Métricas de Varejo

5 sinais que o ticket médio de compra pode indicar sobre seu negócio

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Um dos indicadores mais relevantes de um supermercado é o ticket médio. Quem acompanha esse dado com frequência pode observar como estão as vendas e o faturamento.

Uma análise recorrente destes números certamente irá contribuir para você estar ciente do panorama atual da sua empresa. Além disso, vai servir de base para o seu planejamento estratégico para os próximos meses de trabalho.

Acompanhar o ticket médio é de grande valor para todo o seu negócio. Continue a leitura desse post para saber mais sobre o assunto e entender o valor de analisá-lo.

O que é ticket médio?

É um indicador que mede o valor médio gasto por um cliente em cada compra feita na sua loja.

Algumas formas de acompanhar esse indicador são por cliente, por produto e por período.

Por meio da análise dessa métrica também é possível observar o comportamento dos seus consumidores, pois você pode ver quais são os seus hábitos de consumo. Se costumam fazer várias compras durante o mês com um gasto mais baixo a cada compra ou se ele vai poucas vezes na sua loja mas gasta uma quantia mais alta.

Além disso, essa métrica ajuda você a entender quais os produtos mais consumidos, quais produtos pode investir como sugestão de venda casada e até mesmo ter ideia de produtos que você ainda não tem e poderia ter na loja.

Mas afinal, como calcular o ticket médio?

Para obter o valor do ticket médio é preciso dividir o valor total gasto pelos clientes pela quantidade de cupons de venda. A fórmula é a seguinte:

Ticket médio = Valor do faturamento / Número de vendas

Por exemplo: se o seu supermercado fizer duas mil vendas no mês e tiver um faturamento de R$ 200 mil seu ticket médio será:

Ticket médio = R$200.000 / 2.000 vendas

Ticket médio = R$100

Fácil, né? Alguns softwares já entregam essa conta de forma automatizada, mas você mesmo pode calcular se precisar.

A importância de acompanhar o seu ticket médio

Definir a importância de verificar esse indicador é muito simples. Você se importa com seus clientes? Com seu faturamento? Com seu lucro? Com o futuro da sua empresa? Então analisar o ticket médio deve ser um hábito que você precisa adotar para ontem.

Todo esse destaque não é por acaso. Os resultados da observação dessa métrica podem dar importantes insights para o seu negócio. Conheça alguns sinais que esses dados podem apresentar:

Ticket médio baixo: o cliente pode estar comprando na concorrência

Se o seu cliente tem feito compras com um gasto baixo provavelmente ele tem comprado também em um dos seus concorrentes.

Claramente isso é um aspecto negativo, mas vale prestar atenção em um lado positivo que também existe.40

Na questão positiva, o seu consumidor ainda vê valor no seu negócio e o considera importante para algum tipo de compra. Quanto a isso, ele pode levar em conta fatores como proximidade ou ofertas de maior destaque.

O que afeta negativamente é esse gasto baixo, que prejudica o seu faturamento. É possível que seu concorrente conte com algo relevante para quem compra lá, por exemplo um melhor atendimento ou maior variedade de produtos.

Vale fazer um benchmarking para tentar identificar o que é e tentar aplicar em sua loja, para trazer o cliente para o seu lado definitivamente.

Ticket médio baixo: o cliente pode não ter encontrado tudo o que precisava

Essa questão merece muita atenção da sua parte, pois pode fazer com que você perca clientes, caso não seja corrigida a tempo.

O seu consumidor pode ter enfrentado duas situações: a primeira é a de que costuma comprar algum produto em sua loja, mas em determinada compra chegou lá e esse produto não estava na prateleira, ou seja, a temida ruptura de gôndola.

A segunda é quando seu supermercado efetivamente não oferece aquele produto que o cliente procurava.

Em ambos os casos temos um problema sério, pois essa situação desestimula o cliente a comprar e até mesmo de voltar na sua loja.

Caso o cliente não encontre o que procurava, existe a possibilidade de desistir da compra. Na pior das hipóteses ele pode ir comprar em um concorrente. Certamente não é isso que você quer.

Ticket médio baixo: seu faturamento pode cair a qualquer momento

Um ticket médio baixo indica que seu cliente fez uma compra pequena na sua loja. Mas você sabe quando isso pode se tornar um problema?

Quando você avalia que ele faz compras pequenas em longos períodos de tempo. Isso pode significar que ele tende a comprar maiores quantidades em outros estabelecimentos. Logo, em certo momento, ele pode passar a fazer todas as compras onde já costuma comprar em maiores quantidades e você vai perder esses clientes.

Consequentemente, essa queda nas vendas vai afetar o seu faturamento e os lucros da sua empresa. Para que isso não aconteça, é essencial acompanhar os hábitos de consumo dos seus clientes, incluindo ticket médio, período e produtos. Você pode fazer de forma fácil e automatizada com um software de gestão de clientes, por exemplo.

Variação de ticket médio: pode indicar a sazonalidade do seu negócio

Questões de sazonalidade podem acontecer por inúmeros fatores, como feriados, período de férias e datas comemorativas.

Essa situação é bem comum em empresas de todos os segmentos, pode ficar tranquilo. Porém, você precisa estar atento e preparado para quando isso acontecer. Melhor ainda se você já tiver conseguido mapear a sazonalidade na sua loja. Caso seu negócio seja atingido muito repentinamente você pode ter um grande impacto no negócio.

Uma ótima estratégia para empresas que já têm o costume de acompanhar o ticket médio é montar um planejamento no início do ano com base nos dados do ano anterior.

Esse plano já te mantém prevenido para as possíveis variações por questões sazonais. Além disso, pode ser útil para você buscar ideias para melhorar as métricas do ano que passou e se preparar para situações de baixa de clientes.

Ticket médio alto: sua estratégia de venda casada pode estar funcionando

A estratégia de realizar vendas casadas é a mais comum para estimular o aumento do ticket médio e se bem executada pode trazer um número bem alto para esse indicador.

Essa é a situação que esperamos que você esteja, mas vale lembrar que o bom, pode ser ótimo.

Para isso nós temos uma dica para você: utilizar um software de gestão de clientes. Com ele é possível identificar os produtos mais consumidos por quem compra na sua loja e assim montar uma nova estratégia com esses produtos.

Com um bom planejamento e boa implementação, essa ideia tende a dar muito certo e aumentar ainda mais o valor do seu ticket médio.

Agora que você já sabe a importância desse indicador e como ele pode te ajudar a gerenciar sua empresa. Está na hora de buscar formas de estimular o aumento dessa métrica.

As formas mais utilizadas são as vendas casadas, combo de produtos, ofertas de leve três e pague dois e também ofertas de produtos baseados nos hábitos de compra dos clientes.

Todas essas são ótimas técnicas que contribuem para o aumento do valor médio que os clientes gastam na sua loja. Você já costuma acompanhar esse indicador? Que tipo de análise você já conseguiu fazer a partir dele? Deixe sua resposta nos comentários.

Analisar o ticket médio é muito relevante como você já pôde conferir. Vale lembrar que também existem outros que merecem atenção. Aproveite para ler nosso post que comenta sobre 5 indicadores de performance para analisar no seu supermercado.

Responsável pela produção de conteúdo na Mercafácil.

Write A Comment