SUMÁRIO


Por em 24 de agosto de 2021

O que é food service e como aplicar essa estratégia no supermercado?

Você já deve estar cansado de saber que uma das coisas que mais move o consumidor atual é a comodidade e a praticidade, certo? Neste cenário, compreender o que é food service e pensar em como acrescentar esse tipo de serviço no seu supermercado pode fazer toda a diferença na hora de você ter um excelente diferencial frente a concorrência.

Mas não se preocupe: se você nunca ouviu falar nesse termo, ainda há tempo. Preparamos este material para:

  • Esclarecer suas dúvidas;
  • Explicar o que é food service;
  • Mostrar quais são os benefícios de implementar essa estratégia na sua loja, entre outros.

Acompanhe e saiba mais sobre o assunto! 

O que é food service? 

Pois bem, de forma resumida, food service é todo o estabelecimento que prepara e serve refeições e bebidas. Aqui, estamos falando de carrinhos de cachorro-quente, passando por restaurantes nobres, bares, feirinhas ao ar livre e, é claro: os supermercados.

Sim, os supermercados também passaram a ser um local em que as pessoas vão para adquirir e consumir refeições e bebidas preparadas na hora

Entretanto, entenda que isso não significa que os produtos congelados e/ou demais alimentos perderam o seu espaço. O que aconteceu é que as refeições preparadas na hora se tornaram uma ótima nova oportunidade para o seu varejo:

  • Fazer dinheiro;
  • Apresentar um diferencial, com receitas caseiras e deliciosas;
  • Facilitar a vida do seu cliente, trazendo mais um motivo para ele ir até a sua loja; etc. 

Ademais, se o seu varejo ainda não oferece essa forma de atendimento, talvez seja a hora de pensar em como acrescentá-la no seu escopo. Abaixo explicaremos melhor. 

Food service nos supermercados: mais praticidade para os clientes e melhora na experiência de compra

Desde o início da pandemia, as pessoas passaram a fazer mais refeições em casa. Entretanto, de lá para cá alguns comportamentos foram alterados.

Se antes as pessoas estavam animadas para cozinhar mais em casa e preparar todas as refeições, hoje, a ideia de comprar receitas já prontas, parece muito atraente. 

E acredite: essa praticidade, conveniência e comodidade é um importante diferencial para o cliente escolher onde fará as suas compras no dia a dia. Além disso, é algo que ajuda a criar uma experiência de compras mais completa e positiva para o shopper.

Afinal, ao ir em um PDV que oferece serviço de food service, o consumidor pode fazer suas compras com mais calma e já sabe que, no mesmo local, poderá fazer uma boa refeição ou, se preferir, comprá-la pronta e levá-la para casa. 

Além disso, estima-se que o tempo gasto para uma refeição no supermercado é de cerca de 20 minutos. Nesse período, o consumidor pode lembrar de comprar outros itens e, assim, ter um ticket médio ainda maior na compra. 

Por causa de tudo isso, atualmente, o food service é um grande instrumento de diferenciação entre as redes varejistas

Cenário do food service no Brasil

Ademais, de acordo com material publicado na Rede Food Service, durante o 13º Congresso Internacional de Food Service, organizado pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA) em novembro de 2020, foi apresentado que o food service vinha crescendo, anualmente, dois dígitos nos últimos 10 anos, com crescimento média de 11% ao ano. 

Segundo a organização, a estimativa era que, até o final de 2020, 25% do gasto do brasileiro com alimentação fosse destinado ao food service.

Assim sendo, pensar em formas de oferecer serviços de alimentação dentro dos supermercados é uma maneira de aumentar as vendas e, também, suprir os desejos e necessidades do consumidor atual. 

Já passou da hora de aceitar que o food service é uma tendência de consumo importante para o seu varejo. E essa pode ser a hora de você implementá-lo no seu supermercado.

5 formas de implantar o food service no seu supermercado

1. Oferecer algumas opções de marmitas diárias no formato “grab and go”

Existem algumas formas de começar a atuar com o food service no seu supermercado. Uma delas definitivamente é a de oferecer, diariamente, algumas (talvez de três a quatro) opções de refeições prontas, no modelo de marmita. 

Assim, o cliente escolhe a sua preferida e leva pra comer onde desejar.

Essa forma de food service é ideal para PDVs em que não há a possibilidade de criar um espaço próprio para o cliente sentar e comer na loja. 

Se possível, pense em desenvolver pelo menos uma opção vegetariana e, também, uma opção “fitness” – trocando o arroz por arroz integral e usando o frango como opção para proteína.

Para expor as marmitas, escolha um local estratégico, que faça sentido para o seu cliente e ajude a manter a comida fresca e quentinha. Além disso, aproveite para divulgar em todos os seus canais de comunicação sobre essa novidade. 

