Tag

destaque

Browsing

Saber como fazer uma campanha efetiva certamente é uma das melhores opções para toda empresa. Principalmente por conta da aproximação do relacionamento com o cliente e do acerto na hora de atender aos gostos e às necessidades deles.

Além disso, trabalhar com segmentações pode ajudar a diminuir os riscos na hora de oferecer produtos e, consequentemente, diminuir o prejuízo em caso de insucesso. A fidelização é outra questão que é fortalecida com campanhas segmentadas.

Os resultados podem até ser obtidos mais facilmente com esse tipo de ação, mas nem sempre realizá-las é tão fácil. Pensando nisso, a Mercafacil criou um passo a passo de como fazer campanhas segmentadas, acompanhe.

Como fazer campanha segmentada em supermercados?

Como se trata de varejo de alta recorrência, as campanhas para supermercados têm suas particularidades. Talvez a principal delas seja encontrar o ponto certo entre manter contato e não ser invasivo.

Os supermercados são recorrentes na vida dos clientes, então sua comunicação com ele deve ser da mesma forma. Contudo, isso não quer dizer que você precisa falar com seu consumidor todos os dias.

E como encontrar esse meio termo? Você precisa conhecer os clientes, pois cada um tem o seus hábitos e preferências de compra.

Certamente em seu supermercado existe um cliente que compra algo todo dia ou toda semana, outro de 15 em 15 dias e talvez até um que só compre 1 vez por mês em uma quantidade maior. Primeiramente, você precisa entender os hábitos de compra de cada um deles para, aí sim, oferecer algo relevante para ele.

Para entender esses hábitos, você precisa investir em uma tecnologia capaz de fornecer esses dados para sua empresa. Depois de possuir os dados e analisá-los você está mais próximo de saber como fazer uma campanha de vendas de sucesso. Veja o passo a passo:

Passo a passo – Como fazer campanhas segmentadas

1- Negociação comercial

Qual a melhor forma de fazer ofertas mais relevantes para os clientes sem atingir a margem dos produtos? Comprar os produtos por um valor menor.

Essa pode até não ser uma tarefa fácil, mas com alguns dados você consegue convencer os fornecedores. Claro que para isso você vai precisar provar que vale a pena para ele também.

Como pode fazer isso? Você vai precisar de uma plataforma de análise de dados que mostre os dados de compra dos produtos, dessa forma será possível criar uma segmentação dos produtos mais consumidos pelos clientes. 

Se você conseguir mostrar que determinado produto tem alta saída em sua loja sem ofertas, imagine quanto poderia gerar a mais caso você pudesse dar um desconto maior. Assim, você mostra que o fornecedor sairá ganhando na quantidade vendida, ou seja, em escala.

Com essa prática você pode melhorar suas negociações e também tornar as suas ofertas mais relevantes para os seus clientes.

2 – Escolha dos produtos em promoção

É uma passo bem importante na estruturação da campanha e de certa forma arriscado, pois lida com a margem que o supermercadista tem sobre os produtos. Nós sabemos que nenhuma ação pode trazer prejuízo para sua loja. Por isso, o alinhamento com o comercial/compras do seu supermercado é essencial.

Em primeiro lugar, conhecer a gama de produtos da loja e a taxa de saída deles é fundamental na hora de escolher os produtos que vão entrar em promoção.

Você deve lembrar que ações segmentadas buscam reter e fidelizar os clientes, então eles também devem ser levados em conta na hora da escolha dos produtos.

3 – Criação de encarte (impresso ou digital)

Os encartes já existem há muito tempo como forma de comunicar as ofertas do supermercado para os clientes. Com o passar dos anos e os avanços tecnológicos, ele ainda se mantém vivo no formato tradicional, mas agora tem se espalhado em outros formatos.

Encartes digitais têm ganhado cada vez mais espaço na comunicação dos supermercados via site, redes sociais ou até mesmo no envio de SMS com link direto para o encarte, que se mostra um tipo de comunicação muito eficiente.

Qual dos dois escolher? Existe algum mais efetivo? É complicado encontrar um meio termo quanto se trata desse assunto. Existem empresas que só utilizam os digitais, outras os dois e até mesmo alguns que só utilizam o formato tradicional.

Seja qual for o tipo de encarte escolhido, o ponto chave é chamar a atenção do cliente e ser relevante para ele, então ofertas segmentadas e produtos relacionados podem compor um bom encarte. Temos um material em que nosso consultor dá dicas valiosas para fazer um encarte que vende mais, não deixe de conferir.

E não se esqueça de mensurar os resultados dos encartes, pois esses dados podem te dar insights sobre a relevância ou não desse formato de divulgação e melhorar sua estratégia de comunicação. (Não sabe como fazer isso? Agende uma consultoria gratuita e descubra)

4 – Definição do período da campanha

Definir por quanto tempo uma oferta será válida é muito importante na hora de realizar uma campanha segmentada.

E por quê? Porque a oferta precisa criar um senso de urgência no cliente, dessa forma o ROI da campanha chegará mais rápido e os resultados percebidos. Se um produto fica em oferta por muito tempo, o consumidor tende a adiar a compra, pois sabe que ela estará disponível mais pra frente, em outros encartes por exemplo.

Uma campanha geralmente dura de 3 a 4 dias, que seria o tempo de uma oferta para o fim de semana. O restante pode durar um dia ou dois. Assim, os clientes criam esse senso de urgência para comprar em sua loja.

5 – Definição dos meios de divulgação

Realizar ofertas segmentadas é uma ótima forma de reter e fidelizar clientes, disso certamente você já sabe.

Para que uma ação desse tipo aconteça da maneira que é esperada outros fatores devem ser levados em consideração. Um deles é a forma de divulgação dessas ofertas.

Por experiência de mercado, a Mercafácil já constatou que o envio de SMS é extremamente receptivo por parte dos clientes, o que o torna um dos meios de divulgação mais efetivos e é o modo como estimulamos nossos clientes a realizarem suas campanhas.

Além disso, você também pode apostar em distribuição de encartes, carro de som, divulgação de ofertas nas redes sociais… Tudo vai depender da sua estratégia de marketing.

Escolha o meio de divulgação que melhor se encaixe nos padrões da sua loja e certifique-se de que será possível medir os resultados dessa divulgação. Isso é o mais importante quando se deseja uma campanha efetiva.

6 – Escolha do mote

O que você vai divulgar na sua oferta? Um churrasco para o fim de semana? Ofertas de nicho? Muitos supermercados trabalham com dias específicos para realizar ofertas de um segmento, outros preferem usar o fim de semana. Não existe uma regra a ser seguida.

Nessa questão, a consultoria varejista pode ser de grande ajuda para os supermercados. A escolha de ofertas não é tão simples quanto parece e profissionais especializados na área certamente irão contribuir para os resultados serem ainda melhores.

7 – Criar segmentação

Criar campanhas para públicos segmentados aumenta consideravelmente suas chances de acerto. Afinal, você pode oferecer itens que a pessoa está mais propensa a comprar.

Na hora de criar uma campanha desse tipo escolher a segmentação também é importante. Quanto mais específicas elas forem, maior as probabilidades da sua ação ser um sucesso de vendas.

Para segmentar o público existe uma grande variedade de filtros que podem ser aplicados. Entre eles estão alguns como gênero, clientes que compraram determinado produto e hábitos de consumo, como frequência de compra. Cabe a você escolher o que deseja para cada ação e partir para a criação da campanha.

8 – Criar campanha

Depois de passar por todos os passos anteriores você já está pronto para criar a sua campanha de vendas segmentada.

Se você escolher fazer sua campanha com o envio de SMS, vai precisar criar um pequeno texto para enviar ao cliente, como esse de um de nossos clientes:

ADRIANA, para você que ama seu PET, Ofertas exclusivas CLUBE DE DESCONTOS do Pais e Filhos! Acesse o link https://bit.ly/2zggK10 e confira.

Nesse texto, o supermercadista optou por enviar o link do encarte digital junto com o SMS.

