Gestão

Entenda quais são os tipos de lojas que estão em crescimento no mercado

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Atualmente os tipos de lojas no segmento supermercadista são dos mais variados. Uma empresa pode inclusive se posicionar no mercado pelo tipo de loja que abre.

Mesmo com essa proposta dos estabelecimentos, nada impede que um mesmo cliente compre em um modelo de loja diferente de acordo com suas necessidades momentâneas.

Isso também pode ter relação com os hábitos de consumo ou até mesmo uma questão de tempo disponível para ir ao supermercado.

Um formato pode funcionar muito bem em uma cidade e não ter o mesmo sucesso em outra, por exemplo.

Entenda no post de hoje os tipos de loja que estão em evidência e os motivos para isso.

Tipos de lojas x Hábitos de compra

Existem diversas variáveis para colocar um tipo de loja em mais evidência do que outra. Talvez a mais relevante delas sejam os hábitos de compra.

Quando se fala de hábitos de consumo não podemos levar em conta apenas o que é consumido, mas também os objetivos da compra.

Existem clientes que buscam preço mais baixo e compra em grandes quantidades, por isso buscam aproveitar ofertas na maior parte de suas visitas à loja.

Em contrapartida, outros preferem lojas com foco em praticidade e compram em pequenas quantidades.

Ou até mesmo outra que prefira a loja que entrega a melhor experiência de compra sem se importar com preço, por exemplo.

Essas são apenas algumas situações, mas ao analisá-las com calma já é possível entender a situação dos formatos de loja.

Existem as que tentam encontrar o equilíbrio para atender o maior número de clientes possível, outras preferem focar em um nicho e assim por diante.

Mas perceba que a movimentação dos clientes é fundamental para definir lojas que aumentam a participação no mercado.

Além disso, se você tem uma base de dados dos seus clientes e analisa essas informações, pode inclusive usá-las para planejar a abertura de uma nova loja.

Sem dúvidas olhar para os clientes para definir estratégias como essa podem contribuir para que os resultados obtidos sejam os esperados.

Além disso, as lojas físicas ainda são capazes de fazer a diferença no segmento supermercadista. Situação que já não é tão presente no varejo de maneira geral.

Então, essa também pode ser mais uma oportunidade que você pode aproveitar para impulsionar os resultados.

Certamente cada tipo de loja tem uma virtude que pode complementar a outra, por isso vale a pena estar sempre atento ao mercado. Veja os formatos de loja que tem se destacado no últimos anos.

Tipos de loja que têm se destacado no segmento supermercadista

Para definir os destaques é preciso entender o mercado como um todo e ao mesmo tempo os hábitos dos consumidores.

O varejo em geral tem sido impactado por uma série de tendências e com o setor supermercadista não é diferente.

Um dos pontos de grande importância nesta análise é a relevância que a experiência de compra tem conquistado.

Em alguns casos, questões de preço até ficam em segundo plano quando comparados com a experiência que o cliente tem ao comprar.

Para alguns isso pode ser um fator determinante, mas a verdade é que todos ligam para isso de alguma maneira. Alguns pelo ambiente, pelos produtos disponíveis ou mesmo pelo preço ofertado.

O ponto não é apenas o que compra ou porque, mas sim como ele compra e os hábitos diários.

Com esse olhar temos quase que dois extremos ao observar o mercado. Enquanto os atacarejos têm aumentado a participação no mercado, as lojas de proximidade têm conquistado a preferência dos clientes.

Perceba que os benefícios que essas lojas trazem para os consumidores são bem diferentes.

Enquanto uma tem um foco de vendas em uma quantidade mais alta e preço baixo. A outra aposta em praticidade e inovação para vender mais.

Vale lembrar que os consumidores e o mercado estão em constante transformação, então esse é um panorama de momentos.

Por isso, é importante que você estude o segmento, realize benchmarking com concorrente e empresas de outros setores e, claro, busque entender os seus clientes.

Lembre-se que sempre existem pontos que podem ser melhorar e também aqueles que já são bons e podem ser ainda mais evidenciados.

Um deles é a experiência de compra no PDV. Para melhorá-la, um bom início é evitar erros na operação.

Descubra como evitar a ruptura de gondola com um de nossos materiais, baixe aqui gratuitamente!

Responsável pela produção de conteúdo na Mercafácil.

Write A Comment