SUMÁRIO


Por em 4 de julho de 2022

Guia: como fazer uma melhor gestão de custos no seu supermercado

Qualquer empresa que deseja se consolidar no mercado precisa saber como fazer uma gestão de custos de forma eficaz. E, tratando-se do varejo alimentício e supermercados, não poderia ser diferente.

Entretanto, é comum que surjam algumas dúvidas sobre o que é a gestão de custos e, é claro, a melhor forma de fazê-la.

Por isso, preparamos esse guia que vai te ajudar a compreender melhor sobre esse tópico tão importante para a saúde do seu negócio como um todo. Acompanhe!

O que é gestão de custos?

Gestão de custos é uma técnica de administração que consiste em levantar, classificar e analisar os valores gastos por uma empresa. Assim, com o conhecimento desses valores, os gestores podem tomar decisões mais assertivas para o sucesso do seu supermercado.

Ademais, quando bem utilizada, essa técnica auxilia o empreendedor a identificar os gargalos do seu negócio e compreender quais são os setores e situações que mais geram gastos para a empresa. 

Além disso, é importante para permitir que o varejista tenha um maior controle sobre os seus custos, evitando imprevistos e podendo trabalhar com mais previsibilidade.

– Complemente a leitura com: Como gerenciar um supermercado de pequeno porte?

Qual a importância de fazer a gestão de custos no seu supermercado?

Pois bem, conforme citado brevemente acima, a gestão de custos auxilia o gestor a ter um maior conhecimento e, assim, maior controle sobre os gastos do seu supermercado. Esse conhecimento, quando colocado em prática de forma estratégica, permite que o empreendedor tome melhores decisões para o seu negócio.

Ou seja, permite que seja possível definir, com base em dados:

  • Quais setores do negócio estão demandando um gasto maior do que o esperado – e o que é possível fazer para minimizar esse prejuízo;
  • Áreas que podem receber um maior investimento, pois estão com um desempenho bom, mas que pode ser potencializado com ações estratégicas;
  • Se estão ocorrendo desperdícios que não estavam sendo calculados e, no fim do mês, resultam em prejuízos.

6 dicas para fazer a gestão de custos do seu supermercado de forma eficiente 

1. Trabalhe com a prevenção de perdas

Todos os supermercados lidam com a perda de produtos, principalmente nos setores que envolvem alimentos perecíveis.

Apenas para ter uma noção, de acordo com dados da FAO/ONU divulgados no Hortifrúti Brasil, apenas nos supermercados, o prejuízo com perdas e desperdícios chega a R$ 7,1 bilhões ao ano.

Além disso, anualmente, 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são perdidos ou desperdiçados na cadeia de alimentos, o que corresponde a 30% do produzido no mundo. E o segmento de FLV (frutas, legumes e verduras) é o líder das perdas.

Apesar desses números alarmantes, se você busca melhorar a gestão de custos no seu varejo, é hora de desenvolver ações estratégicas que ajudem a minimizar esses prejuízos e perdas.

Dessa forma, o primeiro ponto que você deve prestar atenção é: identificar as suas perdas. Ou seja, saber quantificar em valores a quantidade de perdas que o seu supermercado enfrenta mensalmente e quais são os principais produtos/setores que mais causam esse prejuízo. 

Tendo esse conhecimento, é hora de anotar esse número e, então, estabelecer ações e metas a serem alcançadas para diminuir as perdas.

Não sabe por onde começar? Então confira: Prevenção de perdas no hortifrúti: 7 dicas valiosas para seu varejo 

2. Tenha um bom controle do seu estoque 

Saber exatamente o que entra e o que sai do seu estoque é essencial para você fazer uma gestão de custos eficaz. Afinal, esse conhecimento permite que você consiga quantificar, em valores monetários, literalmente o “quanto vale” o seu estoque.

Além disso, um bom controle de estoque permite que você vá além das questões estritamente relacionadas a valores. Isso significa, por exemplo, que você saberá o nome e a quantidade de itens que estão no seu estoque. 

Esse conhecimento pode ser muito bem utilizado para que você faça melhores negociações e condições especiais com a indústria, estreitando a parceria com fornecedores.

Se por meio do seu controle de estoque você descobre que um certo produto tem uma alta procura/aceitação pelos seus clientes, você pode levar essa informação ao seu fornecedor e, quem sabe, desenvolver uma estratégia de divulgação poderosa para esse produto. Por exemplo, uma ação de degustação e/ou de up sell/cross-sell.