Caso você prefira divulgar sua ação com a entrega de encartes, tudo certo também! Lembre-se do fato de que as ofertas devem ser relevantes para o cliente. Uma dica: aposte em um encarte que seja simples e claro.

9 – Programar o disparo

Novamente vai depender de qual será o formato escolhido para fazer a divulgação da campanha.

Essa é uma questão que também não existe uma regra, existem supermercadistas que preferem enviar suas SMS na noite anterior ao dia da oferta, pois acreditam que é um horário que o cliente vai estar mais tranquilo, outros preferem enviar na manhã do início do período da oferta.

Fazer testes de receptividade dos clientes é uma boa alternativa até encontrar um horário que seja o mais adequado.

Isso também vale para o envio dos encartes digitais. Já os encartes físicos costumam ser entregues durante o dia. Para ofertas de mais de um dia, então também é importante escolher um período em que possa ser feito um grande número de entregas.

10 – Mensurar resultados

Tão importante quanto realizar ações é mensurar os resultados que ela gerou. E porque isso é necessário? Primeiramente por conta de identificar se o investimento feito na campanha trouxe um bom retorno para a empresa. Ninguém quer gastar dinheiro à toa, sem ter algum lucro de volta, certo?!

Além disso, medir os resultados contribui para a definição de uma estratégia recorrente de campanhas e também para observar como é o engajamento do público com diversos tipos de campanhas possíveis de serem realizadas.

O processo da criação de uma ação segmentada deve ter extremo cuidado, desde a negociação com os fornecedores até a mensuração de resultados.

Uma falha no procedimento pode fazer com que a campanha não tenha sucesso e traga prejuízo na própria campanha ou nas próximas. Por isso, é muito importante medir os resultados corretamente.

Bônus: Ideias de campanhas segmentadas

Tão importante quanto criar ações segmentadas é criar campanhas que realmente tragam bons resultados para o seu supermercado. Por isso, os passos 6 e 7 do nosso guia tem uma grande importância para o resultado final da sua estratégia.

Nesses tópicos comentamos algumas ideias que você pode utilizar e agora daremos algumas outras dicas, confira:

Aniversariantes

Essa é uma campanha que pode mostrar um posicionamento claro da sua empresa. Investir no relacionamento com os clientes é algo fundamental no mercado atual, no qual a concorrência cresce continuamente.

Supermercados já têm sofrido com a concorrência das lojas de proximidade, de conveniência e até das farmácias.

Por esse motivo, é importante que você invista na fidelização de clientes. Um simples parabéns no aniversário já pode ser uma ótima ideia nesse sentido.

Algumas lojas optam também por oferecer algum benefício ou brinde para aproximar ainda mais essa relação.

Na plataforma Mercafacil essa segmentação pode ser criada com o critério dinâmico. Dessa forma, diariamente ela atualiza e envia as mensagens para os aniversariantes.

Açougue

Os supermercados tradicionalmente possuem setores que têm uma saída mais alta do que outros. Conhecer quais são os clientes que costumam comprar desses setores pode se traduzir em campanhas de sucesso.

Uma ideia é criar um festival do churrasco no seu supermercado. Essa é uma opção que vai movimentar outros setores também, mas o foco das ofertas pode ficar no setor de açougue.

Com a segmentação dos clientes que tem o hábito de consumir esse tipo de produtos, certamente sua campanha pode ter sucesso.

Confira uma ideia de mensagem que você pode enviar:

FESTIVAL DO ACOUGUE MERCADO .Confira nossas ofertas para essa DATA , em nossas lojas. para encher o carrinho e economizar muito.  LINK REDUZIDO DE ENCARTE.

Que tal colocar essa ação em prática na sua loja ainda essa semana?

Resgate de Inativos

Saber quem deixou de comprar no seu supermercado é uma informação de grande importância, não é mesmo? 

Esses dados podem ser ainda mais importantes se você souber como utilizá-los para fazer o cliente voltar a comprar.

Criar um segmento com esse grupo de clientes que não comprou de você recente pode ser uma ótima opção de campanha. Para resgatar esses consumidores você pode usar diversas estratégias.

Uma das principais é utilizar produtos da curva A com descontos especiais para atrair o público. Outra opção é criar um encarte com itens que os clientes desse grupo já consumiram anteriormente.

Para disparar a sua ação separamos uma ideia de mensagem, confira:

[primeiro nome] sentimos a sua falta! Aqui no MERCADO voce tem ofertas exclusivas!  LINK REDUZIDO DE ENCARTE Nao perca”

Com uma boa campanha segmentada certamente sua empresa vai conseguir mais dinheiro e melhores resultados. É por isso que a Mercafacil estimula os supermercadistas a realizarem esse tipo de ação, que já trouxe resultados surpreendentes. Confira alguns dos nossos estudos de caso.

Criar ofertas que chamem a atenção dos clientes todos os meses é um dos grandes desafios dos supermercadistas. Para isso, é preciso montar um planejamento estratégico das suas ações para atingir o sucesso desejado.

No último mês do ano você tem ainda mais oportunidades para melhorar seus resultados de vendas. Além disso, as datas comemorativas são ótimas oportunidades para você se aproximar dos seus clientes.

Saiba quais datas comemorativas você pode aproveitar em dezembro no seu supermercado e como fazer ofertas que vendem!

Como fazer ofertas no seu supermercado durante o mês

01/12 a 07/12 Início de mês 💸🛒

Aproveite para atrair mais clientes no começo do mês, pois é o período em que os clientes costumam receber o salário, vale refeição e vale alimentação.

Certamente esse é um dos melhores momentos do mês para fazer as ofertas mais relevantes e conseguir aumentar as vendas.

Essa também é uma boa oportunidade para ativar toda a sua base de clientes, principalmente aqueles que já estão sem comprar durante um tempo.

Além disso, começar o mês com boas ofertas e comunicações direcionadas pode refletir em um aumento das vendas em outros períodos do mês.

O mês de dezembro tipicamente é bem movimento no varejo e você não pode perder essa oportunidade de impulsionar os seus resultados.

Invista em boas ações nesse período, que certamente sua loja terá bons resultados e vai começar o mês com tudo!

15/12 Campanha segmentada 📊📥

As campanhas segmentadas são sempre importantes, mas a metade do mês é o melhor momento para você aumentar o número dessas ações.

É importante trabalhar as segmentações de acordo com o status que o cliente está, ativo ou inativo, pois você terá que se comunicar de maneira diferente com eles.

Para os ativos pode ser uma ótima ideia trabalhar com hábitos de consumo (veja aqui como fazer campanha segmentada) e também vendas casadas para elevar o ticket médio da sua loja. Já para os inativos o foco pode ser em oportunidades imperdíveis de produtos com alta saída no seu supermercado.

Lembre-se que quanto mais específica sua segmentação, maiores são as suas chances de sucesso.

Além de trazer resultados melhores para a sua empresa as ações segmentadas também podem influenciar no seu relacionamento com os clientes.

Oferecer produtos que eles já têm o hábito de comprar certamente pode aproximar a relação entre vocês. Ainda mais importante do que isso, é manter esse contato recorrente para fidelizar esse consumidor.

20/12 Resgate de inativos  🔙

O mês está próximo do fim e seu cliente ainda não fez nenhuma compra? Fique tranquilo, você ainda tem chance de recuperá-lo.

Vale lembrar que você precisa estar atento a essa situação, pois quanto mais tempo o cliente ficar sem comprar mais difícil será fazer com que ele volte.

Nessa hora, a análise de dados pode ser a sua maior aliada para uma campanha de sucesso.

Busque observar os hábitos de compra desses clientes, quais os produtos mais consumidos, as categorias de interesse, entre outros fatores relacionados às suas compras anteriores. Depois de um bom planejamento, certamente você poderá fazer uma ação de sucesso.

Além disso, é importante que você atraia clientes para a loja perto do fim do ano, já que esse é um período que o gasto tende a ser maior. Então, criar ações bem direcionadas e com os produtos certos seguramente podem te ajudar a alavancar as vendas.