Talvez, os clientes do seu Clube de Descontos possam adquirir as marmitas por um preço ainda mais especial durante a semana do lançamento, que tal? Assim, você estimulará o cadastro no seu Clube e, ainda, poderá aproveitar para divulgar as marmitas e ver a adesão desse novo serviço pelo público. 

2. Fazer uma ilha de refeições feitas pelo seu supermercado e dar destaque a ela

Outra boa opção para levar o food service para o seu supermercado é montar uma ilha de refeições preparadas pelo seu supermercado, permitindo que o cliente pegue a porção que preferir.

O cardápio pode ser variado. Sempre, é claro, de acordo com o perfil de consumo dos seus clientes. Se a sua loja fica próxima a escritórios, pensar em porções pré-embaladas para o almoço é uma excelente ideia.

Se fica próxima a universidades e a colégios, itens como salgados, pães frescos e sobremesas podem se destacar.

Ainda, pequenas porções práticas e individuais para a rotina corrida, podem ser interessantes para o seu cliente. 

Algumas opções que você pode comercializar são:

  • Arroz e arroz integral;
  • Feijão;
  • Farofa;
  • Purê de batatas;
  • Macarrão;
  • Estrogonofe;
  • Legumes cozidos;
  • Saladas prontas;
  • Carnes, etc.

Essas pequenas porções são de grande conveniência para o cliente que vai até a sua loja após o expediente, por exemplo. 

Ao chegar no PDV, fazer as compras para a casa e se deparar com esses pratos prontos, as chances de ele levar uma dessas refeições para a casa são grandes.

Essa é uma comodidade que pode, inclusive, ser vista como um auxílio do seu supermercado em ajudar com a saúde e bem-estar do consumidor. Afinal, você está incentivando o seu cliente a comer “comida de verdade”/caseira. 

Aproveite essa oportunidade para fazer um marketing positivo em cima do food service do seu varejo.  

3. Criar uma área de café/lanchonete/rotisseria e/ou restaurante para servir os clientes 

Se houver espaço hábil, que tal criar um local para servir as refeições no seu próprio supermercado? 

Entretanto, vale lembrar que food service não se refere apenas a refeições, mas também a lanches e bebidas. 

Assim sendo, você pode criar um espaço que funcione tanto como um buffet por quilo na hora do almoço, por exemplo, mas que também sirva cafés diferentes, lanches e pratos rápidos preparados na hora e/ou prontos para o consumo.

Tenha a certeza que um espaço desses é um enorme diferencial do seu supermercado frente a concorrência.

4. Fazer opções de refeições para o fim de semana e/ou datas especiais para entender a adesão do público

Ainda está inseguro para aderir ao food service? Não sabe muito bem como será a adesão do seu público a esse novo serviço?

Então, uma boa dica para começar a implementar esse serviço é oferecer refeições em ocasiões especiais. Por exemplo, você pode iniciar essa estratégia começando a servir frango assado e carnes aos finais de semana. 

Com o tempo, é possível complementar mais esse cardápio, incluindo uma salada de maionese, farofa, sobremesas, entre outros.

Também, preparar kits com refeições especiais para festas pode ser um sucesso! Cardápio de almoço para o Dia das Mães, Páscoa, Dia dos Pais ou Natal, por exemplo. Ademais, lembre-se sempre de oferecer opções de pratos para pessoas com restrições alimentares, como veganos, vegetarianos, intolerantes à lactose e ao glúten.

E, é claro, conforme já falamos anteriormente: lembre-se de divulgar incansavelmente sobre esse serviço oferecido pela sua loja. Ele é um grande diferencial!

5. Faça escolhas inteligentes sobre o que servir

Pois bem, sabemos que um supermercado não é um restaurante. Por isso, é muito importante fazer escolhas inteligentes sobre o que será servido e em quais horários do dia cada refeição sairá.

Existem os períodos do dia em que o pão quentinho e os sanduíches podem ser mais procurados. Em outros, oferecer pratos quentes variados terá uma melhor saída.

Assim sendo, organize bem o cronograma e os horários das refeições que serão servidas, buscando otimizar o espaço, os equipamentos e a sua equipe. 

Por fim, mas nunca menos importante, sempre avalie os números e os resultados das suas ações. Somente dessa forma será possível compreender o que está dando certo e o que precisa ser melhorado no seu serviço de food service.

Ademais, se você ficou interessado em levar o food service para o seu varejo, mas não sabe por onde começar, a nossa dica é: conheça muito bem o seu consumidor e coloque-o no centro da sua estratégia. Somente assim você poderá servir exatamente o que ele procura e surpreendê-lo. Para isso, a Mercafacil pode te ajudar! Entre em contato conosco e saiba como podemos te ajudar a conhecer melhor cada um dos seus clientes e alavancar o resultado da sua loja.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Daniela Hendler

Jornalista graduada pela PUC-PR. Analista de Marketing com foco em produção de conteúdo estratégico na Mercafacil. Tem alguma sugestão de conteúdo que gostaria de ver por aqui? Envie para [email protected]