Por outro lado, você também pode descobrir aqueles produtos que precisam “de uma força” para serem vendidos e não encalharem no estoque. Então, é hora de desenvolver estratégias para alcançar esse objetivo e não deixar que eles se tornem um prejuízo para a sua marca. 

– Leia também: Gestão de estoque para supermercados: tudo que você precisa saber

3. Conte com bons equipamentos

Outra forma de fazer a gestão de custos e, quem sabe, minimizar os gastos do seu supermercado é fazer um acompanhamento frequente dos seus equipamentos, tendo conhecimento do quanto de energia eles demandam e, também, buscando soluções para modernizá-los e potencializá-los. 

Freezers e refrigeradores, por exemplo, consomem bastante energia e, obviamente, eles são necessários para o funcionamento do seu supermercado.

Entretanto, buscar por modelos mais recentes, que consomem menos energia e trazem opções mais sustentáveis, pode ser uma boa iniciativa para uma melhor gestão de custos – e contenção de gastos. 

Porém, antes de fazer a troca dos aparelhos, calcule em quanto tempo esses equipamentos irão “se pagar” levando em consideração a quantidade de energia que você irá economizar, e mantenha esse número na sua planilha/ferramenta de gestão de custos.

Inclusive, falando em planilha e ferramenta…

4. Entenda a tecnologia como sua grande aliada  

Para fazer uma gestão de custos eficiente do seu supermercado, deixe de lado as cadernetas e anotações manuais. Ao invés disso, invista em ferramentas e plataformas tecnológicas que automatizam essa gestão e permitem que você veja e acompanhe, de forma mais simples, detalhada e assertiva, os gastos do seu negócio. 

Não perca seu tempo lutando contra a tecnologia, mas sim, buscando entendê-la como sua parceira de negócios.

Quando bem utilizada, ela permitirá que você dedique o seu tempo pensando em estratégias e ações mais valiosas para o seu supermercado.

Assim sendo, não hesite em buscar soluções e ferramentas de gestão de custos que façam sentido para o seu supermercado. Então, debruce-se em cima dessas novas tecnologias e extraia o máximo potencial delas para melhorar os resultados do seu negócio.

– Você também pode se interessar por: Investir em tecnologia é a solução para aumentar o lucro do seu varejo

5. Faça uma boa gestão de equipe

A rotatividade excessiva de profissionais é algo negativo para o supermercado e pode influenciar negativamente nas despesas e no funcionamento do negócio como um todo. Por isso, para fazer uma melhor gestão de custos, faça também uma boa gestão de equipe.

Isso significa: contar com profissionais engajados, proativos, bem treinados e que compreendam o seu papel para o funcionamento da empresa como um todo. 

– Confira: Treinamento da equipe no varejo: confira a importância dessa ação!

6. Saiba controlar as suas contas

Por último, mas não menos importante, a dica para você melhorar a sua gestão de custos é: saiba como manter o controle das suas contas.

Parece óbvio dizer, porém, um supermercado acumula muitas contas. Estamos falando desde as contas de água e luz, passando pelo pagamento dos funcionários e as despesas com fornecedores. 

Ter todas essas contas organizadas é uma maneira de evitar mais custos. Afinal, essa organização evita o atraso dos pagamentos e, consequentemente, os juros que iriam vir junto com essa situação. Assim, é mais uma maneira de manter a saúde financeira do seu negócio em dia. 

Pois bem, como você pôde ver, são diversas as dicas para você fazer uma melhor gestão de custos do seu supermercado. Entretanto, com essas sugestões, você já tem bons insumos para começar a buscar esse melhor controle do seu negócio, mantendo-o saudável e sob uma melhor gestão. 

Aliás, se quer complementar o aprendizado sobre o assunto, acesse: Reduzir custos e melhorar vendas com apenas 4 dicas

Por fim, se busca contar com uma ferramenta completa que vai te ajudar a fazer uma gestão de clientes eficiente e a potencializar os resultados do seu supermercado, aproveite para conhecer melhor a Mercafacil. Confira como criamos uma uma experiência de compra integrada entre os canais físico e online e te ajudamos a compreender melhor os seus clientes. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Daniela Hendler

Jornalista graduada pela PUC-PR. Analista de Marketing com foco em produção de conteúdo estratégico na Mercafacil. Tem alguma sugestão de conteúdo que gostaria de ver por aqui? Envie para [email protected]