Como fazer ofertas nas datas comemorativas de dezembro

As ofertas já fazem parte da realidade dos supermercados e muitos pensam que elas servem apenas para atrair mais clientes. Na prática, o supermercadista também precisa trabalhar a retenção e a fidelização e as ofertas são ótimas para isso também.

Uma boa estratégia de promoções pode contribuir para diversas questões na sua loja, mas principalmente para aumentar o faturamento.

Confira algumas datas no mês de dezembro que você pode utilizar para atrair novos clientes, reter e fidelizar.

04/12 Dia da propaganda  📣

O significado da palavra propaganda é propagar ideias. No seu caso, propagar seus produtos e mostrar para os clientes que a sua loja é a melhor opção para eles.

Certamente você já está acostumado em fazer propagandas da sua loja em vários canais de comunicação. Nessa data você pode aproveitar para relembrar algumas que deram certo e trouxeram bons resultados para a sua loja.

Por esse motivo é importante ter um controle sobre a mensuração dos resultados das suas campanhas. Se você já possui uma plataforma de Gestão do Comportamento de Clientes basta acessar o seu histórico de campanhas.

Além disso, você pode utilizar esse dia para testar um novo canal de comunicação e a aceitação de quem compra na sua loja.

Uma boa ideia para o dia da propaganda pode ser aproximar a sua relação com seus fornecedores. Você pode aproveitar a data e disponibilizar espaços na sua loja para que eles façam a divulgação de produtos.

Se quiser engajar seus consumidores e aumentar a abrangência da marca, pode também criar uma ação especial nas redes sociais. 

Por exemplo: o cliente que postar um vídeo com a melhor propaganda do supermercado ganha um vale-compras ou uma cesta com produtos selecionados. Que tal?

08/12 Dia da família 👨‍👩‍👧

Essa data comemorativa pode ser uma ótima chance de você criar ações de relacionamento com os seus clientes. Certamente você já sabe que clientes fiéis tendem a gastar mais na sua loja e que os custos para atraí-los são menores.

Você pode aproveitar para se colocar como parte da família do cliente, que tem tudo que ele precisa e quer sempre o seu melhor. Essa é uma boa ideia para você adotar o tom das suas campanhas.

Enviar uma mensagem para os clientes falando que sua loja quer o melhor para a família deles, pode aproximar essa relação entre consumidor e supermercado.

Se quiser ir além, você pode utilizar o software Mercafacil para baixar uma lista dos seus melhores clientes e convidar eles e seus familiares para uma ação de loja: um café da tarde especial, uma palestra motivacional, um dia divertido no estacionamento da loja com brincadeiras em família e premiação para os vencedores, etc.

Outra boa opção para a criação de ofertas nessa data comemorativa é criar uma campanha temática.Um exemplo para esse tema poderiar ser:

“Aqui no Supermercado X temos ofertas para toda a família”

Você pode criar uma série de ofertas desde produtos infantis até produtos de bazar e bebidas alcoólicas, por exemplo.

Lembre-se que é importante direcionar essas ofertas para que o seu investimento não seja feito em vão.

22/12 Início do verão 🌞

A estação mais quente do ano finalmente chegou para a alegria de muitos. No verão as pessoas costumam optar por uma alimentação mais saudável e por bebidas frias.

É justamente nisso que você pode focar as suas ações no início de verão. Produtos do setor de FLV, bebidas naturais, polpas congeladas, bebidas frias e alimentos saudáveis podem ser os principais itens das suas ofertas.

Produtos como protetores solares e cremes também tendem a aumentar as vendas nessa época do ano. Pode ser uma boa ideia criar promoções com esses e outros itens relacionados. Ou ainda, pensar em kits que possam ajudar a elevar o ticket médio.

Você pode conferir em seu software de gestão de clientes os produtos mais consumidos no verão do ano passado e criar um encarte de ofertas desses produtos.

Que tal aproveitar a o verão para se aproximar dos seus clientes? Aproveite os dias ensolarados para fazer eventos na sua loja. Promover aulões de exercícios ou um curso de culinária de verão podem ser boas opções.

Outra questão que pode ter um impacto positivo nas vendas é se a sua loja estiver localizada em uma região litorânea. 

Por conta dessa sazonalidade suas vendas naturalmente tendem a aumentar, certo? Porém, você não pode apenas esperar que os clientes venham até você.

Para o público local é importante manter uma comunicação recorrente e bem segmentada durante esse período.

Já para atrair quem está apenas aproveitando o verão suas ações de comunicação precisam ser um pouco diferentes. Investir em ações no ponto de venda por exemplo, podem ser boas opções.

As ações de relacionamento como comentamos acima também pode ser uma outra forma de atrair esses potenciais clientes.

21/12 Dia do atleta 🚴

Uma pesquisa do IBGE identificou que mais de 50% dos brasileiros pratica um esporte ou alguma atividade física. Esses dados mostram que você tem várias oportunidades para esse público.

Geralmente quem pratica esportes se preocupa com a alimentação, seja ele profissional ou amador. Apostar em itens saudáveis, bebidas isotônicas e frutas pode ser um bom caminho para a sua loja.

Você pode utilizar as redes sociais da sua loja para estimular os seus clientes a praticarem esportes. O Ministério do Esporte tem uma página com alguns benefícios da prática de esportes. Seguir essa linha pode ser uma boa ideia.

Aproveite que o dia do atleta cai no mesmo dia do início do verão e tente fazer um evento na sua loja. Você pode entrar em contato com alguma academia perto da sua loja e fazer uma programação com várias atividades durante o dia.

25/12 Natal 🎄

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo a expectativa é de crescimento nas vendas nesta data. A estimativa é que a alta ultrapasse os 4% no Natal de 2019. Você vai ficar de fora?

O Natal é a data mais importante para o varejo e sua loja precisa criar um ótimo planejamento para ela. Ao fazer isso, você aumenta muito as chances de melhorar suas vendas e faturamento.

Essa data comemorativa pode movimentar todos os setores da sua loja. Então vale a pena criar encartes bem completos e com ofertas relevantes.

Não deixe de utilizar essa data para aproximar o relacionamento com os seus clientes. O Natal é uma data que remete muito à união e à família, por isso vale a pena você tentar passar essa mensagem para o seus clientes criando uma campanha de SMS para a toda a base, por exemplo.

Produtos do setor de bazar também podem trazer boas oportunidades para a sua loja por conta dos presentes de Natal. Boas ofertas nesse setor podem gerar boa movimentação na loja.

Vale a pena enviar uma mensagem desejando um Feliz Natal para toda a sua base de clientes. O envio de SMS pode ser um contato mais direto com os clientes e garante a entrega. Apostar nas redes sociais também é ótimo.

Para manter o relacionamento mais próximo com seus clientes você pode divulgar receitas para a ceia nas suas redes sociais. Ou até mesmo promover na sua loja um curso de culinária com receitas para a ceia de Natal. 

Também é uma boa ideia atualizar sua foto de perfil e de capa com temas natalinos, assim seus clientes já se preparam para o clima de Natal e passam a esperar por suas promoções.

31/12 Réveillon 🎆

O ano está próximo do fim, mas você ainda tem chances para melhorar os seus resultados neste ano.

Uma boa ideia é fazer uma ação de retrospectiva de ofertas. Você pode utilizar sua plataforma de gestão de clientes e acessar a página de produtos mais consumidos no período de 2018.

Você pode fazer ações para os seus clientes inativos ou perdidos. Uma ideia é fazer a campanha com o tema de que é a última chance para eles aproveitarem ótimas ofertas. Para uma campanha de sucesso, planeje bem as segmentações! Para isso, observar os hábitos de consumo dos clientes é fundamental.

Trabalhar as vendas casadas pode ser uma ótima chance para terminar o ano aumentando o ticket médio da sua loja. Você pode selecionar produtos relacionados aos mais consumidos e criar uma lista de clientes que compram os produtos para disparar sua campanha.

Seu relacionamento com os consumidores da loja no fim de ano também merece atenção especial. Não deixe de desejar boas festas, agradecer aos seus clientes por comprarem com você durante o ano e dizer que no próximo ano ofertas ainda melhores esperam por ele.

