seguidores por algum tempo. Ou seja, você é dependente de um “terceiro” para poder se relacionar com o seu público. 

Nos seus canais próprios, você pode disponibilizar conteúdos exclusivos, fazer promoções direcionadas, estimular o seu público a visitar seu supermercado (com notificações, por exemplo) e até realizar vendas remotas. E não para por aí. Isso também pode agregar muita autoridade a sua marca no mercado.

7. Crie estratégias de venda figital (omnichannel)

Como dito, as pessoas tratam cada vez mais os mundos online e offline como um só. Sendo assim, uma ótima forma de fortalecer o marketing digital para o varejo é criar ações que contemplem esses dois universos em uma mesma experiência.

Isso significa conhecer e valorizar a jornada de compra figital (ou seja, a união do físico com o digital)

É essencial que o consumidor tenha uma experiência homogênea, integrada, positiva e contínua ao entrar em contato e/ou comprar do seu supermercado. 

Para ele, não importa se a compra foi feita pelo site, aplicativo ou na loja física: o resultado deve sempre ser o mesmo. Assim, ao fazer estratégias de marketing digital para o varejo, lembre da importância dessa integração de canais. 

– Complemente a sua leitura: Veja o que é a jornada figital no varejo e ofereça essa experiência

Como essas ações podem melhorar seus resultados?

O acesso instantâneo e simplificado à informação faz com que as pessoas se planejem melhor antes de sair de casa. É muito comum que elas confiram ofertas e preços com antecedência, por exemplo, antes de visitar estabelecimentos. 

Esse comportamento já era uma tendência e, com a pandemia, se consolidou. 

Não importa se seu negócio atua dentro ou fora da internet. O fato é: os consumidores estão na rede. Por isso, é muito importante que a sua marca seja, no mínimo, encontrada por lá.

Assim, para saber trabalhar com as estratégias online, lembre-se de que as ações feitas nesses canais são muito dinâmicas. Isso permite que você gerencie seu orçamento com flexibilidade e, no início, trabalhe até mesmo sem grandes investimentos. 

Aliás, esse é um dos aspectos mais interessantes do mercado digital: só nele observamos marcas que investem centenas ou alguns milhares de reais competindo com companhias que aplicam bilhões.

Tenha em mente, porém, que o crescimento e a maturidade de uma estratégia de marketing digital para o varejo exigirá investimentos em ferramentas, profissionais e serviços. 

Ademais, a boa notícia é que, independentemente do seu tamanho ou orçamento, é possível começar a gerar resultados desde já. 

Então, que tal dar início a essa estratégia? 

Comece conhecendo o comportamento de compra dos seus clientes e, então, desenvolva seu planejamento e ações de marketing digital para o varejo. Quer saber mais sobre como fazer isso? Entre em contato conosco agora mesmo e entenda como a Mercafacil vai te ajudar a garantir uma experiência figital completa aos seus consumidores.

Fonte: Blog Rock Content.

Esse artigo foi produzido por Chrystiane Lucena da Silveira, Consultora de Pós-vendas na Mercafacil. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Daniela Hendler

Jornalista graduada pela PUC-PR. Analista de Marketing com foco em produção de conteúdo estratégico na Mercafacil. Tem alguma sugestão de conteúdo que gostaria de ver por aqui? Envie para [email protected]