Vendas

Como trabalhar a gestão de categorias em supermercados para melhorar as vendas

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A gestão de categorias em supermercados é mais uma das estratégias usadas para melhorar as vendas da loja e consequentemente aumentar o faturamento.

Buscar táticas que contribuam para esses objetivos é algo recorrente na vida dos supermercadistas. Por conta disso, também é importante sempre estar atento aos novos métodos que surgem.

Dessa forma você pode sair na frente e aplicar uma estratégia que traga benefícios para você e para seus clientes. Entenda um pouco mais sobre uma delas no post de hoje.

O que é gestão de categorias?

A gestão de categorias em supermercados é uma estratégia importante para os supermercadistas que desejam melhorar seus resultados.

Ela se inicia durante o processo de compra dos produtos com os fornecedores e só chega ao fim quando o cliente leva o item para casa.

De forma simples, fazer o gerenciamento de categorias é organizar a sua loja de acordo com as preferências dos clientes.

O ideal é que você consiga construir um “caminho” de compra para o seu consumidor, ou seja, a escolha por produto X, vai levá-lo à compra do produto Y.

Se esse percurso que o seu cliente fará na sua loja estiver organizado corretamente, pode influenciar nas suas vendas e ticket médio, por exemplo.

Essa estratégia também pode contribuir para o aumento do ticket médio com o trabalho de produtos dentro da categoria. Você pode trabalhar a precificação dos produtos na busca de fazer o cliente migrar de um produto de curva B, para um de curva A, por exemplo.

Outro ponto que a gestão de categorias pode contribuir na sua loja é para a melhora da rentabilidade dos produtos. Para isso, você precisa analisar a curva ABC e identificar quais itens têm bons potenciais de venda e são mais rentáveis para você.

Dessa forma a organização da sua loja pode ser pensada com o intuito de estimular a venda desse tipo de item.

Mais do que melhorar suas vendas, a gestão de categorias em supermercados tem como objetivo melhorar a experiência de compra do seu cliente. É com isso que o aumento nas vendas irá acontecer efetivamente e de forma mais natural.

Como fazer gestão de categorias em supermercados

Para fazer o gerenciamento de categorias é preciso que você tenha conhecimento dos principais itens da sua loja. Esse é o primeiro passo para uma estratégia de sucesso.

Após isso, o que você precisa é conhecer os hábitos de consumo dos seus clientes. Para isso, você pode usar sua plataforma de gestão de clientes e identificar as preferências dos consumidores.

Agora você terá dados o suficiente para escolher a categoria e os itens que serão trabalhados em sua estratégia.

Vale lembrar que no seu planejamento devem entrar questões de precificação, meios de comunicação com o cliente e criação de ofertas.

A parceria com os fornecedores também é fundamental para que você obtenha sucesso. Isso acontece, pois a indústria tem conhecimento amplo da categoria e certamente pode ser uma ótima aliada para o seu planejamento.

Além disso, é essencial que você tenha um profissional dedicado à função de gerir suas categorias e analisar os dados tanto de mercado quanto dos consumidores.

É importante também que você faça treinamentos com sua equipe de loja para que todos estejam cientes do que está sendo feito. Isso pode evitar erros durante o período que a estratégia estiver em ação.

Os principais objetivos do gerenciamento de categorias são aumentar as vendas e a rentabilidade da sua loja.

Além disso, ele também tem o objetivo de melhorar a experiência de compra dos seus clientes, já que é uma estratégia pensada neles.

O maior benefício dessa técnica é que ela traz ganhos para você e para os compradores da sua loja também.

Melhorar os resultados da sua loja com gestão de categorias

Tradicionalmente, os supermercados sofrem por conta das margens mais baixas, vários custos, operação complexa e grande concorrência. Por essa razão é importante buscar formas de maximizar os ganhos, como é o caso da gestão de categorias.

De acordo com a pesquisa Maiores Varejistas, da SA Varejo, a margem bruta do varejo alimentar teve queda de 6% nos últimos dois anos. Esse é um indicador muito importante para os supermercados, então é preciso encontrar alternativas.

Uma delas é com a participação da gestão de categorias no investimento de categorias com maior rentabilidade.

Um dos exemplos dessas categorias é o de produtos saudáveis,. Ela movimentou R$ 92,5 bilhões no Brasil em 2017, segundo pesquisa do Euromonitor Internacional. Nosso país é o quarto maior consumidor desse tipo de produto no mundo.

Uma ótima oportunidade não é mesmo? Assim como essa existem outras categorias que
podem ser exploradas, você pode conferir algumas na matéria da SA Varejo.

Lembre-se que é importante se manter atento sempre às várias oportunidades para que seus resultados sejam cada vez melhores.

Para contribuir na sua estratégia a Mercafácil tem um presente para você. Baixe gratuitamente nosso Guia da Curva ABC e comece já a colocar em prática os conteúdos na sua loja.

Responsável pela produção de conteúdo na Mercafácil.

Write A Comment