Neste período você tem várias oportunidades para aumentar as suas vendas. Com destaque para o fim do mês,  que tem duas datas muito importantes para o varejo como um todo.

Capriche nas ofertas e boas vendas! Se quiser uma ajudinha, confira nosso material para fazer encartes mais vendedores. Lembre-se de assinar nossa newsletter para receber as dicas das próximas oportunidades para seu supermercado.

Ter foco no cliente parece algo simples e muitas empresas costumam afirmar que realmente trabalham dessa forma.

Com as transformações no mercado e também nos hábitos de consumo isso de fato tem se tornado mais comum nas estratégias de gestão.

Apesar disso, é preciso entender o que realmente é colocar o cliente em foco para fazer o gerenciamento de um negócio.

Esse é um trabalho que exige uma série de ações para ser verdadeiramente colocado em prática de uma maneira efetiva.

Se você ainda não trabalha dessa forma, com as nossas dicas hoje pode ser uma ótima oportunidade para começar.

E para você que já gerencia sua loja com foco nos consumidores, entenda se tem seguido o caminho certo.

O que é ter foco no cliente?

Sempre foi um princípio básico de qualquer empresa tentar entregar o melhor produto ou serviço para um cliente.

Certamente não restam dúvidas sobre o quanto isso realmente é relevante.

Porém, como já falamos, isso é básico. Se entregar o melhor para o consumidor é praticamente uma regra, o que diferencia a sua loja do concorrente?

Afinal, de acordo com essa lógica ambos vão dedicar esforços para atender as necessidades de quem for até a loja.

Antes de entender o que é ter foco no cliente, é preciso entender que suprir demandas não é ter foco no cliente.

Com isso resolvido estamos prontos para compreender como ter os consumidores no centro da sua estratégia.

Em primeiro lugar adotar uma estratégia de customer centric é uma mudança de cultura empresarial. Por muito tempo o foco esteve nas vendas, como aumentá-las e assim por diante.

É importante dizer que isso não foi deixado de lado, afinal vender é o que faz a sua loja continuar a existir. O ponto é que você não precisa deixar de fazer um, para fazer o outro.

O primeiro passo para trabalhar com foco no cliente é encontrar maneiras de conhecê-lo.

As mudanças nos comportamentos de consumo são constantes e deixar algo passar significa perder vendas.

Entender qual é o perfil de quem compra na sua loja pode servir como base para toda essa estratégia.

Com essas informações você será capaz de dedicar os seus esforços para atender os seus clientes de uma maneira completa.

Quanto a isso, não falamos apenas em relação a venda de produtos. A criação de ofertas, a comunicação, as ações de relacionamento, o layout da loja, a estratégia de retenção, a de fidelização, tudo está conectado.

Unir todos esses processos com uma mesma proposta e um mesmo objetivo é ter foco nos clientes.

3 pontos fundamentais para ter foco nos clientes

Uma estratégia que coloca o consumidor no centro de suas ações é composta por uma série de táticas e ações.

Na prática esse não é um trabalho simples e acima de tudo exige continuidade.

É claro que não existe uma fórmula do sucesso que possa ser aplicada em qualquer situação.

Porém, existem fatores que possuem grande relevância nessa estratégia e podemos servir como base para o restante do trabalho.

Descubra abaixo quais são eles!

Conheça o comportamento do cliente

Pare um minuto e pense como eram as vendas há mais ou menos 20 anos. Muito diferente do que é praticado hoje, não é mesmo?

A relação entre o dono de um negócio e o consumidor era mais próxima. Existiam menos canais de comunicação disponíveis, menos concorrentes e assim por diante.

Com isso, nós queremos dizer que o mercado já não é o mesmo em praticamente todos os sentidos.

Os clientes não compram mais da mesma maneira, as necessidades e as exigências não são as mesmas. Consequentemente as lojas não podem atuar suas estratégias de vendas da mesma maneira.

É claro que de tudo isso você já sabe, mas o que tem feito para mudar essa situação?

Buscar maneiras de se atualizar, melhorar a gestão e obter resultados sem dúvidas precisam ser atividades diárias para você.

O exemplo que comentamos acima trata de uma das questões que podem fazer toda a diferença para a sua empresa.

Saber quem são os seus clientes, o que eles compram e quando compram era uma prática comum há alguns anos e você precisa continuar a trabalhar a dessa forma.

É claro que hoje é muito mais difícil fazer esse controle visualmente e manualmente ou até mesmo ter essa relação mais pessoal com um número alto de consumidores.

Porém, existem formas para que você se aproxime ao máximo disso e até mesmo que permitam uma efetividade mais alta.

Implementar uma solução de gestão do comportamento de clientes é uma delas. Com ela você pode entender quem são os consumidores da sua loja, seus hábitos, preferências e aproveitar essas informações para criar ações direcionadas.

O uso da tecnologia pode te aproximar dos clientes e possibilitar um trabalho mais efetivo de atração, retenção e fidelização.

Aposte em ações de relacionamento

Se o foco da estratégia é no cliente, trabalhar apenas ações de vendas pode não ser o melhor caminho.

Como falamos anteriormente você não vai parar de trabalhar esse tipo de campanha, mas vai trabalhá-las de uma maneira mais eficiente.

O que certamente você não quer são clientes caça-ofertas que só vão até a sua loja para aproveitar essas oportunidades.

Essas são vendas que podem mascarar a real situação da empresa. O ideal é que exista um planejamento de ações e contatos para que o cliente compre continuamente no seu supermercado.

Com isso, a tendência é que ele aumente os gastos das compras, volte mais vezes em um mês e assim por diante.

Possuir uma estratégia voltada para o marketing de relacionamento sem dúvidas pode fazer toda a diferença em relação a isso.

Relacionamento com o consumidor está diretamente ligado com retenção e fidelização. Questões essas que estão ligadas ao aumento dos gastos por parte do consumidor e consequente com suas campanhas de venda.

Viu como nada se anula?

É claro que é preciso encontrar um equilíbrio entre as ações que você colocará em prática. Por esse motivo é importante trabalhar com um calendário promocional.

Assim, você poderá definir com antecedência os períodos em que vai dedicar mais esforços para uma ou outra situação.

Invista em experiência de compra

A experiência de compra é outro assunto que tem crescido nas discussões que envolvem o varejo.

Muito disso está ligado ao consumidor 4.0. O aumento da exigência por parte deles, principalmente diante de um mercado que constantemente oferece novas opções e formatos de compra.

Investimentos em tecnologia e ferramentas digitais são quase que processos básico diante da variedade de soluções disponíveis no varejo.

É claro que melhorar a experiência de compra não depende só desses fatores. Investir em estratégias para melhorar o layout de loja, retail design e gestão de categorias são algumas outras formas.

O que é necessário pensar em relação a isso é atender as necessidades dos consumidores.

Não apenas em relação aos produtos disponíveis, mas também nos processos de compra, na comunicação utilizada e nas facilidades oferecidas, por exemplo.

É mais uma vez um trabalho que depende de um conjunto de ações para que seja realmente colocado em prática.

Isso não quer dizer que você não possa começar com ações simples como o treinamento da sua equipe, por exemplo.

Essa é uma ação que pode não ter nenhum custo ou um custo baixo, mas que pode fazer toda a diferença na abordagem que seus funcionários têm com os consumidores.

Um bom atendimento pode refletir numa boa experiência de compra, num bom relacionamento e, claro, mais vendas para sua loja.

E agora depois de tudo isso que falamos, como você vê a situação atual do seu supermercado?

Se identificou com alguma das situações que tratamos? Já coloca em prática algumas dessas ações?

Deixe aqui nos comentários as suas experiências com uma estratégia com foco no cliente.

Se quiser descobrir como colocar isso em prática agora mesmo no seu supermercado agende aqui um bate-papo com a nossa equipe.

A inovação no varejo já é uma realidade. Na verdade, o caminho que o segmento tem seguido nos leva a crer que as transformações estão apenas no começo.

Ano após ano surgem novas metodologias, estratégias e soluções para o mercado varejista. Sejam elas em formatos de vendas, de gestão ou na forma como consumidor e marca se relacionam.

Apesar desse olhar para o futuro e o constante surgimento de formas de inovar, o futuro do varejo é agora. Quanto antes sua empresa perceber isso, mais rápido você poderá impulsionar os seus ganhos.

Acompanhe o post para entender como o mercado tem se adaptado a essas transformações e como você pode começar a mudar o futuro da sua empresa hoje!

A inovação no varejo já começou

Se engana quem pensa que o varejo está no início do seu processo de transformação. É verdade que ainda existem muitos caminhos a serem explorados.

Apesar disso, já existe muito trabalhado sendo colocado em prática e grandes redes varejistas como Amazon e Alibaba falam por si só.

Ambas já atuam com diversas ferramentas tecnológicas e estratégias que até pouco tempo não eram realidade no segmento varejista. Não é a toa que essas empresas têm crescido ano após ano e se tornaram referências para os demais.

Segundo o ranking BrandZ das 100 Marcas Globais Mais Valiosas de 2019 feito pela WPP e Kantar na Bolsa de Valores de Nova York, a Amazon se tornou a marca mais valiosa do mundo. Já o Alibaba alcançou o status de marca chinesa de maior valor no mercado.

No mercado brasileiro essa movimentação de inovação no varejo também se faz presente. De 2018 a 2019, o número de startups focadas no mercado varejista chegou perto de 40% de crescimento.

O  melhor é que a atuação dessas empresas é variada. Temos exemplos desde lojas virtuais até ferramentas de inteligência artificial. Além disso, outro aspecto importante é que existem ferramentas com valores acessíveis para vários tipos de lojas.

Essa ampla área de ação dá ao varejista uma série de possibilidades para começar a investir em inovação. Aqueles que forem mais atentos às novidades e implementarem novas soluções e metodologias certamente vão sair na frente.

Nos últimos meses o que você tem feito para se manter atualizado? Em quantas ferramentas tecnológica investiu para sua loja?

Uma resposta positiva para essas questões certamente podem mostrar que a sua empresa está no caminho certo.

Como o varejo alimentar tem evoluído constantemente, não seguir essa tendência pode significar a queda nos resultados e consequentemente o enfraquecimento no mercado.

Comece agora a mudar o futuro da sua empresa

Como já foi falado, a quantidade de soluções para o varejo é ampla e certamente podem se adaptar a realidade da sua empresa. No entanto, para iniciar esse trabalho na sua loja é importante que você tenha objetivos bem definidos para a contratação de uma solução.

Será preciso que internamente você identifique os pontos com os quais não está satisfeito e com base nisso escolher a melhor forma de realizar o seu investimento.

Contudo, nem sempre é fácil encontrar os dados certos para serem analisados ou até mesmo descobrir qual é o problema que tem acontecido na sua operação para um resultado negativo.

Esse é um dos principais motivos para que você se mantenha atualizado com o que há de novo no mercado. Já que muitas das soluções disponíveis no mercado têm como principal objetivo identificar sinais que antes eram imperceptíveis ou muito difíceis de serem encontrados.

Se manter atualizado é algo que precisa se tornar uma rotina no seu dia a dia de gestão. Para contribuir com isso temos um convite especial para você, confira:

 

Ainda não investe em inovação, tecnologia ou não consome conteúdos sobre esses temas? Saia da sua zona de conforto e aproveite esse evento que vai mudar o futuro da sua empresa!

Acesse o site do MF On Tour e garanta já a sua participação!

Você já investe em um programa para cadastrar clientes em busca de mapear as informações de consumo na sua loja? Essa certamente pode ser uma medida muito positiva para você gerenciar a sua empresa.

Modelos de gestão tem sido cada vez mais baseados na utilização de dados para uma tomada de decisão mais efetiva.

Isso tem acontecido, pois a análise de dados é capaz de traduzir os números em insights valiosos para a melhora de resultados.

Além disso, não restam dúvidas quanto ao melhor desempenho desse tipo de gestão em relação ao gerenciamento baseado em achismos.

Confira como um supermercado conseguiu resultados expressivos rapidamente após a criação de uma base de dados.

Estudo de caso | Sucesso com um programa para cadastrar clientes

Para iniciar o trabalho de cadastro de clientes é preciso escolher qual estratégia será utilizada para a captação das informações.

No supermercado Peg Pag a tática escolhida foi a criação de um clube de descontos. Essa foi uma ótima opção já que ela traz um benefício imediato ao cliente, o que facilita a adesão ao programa de fidelização.

O clube do supermercado foi lançado no início do mês de maio de 2019 e logo conseguiu um bom número de cadastros e identificações de compras.

Com cerca de um mês, a base de dados já contava com 32,9% do faturamento identificado. Essas informações já foram suficientes para a criação da ação que você confere a seguir:

dados-dos-clientes

Fazer a gestão do comportamento de consumo dos seus clientes pode trazer resultados como esse para o seu supermercado.

Além disso, vale lembrar que quanto maior o número de cadastros e identificações, melhores podem ser os seus resultados.

Agende um bate-papo com um dos nossos consultores e descubra como a análise e uso das informações de consumo podem aumentar seus ganhos.

Se você é dono de um supermercado de bairro e tem encontrado dificuldades para melhorar seus resultados o nosso texto de hoje é para você.

A concorrência no segmento supermercadista tem ficado cada vez mais acirrada e ter uma vantagem competitiva é fundamental.

Toda empresa tem pontos fortes e questões a serem melhoradas. Em seu supermercado certamente essa situação não é diferente.

Não se preocupe com isso, pois é uma questão totalmente normal e você não deve se desesperar por identificar pontos que precisam de melhorias.

É importante estar ciente sobre a sua situação atual para conseguir construir uma estratégia que torne a sua loja mais competitiva no mercado.

Acompanhe o post de hoje para descobrir de maneira prática como melhorar os resultados do seu supermercado.

Comece a melhorar o resultado do seu supermercado de bairro

A primeira mudança necessária é a transformação na cultura da empresa, que agora precisa ser orientada por resultados e com foco nos clientes.

A verdade é que qualquer tipo de loja tem capacidade de obter ganhos maiores se adotar as estratégias corretas. Então, o tamanho da loja, número de lojas ou até mesmo a quantidade de caixas não podem ser algum tipo de limitador para você.

É claro que cada supermercado tem os seus ganhos e esses sim são pontos fundamentais para definir objetivos e táticas.

Você pode não ter o capital de uma rede nacional, mas pode adaptar boas práticas delas para a sua realidade.

Os avanços tecnológicos, por exemplo, tem se tornado cada vez mais acessíveis e certamente são fundamentais para uma estratégias de sucesso.

Além disso, saber quem são os seus clientes e a melhor forma de suprir as necessidades deles pode ser um grande trunfo a seu favor.

A pesquisa Tendências do consumidor em supermercados 18/19 da Associação Paulista de Supermercados (APAS) identificou que 22% dos clientes preferem fazer as compras deles em um supermercado de bairro.

Para as compras de emergência, esse tipo de loja atingiu 50% da preferência, principalmente entre o público mais jovem.

Um conceito muito parecido com as lojas de bairro que tem ganhado destaque no segmento são as lojas de proximidade.

Isso tem acontecido, pois os consumidores têm buscado uma praticidade maior aos fazer as compras deles

Certamente essa é uma boa oportunidade para que você impulsione os seus resultados com boas estratégias.

Suas opções para isso são variadas, você pode investir em tecnologia, adotar novas estratégias de gestão e implementar programas de fidelização são apenas alguns exemplos.

O que fazer para um supermercado pequeno ser competitivo

Como falamos anteriormente e iremos reforçar agora, o tamanho da sua loja e sua região de maneira alguma podem ser impeditivos para você inovar na sua gestão.

Trabalhar com inovação em supermercados seguramente é um dos caminhos mais eficientes para que você tenha sucesso.

Você pode adotar um tecnologia de gestão de clientes, por exemplo. Essa estratégia fará com que o seu foco esteja nos consumidores e também no aumento da efetividade das suas ações.

Além disso, ela pode trabalhar algo que é fundamental para os supermercados de bairro, a fidelização de clientes.

Tecnologia com certeza é um ótimo caminho, mas você também pode adotar outras táticas em busca dos seus objetivos.

Criar um clube de descontos pode ser um ótimo caminho para trabalhar a fidelização no seu supermercado, por exemplo.

Trabalhar o mix de produtos é outra medida que pode trazer bons resultados. Adequá-lo aos hábitos de consumo de quem compra de você pode aumentar as suas vendas e ainda evitar desperdícios.

Entre ter produtos que tem uma alta saída e itens que ficam parados por um longo período na gôndola e no estoque, seguramente não restam dúvidas sobre qual você deve escolher.

Colocar o cliente no centro das suas ações sem dúvida é uma opção que você precisa considerar. Afinal de contas, é ele quem mais importa na operação da sua loja.

A comunicação com os clientes é outro fator que merece destaque. Possuir vários canais de contato e estar aberto a críticas, elogios e sugestões são fundamentais para melhorar seu relacionamento com o consumidor.

Investir no seu PDV também é um ponto crucial para ter sucesso. Afinal, nenhum cliente quer comprar em uma loja mal organizada não é mesmo?

Ações internas, merchandising e um bom layout de loja, certamente podem fazer toda a diferença.

Impulsionando resultados em um supermercado de bairro

É claro que para melhorar os ganhos uma série de fatores precisa ser levado em conta. Definir qual é o mais ou o menos importante não é algo necessário para estratégia.

No início do seu trabalho, definir qual será a área que vai receber mais investimentos na sua estratégia é fundamental.

A fidelização é uma das opções que você tem para iniciar um trabalho mais ativo de relacionamento com os clientes.

Fazer o gerenciamento do relacionamento com o cliente pode ser o seu grande diferencial perante os concorrentes.

Ações segmentadas baseadas em hábitos de consumo, por exemplo, podem tornar a experiência de compra na sua loja única. É claro que para isso é preciso utilizar dados e algumas ferramentas que possibilite a criação desse tipo de ação.

Criar um programa de fidelização, como um clube de descontos, é fundamental para obter as informações de compra dos clientes da sua loja.

Após isso, a identificação das compras e o uso desses dados possibilita que a sua loja tenha uma vantagem em relação aos concorrentes.

Essas ações, a comunicação e a gestão de clientes colocada em prática certamente pode aumentar sua retenção e fidelização de consumidores. Como consequência disso, o ticket médio da loja pode aumentar e o faturamento também.

Essa relação com o cliente seguramente pode ser o seu garante diferencial para conseguir alcançar os seus objetivos. Acompanhe também uma outra publicação do nosso portal sobre a abordagem com os clientes.

Para tirar mais dúvidas ou começar a colocar em prática algumas dessas estratégias na sua loja agende um bate-papo com um de nossos consultores.

Você já ouviu falar do varejo omnichannel? Esse seguramente é o futuro do varejo e pode trazer várias mudanças para muitas empresas.

Os últimos anos foram realmente transformadores para esse tipo de loja. O número de novas estratégias e tecnologias disponíveis tem crescido em grande escala.

Para identificar isso, basta pensar em suas últimas compras e nas compras de cinco anos atrás. Certamente você encontrará grandes diferenças, seja no canal de compra, a forma da escolha e até mesmo na experiência de compra.

Muitas dessas mudanças têm relação com essas evoluções tecnológica e também na forma como fazer as vendas.

No post de hoje você vai entender mais sobre uma tendência para o setor varejista, que é o omnichannel.

O que é varejo omnichannel?

Antes de entender o que é isso, é preciso saber exatamente qual é o conceito de omnichannel em si. Essa palavra pode ser entendida como a integração entre canais ou multicanal.

Para o varejo isso significa que as vendas “tradicionais” estão em transformação. Mas o que seria isso? Aquele tipo de compra em que o cliente vai até a loja comprar um produto que precisa. Em grande parte dos casos vai em locais em que ele encontre um melhor custo-benefício.

A mudança nessa questão tem acontecido justamente pela variedade de canais para que ele efetue as compras dos itens que precisa e a escolha pelo local em que vai comprar.

Na prática isso significa que agora os processos de escolha e compra de produtos pode ser feita de várias maneiras. A principal motivadora para que isso acontecesse foi o desenvolvimento e popularização da internet.

Com ela, o comportamento de compra dos clientes mudaram, por uma série de vantagens que encontraram em comprar online.

As lojas virtuais hoje representam uma parcela importante do varejo em geral e isso tem impactado diretamente as lojas físicas.

Como resposta os PDVs físicos têm buscado encontrar formas de integrar a experiência de compra online e offline.

Mas afinal, o que o consumidor busca agora? Ele quer ter controle sobre o processo de compra e o online lhe permite isso.

Por esse motivo, se você quer ter sucesso com sua empresa é muito importante que você marque presença por lá. Existem diversas ferramentas para que isso seja feito e quanto mais forem utilizadas, mais fácil será chegar até os clientes, são elas:

  • Site
  • Redes Sociais
  • Aplicativos
  • SMS
  • Buscadores online

Esses são apenas algumas opções para que você entre em contato com o consumidor. E, claro,para que ele te encontre, afinal grande parte dos clientes já está nesses canais, seja para realizar compras, trabalhar ou mesmo se divertir.

Porque adotar essa estratégia é importante?

Ao falar mais especificamente de supermercados essa relação de omnichannel ainda está em seus primeiros passos.

Enquanto o varejo de eletrônicos, por exemplo, tem uma participação muito importante em lojas virtuais, os supermercados online ainda representam uma pequena parcela do mercado.

De maneira alguma isso significa que digitalizar sua loja não precise estar nos seus planos, mas dá alguns sinais.

Alguns anos atrás, o varejo de eletrônicos também não tinha tanta força online e hoje tem uma situação bastante distinta.

Ainda mais importante do que isso, agora os clientes já estão habituados a realizarem esse tipo de compra. Atualmente é possível comprar quase tudo sem sair de casa e sem contato com um único funcionário da empresa.

Em um mundo em que ter o foco no cliente é fundamental para o sucesso de uma empresa, deixar isso de lado não parece uma boa escolha.

Entregar o que o consumidor precisa é o que é necessário para que o seu supermercado tenha sucesso. Certamente quanto a isso não restam dúvidas, não é mesmo?

Ao pensar nisso, fica claro a importância de se adaptar a esse tipo de compra que seguramente já é normal para grande parte dos consumidores.

Isso mostra para os supermercados que é importante dar uma alternativa para os clientes, pelo menos com a integração do online com o offline, por exemplo.

A jornada de compra agora passa por esses dois ambientes e se a sua loja não estiver presente em ambas pode perder vendas.

Além disso, adotar uma estratégia omnichannel para o seu supermercado pode gerar outros benefícios. Entre eles estão: Melhora no relacionamento com os clientes, na experiência de compra, na comunicação e uma estratégia mais eficiente por meio do uso de dados.

Como o varejo omnichannel vai impactar os supermercados

Essa é uma das tendências do mercado varejista, e para que o seu supermercado se mantenha competitivo é importante estar atento a ela.

Visto isso, algumas redes supermercadistas já tem se adaptado a essas mudanças e inovado na forma de vender produtos e se comunicar com os clientes.

No que diz respeito às vendas, as lojas virtuais já marcam presença no mercado, mas o mais forte são os métodos diferentes de compra. Sistemas de compre online e retire na loja e delivery também tem marcado presença em alguma lojas.

Além disso, o surgimento de apps para supermercados também já são uma realidade. Na maioria dos casos os clientes têm acesso às ofertas da loja, encartes e pode receber ofertas especiais. Em alguns casos é impossível até mesmo realizar as compras por meio do aplicativos.

O uso de redes sociais como uma ferramenta de comunicação é mais um opção de canal de comunicação com os consumidores. Atualmente vários supermercados já as utilizam, principalmente para divulgar encartes digitais.

O envio de ofertas segmentadas via SMS e aplicativos de mensagem também se intensificou nos supermercados. Por meio de estratégias como a gestão de clientes e o uso de dados, a comunicação com os clientes têm buscado ser o mais personalizada possível.

Essas questões que citamos são apenas algumas que já são realidades atualmente em vários supermercados. Uma mudanças considerável em relação a alguns anos atrás, não é mesmo?

Estar cada vez mais presente em vários canais em busca de melhorar a experiência de compra na sua loja sem dúvida será ainda mais importante nos próximos anos.

O quanto antes você começar, melhores podem ser os ganhos que você poderá atingir. Para isso, baixe gratuitamente nosso ebook Guia completo: o melhor relacionamento com seu cliente.

O faturamento de vendas certamente é um dos indicadores mais importantes para todas as empresas. Afinal, é ele quem garante a evolução de uma loja e ainda mais, a sua sobrevivência no mercado.

Quando essa métrica está em queda, é normal que os gestores liguem o alerta e comecem a buscar maneiras de resolver o problema. Porém, a questão é que às vezes pode ser tarde demais.

Por esse motivo, o controle de faturamento é imprescindível para uma empresa de sucesso. Você tem feito isso no seu supermercado?

Acompanhe o post de hoje para entender um pouco mais sobre a análise desse dado e o que fazer para aumentar seu faturamento.

Como identificar a queda do faturamento de vendas

Existem uma série de fatores que podem levar o seu supermercado a sofrer com a queda no faturamento.

Ser recorrente na análise desses dados certamente é um primeiro passo para diminuir os impactos desse problema. Mesmo assim, nem sempre apenas ver as métricas é o suficiente.

Para entender como resolver a situação será preciso identificar quais foram as razões para que isso acontecesse. Entre as principais estão:

  • Perda de clientes
  • Queda no ticket médio
  • Clientes inativos
  • Concorrência
  • Queda nas vendas
  • Precificação muito elevada
  • Falta de recorrência de ações

Você pode conferir as razões de maneira mais detalhada em nosso post: 7 razões para a queda no faturamento de um supermercado – e possíveis soluções.

Com o problema identificado cabe a você e sua equipe buscarem as soluções adequadas para o contratempo.

Vale lembrar que o quanto antes a queda no faturamento for identificada mais simples será a resolução da situação. Caso você demore para acompanhar os acontecimento as formas de resolver o impasse serão mais complicadas e irão depender de mais investimentos.

Mesmo que geralmente esse seja um caso que gere desconforto nas empresas, é preciso ser analítico e estratégico para resolver a situação da melhor forma.

Para essa questão, utilizar tecnologia pode ser um ótimo caminho para retomar os bons resultados da sua loja.

Como fazer o controle de faturamento

O faturamento é uma métrica que geralmente tem variações de um mês para o outro, principalmente em supermercados por conta de questões sazonais.

Uma queda brusca ou uma sequência de vários meses com o faturamento em queda é o que não pode acontecer de maneira nenhuma. Controlar isso, certamente não é um tarefa fácil e também não depende apenas de você.

Isso acontece, pois sua loja pode ter a estratégia correta até o momento que um novo concorrente chegue ao mercado. Com uma proposta mais atrativa, ele pode fazer com que você perca consumidores, vendas e consequentemente faturamento.

Esse fator especificamente é difícil de ser controlado, mas isso não quer dizer que você não pode e não precisa fazer nada.

Pode parecer estranho, mas sabia que para aumentar o faturamento as vezes você precisa gastar mais? Gastar na verdade não é a palavra correta, mas sim investir.

Os investimentos em tecnologias, por exemplo, podem garantir uma série de vantagens competitivas para o seu supermercado. Essa proposta de inovação pode inclusive ser um dos valores da sua marca.

Com isso, mesmo que surjam concorrente sua loja pode se manter como era antes, mas claro, sempre atenta a questões que pode melhorar

Essas inovações tecnológicas podem ter relação com o seu contato com o público, por exemplo, ou até mesmo em processos internos.

Adotar novas estratégias de comunicação, layout de loja, precificação e calendário promocional seguramente podem fazer a diferença na melhora dos seus resultados.

Uso de tecnologia para evitar a queda do faturamento de vendas

Para manter o faturamento em crescimento ou pelo menos constante durante o ano, você precisa fazer com que os clientes continuem a comprar certo?

Quanto a isso, algumas tecnologias já disponíveis no mercado podem te ajudar a fazer isso na prática.

Um dos exemplos que têm crescido são os aplicativos de supermercado, que chegaram para trazer maior comodidade aos clientes. A entrega desse benefício ajuda a fidelizar o consumidor, fazendo com que ele volte a comprar na sua loja.

Além disso, consumidores fidelizados tendem a gastar mais do que aqueles que fazem apenas compras pontuais na sua loja.

Na maior parte dos casos os aplicativos dão acesso a ofertas da loja, permitem a consulta de preços e enviam itens em promoção os clientes.

Um software de gestão de clientes, também pode ser uma boa solução para o seu supermercado.

Já que essa ferramenta apresenta dados de maneira clara e objetivo dados que você possui em seu sistema de gestão, aliado a dados de compras dos clientes. Com isso, você pode acompanhar de perto o seu faturamento diário e até mesmo anual.

Essas informações permitirão que você encontre tanto medidas para manter os resultados, quanto para melhorá-los com base em informações dos consumidores.

Até mesmo as redes sociais podem ser usadas em sua estratégia de marketing para impulsionar as vendas. Os encartes digitais, por exemplo, já tem ganhado competitividade em meio aos encartes tradicionais.

Eles podem ser publicados semanalmente nas redes junto com outras ofertas pontuais em busca de atrair clientes. Tanto em buscas orgânicas, quanto em buscas pagas você pode atrair mais clientes e assim aumentar suas vendas.

Essas são apenas algumas das opções, mas você descobrir mais em nosso post Como inovar para vender mais em supermercados.

Como resolver a queda de faturamento com um software de gestão de clientes

Um software de gestão de clientes serve para que seu supermercado tenha acesso a métricas relevantes que podem gerar insights para a criação de ações.

Essas campanhas podem ser geradas a partir dos dados de compra dos clientes e as métricas gerais da loja.  

Analisar de maneira recorrente essas informações seguramente podem contribuir para que você melhore seus resultados.

Isso acontece, pois assim que você identifica uma queda no faturamento, já pode promover uma ação para impulsionar suas vendas ou atrair novos clientes, por exemplo.

Na plataforma Mercafácil, por exemplo, você tem acesso a uma série de páginas que podem te ajudar na identificação de problemas e criação de ações com relação ao faturamento.

Conheça algumas páginas

Na home, que é a página inicial, você já tem informações sobre o faturamento, variação, número de cupons e o ticket médio da loja. Além disso, existem os dados isolados o grupo de clientes cadastrados em seu clube de descontos, como o ticket médio e o percentual de faturamento que você tem identificado.

Página de desempenho é possível analisar o faturamento de maneira geral da sua loja. Inclusive fazendo comparações entre períodos, o que pode contribuir para identificar sazonalidades e oportunidades.

Ao acessar a página do clube é possível visualizar informações similares, mas sobre o faturamento identificado. Ainda existem dados mais específicos, como quantidade de cupons, ticket médio e quantidade de clientes cadastrados.

Além dessa opção, também é possível fazer uma análise de faturamento ainda mais controlada, na análise de dados da empresa. Com ela é possível visualizar gráficos mensais, semanais e até mesmo diárias.

Vale lembrar que a plataforma utiliza informações que você já tem no seu ERP, mas formatada de uma outra maneira.

A plataforma busca tornar o uso das informações mais simples para os supermercadistas melhorarem seus resultados.

Para saber um pouco mais sobre outras formas que o software de gestão de clientes da Mercafácil pode ajudar você a aumentar as vendas faça uma demonstração gratuita!

A decomposição de faturamento precisa fazer parte da rotina dos supermercadista. Você já ouviu falar sobre isso? Se você já é um cliente Mercafácil deve estar habituado à fórmula.

Ela é de grande valor, pois tem muita importância para identificar possíveis problemas na sua loja. Afinal, quem não quer uma forma de encontrar os pontos a serem melhorados na sua empresa, não é mesmo?! Ou mesmo saber o que exatamente tem impactado no faturamento?!

Por conta disso não  deixe de acompanhar o nosso post de hoje, temos um convite especial para você!

Como fazer o cálculo da decomposição de faturamento

A decomposição de faturamento leva em conta alguns fatores para chegar aos seus resultados. Dentre os pontos que entram nesse cálculo estão envolvidos também alguns setores da loja, são eles: o proprietário, comercial e marketing.

Isso acontece porque a decomposição de faturamento, como falamos anteriormente, tem a função principal de identificar problemas. Como consequência disso, o ideal é que seja tomada uma decisão para resolver aquela questão.

Você pode calcular a decomposição de faturamento por meio da seguinte fórmula:

Faturamento = Ticket médio x Nº de cupons

Com relação ao ticket médio é preciso considerar o valor médio dos produtos vendidos e a média de itens na cesta dos seus clientes. Já sobre o número de cupons é necessário avaliar número de clientes únicos e a média de compras por cliente.

É fundamental também levar em conta esses dados, pois após isso é preciso realizar ações na loja para resolver os problemas identificados.

formula-de-faturamento

Tipos de ações que podem ser feitas a partir da decomposição de faturamento

As ações que forem trabalhadas precisam corresponder com o que foi identificado como problema na sua loja. Se o ponto negativo foi encontrado no ticket médio e o que o compõe, a ação precisa ser destinada especificamente para isso. Da mesma forma, se o problema for o número de vendas, a ação deve ser direcionada para melhorar esse indicador.

Ação para o aumento do ticket médio

Para aumentar o ticket médio é preciso trabalhar separadamente os fatores que o compõe, que são: valor médio dos produtos vendidos e média de itens na cesta.

Na situação de aumento do valor médio dos produtos vendidos, a solução é estimular a compra de produtos com um valor mais elevado. Para isso você pode impulsionar a venda de produtos de maior valor agregado e também produtos da curva A.

Para aumentar a média de itens na cesta você irá precisar adotar outras estratégias. Uma boa opção é trabalhar com combos de produtos, como promoções de leve 3 e pague 2.

Outra ideia é adotar uma estratégia de cross selling, que são as vendas casadas. Para essa opção você pode usar o próprio layout de loja para estimular esse tipo de compra. Um bom exemplo, é deixar bebidas, como refrigerantes e cervejas, próximas a itens de churrasco.

Ou seja, a decomposição de faturamento pode contribuir para sua estratégia de precificação, mix de produtos e também para o trade marketing da sua loja.

Ação para o aumento do número de cupons

Ações desse tipo lidam ainda mais diretamente com os clientes e suas compras. Isso acontece, pois será preciso aumentar o número de clientes únicos e também a média de compras dos clientes.

Para o aumento de clientes, a ideia é trabalhar dois tipos de ações, são elas: aquisição e retenção de consumidores. Para isso, uma solução de gestão de clientes pode ser muito útil na sua loja.

É importante equilibrar o número de ações para que a retenção se mantenha aumentando, pois ela pode também estimular o aumento do ticket médio, por exemplo. Além disso, é claro que também é necessário aumentar a sua base de clientes.

Sobre a questão de média de compras por cliente, você vai precisar estimular um maior número de visitas a sua loja. Uma das melhores opções para isso é trabalhar de maneira recorrente com campanhas segmentadas.

Webinar | Decomposição de faturamento

Depois dessa pequena introdução sobre esse tema que certamente pode contribuir muito para os supermercados, chegou a hora do nosso convite.

A Mercafácil preparou uma palestra online gratuita para acabar com todas as suas dúvidas sobre a decomposição de faturamento. Será no dia 31 de Janeiro de 2019 às 15 horas (horário de Brasília) com transmissão ao vivo pelo Youtube.

Os temas tratados serão:

  • O que é decomposição de faturamento;
  • Com qual frequência você deve utilizar essa fórmula e em quais situações ela pode te ajudar a vencer problemas;
  • Descubra quais ações você pode fazer para corrigir os problemas encontrados pela decomposição de faturamento;
  • Quem são os profissionais indicados para trabalhar com essas informações;
  • Os 3 pilares de aumento de faturamento e como utilizar essas informações junto com a fórmula;
  • Como gestão de clientes pode lhe ajudar durante esse trabalho;
  • Ações para colocar em prática e melhorar resultados.



Para trazer o melhor conteúdo possível para você, contaremos com dois especialistas no assunto:

  • Bruno Leal, CSO e Cofundador da Mercafácil, empresa líder no Brasil em Gestão de Clientes para supermercados.
  • Eric Ansai, especialista em varejo e Consultor de Sucesso do Cliente na Mercafácil.

Você não pode perder essa oportunidade que certamente pode contribuir para a melhora dos resultados da sua loja. Para se inscrever basta acessar o link e aproveitar o conhecimento!

Identificar oportunidades para vender mais certamente é uma atividade recorrente na vida dos supermercadistas e varejistas.

Você deve lembrar que vender mais não significa somente atrair mais clientes. Por esse fator, é importante entender se o objetivo da sua empresa é captação ou fidelização de clientes. Ou ainda se é os dois.

Afinal, trabalhar ações de relacionamento com os clientes, por exemplo, te ajudar a vender mais da mesma forma que uma ação de distribuição de encartes focada em atração.

Para entender o momento da sua empresa, um software de gestão de clientes pode ser seu grande aliado. A partir disso, montar uma estratégia de ações por meio do uso de dados certamente vai aumentar a efetividade das campanhas.

Uma boa ideia para a sua loja aumentar as vendas é usar as datas comemorativas. Um bom planejamento para essas datas pode gerar várias oportunidades de segmentação para suas campanhas.

Se você já utiliza um software de gestão de clientes no seu supermercado fica ainda mais fácil descobrir oportunidades. Basta você observar os hábitos de consumos dos seus clientes e aproveitar para criar suas ofertas.

Veja como um cliente da Mercafácil que faz gestão de clientes utilizou o software para aproveitar as oportunidades para vender mais

Estudo de caso | Supermercado Ikeda

Para vender mais, o Supermercado Ikeda optou por unir as duas estratégias citadas anteriormente. A loja aproveitou o dia dos cães, que é comemorado em 4 de outubro, para criar uma ação especial para o “melhor amigo do homem”!

A ação realizada foi uma campanha segmentada de nicho. Para isso, foi criada uma segmentação de clientes que compraram na loja algum tipo de ração canina nos últimos 60 dias.

Como resultado, foram identificados por volta de mil clientes que fizeram esse tipo de compra no período selecionado.

Foi criada então uma promoção especial, que ofertava 10% de desconto em qualquer ração canina para os clientes do clube de descontos neste dia especial. Para a divulgação da campanha foi feito o envio de SMS com a seguinte mensagem:

oportunidades-de-segmentacao

Para impactar ainda mais os clientes, o supermercado optou por também fazer outras ações de divulgação. No PDV, a estratégia utilizada foi pela colagem de adesivos de chão com pegadas de cão que levavam até o setor de pets. Para complementar a ação também foram utilizadas as redes sociais da loja.

Resultado geral da ação de oportunidade de vendas

Receberam SMS: 675 clientes

Compraram: 279 clientes (41,3%)

Cupons gerados: 426

Ticket médio dos cupons gerados: R$ 113,94

Impacto total de faturamento: R$ 48.538,44

Resultado obtido com os produtos anunciados no sms

Cupons com produto do SMS: 78

Ticket Médio desses cupons: R$174,54

Faturamento gerado por esses cupons: R$ 13.614,12 (28% do faturamento total).

Lembre-se de que é muito importante caprichar na hora de criar suas segmentações para que a campanha tenha os melhores resultados. Além disso, não deixe de fazer a avaliação de desempenho da suas ações para que elas sejam cada vez melhores.

Para aproveitar as oportunidades para vender mais na sua loja acompanhe nossa categoria de oportunidades e fique atento às próximas datas comemorativas que você pode usar na sua loja.

Também quer resultados como esses para o seu supermercado? Entre em contato com um de nossos consultores e comece agora suas campanhas de Gestão de Clientes.