Tag

destaque

Browsing

Os varejistas são acostumados a lidarem com problemas constantemente em suas lojas. Mas o ideal é não trabalhar apenas para solucionar problemas, certo?

Se uma empresa concentra seus esforços somente nessas questões pode ficar parada no tempo e não vai conseguir melhorar seus resultados.

Para que isso não ocorra, uma ótima solução é investir em um sistema de gestão de clientes. Essa estratégia tem foco no cliente, mas pode melhorar toda a gestão da sua loja.

Certamente algo que possa te auxiliar em tantos setores merece sua atenção. Entenda como isso acontece na prática e como pode ser de grande valor no seu negócio.

Lista: 6 problemas que você pode resolver com um sistema de gestão de clientes

1 – Queda nas vendas

Quando as vendas começam a cair, rapidamente os efeitos que elas causam são sentidos pela empresa. Se você não encontrar uma forma de se recuperar dessa situação as consequências podem levar até ao fechamento da loja.

Certamente esse não é o desfecho que você quer para a sua empresa. Com um software de gestão de clientes você pode estimular as vendas de várias formas.

Uma das melhores opções para sua loja é trabalhar com campanhas segmentadas. Criar segmentações de acordo com hábitos de consumo, por exemplo, pode aumentar a efetividade das suas ações.

Para conseguir colocar em prática esse tipo de ação você precisa passar por algumas etapas. Primeiro terá que conhecer os seus clientes e depois identificar as oportunidades que os dados deles podem dar para sua loja. Assim, você só precisa escolher qual será  a ação e no fim mensurar seus resultados.

2 – Queda de faturamento

Entender as razões para a queda de faturamento é o primeiro passo para resolvê-la. Em seguida, você precisa encontrar maneiras de solucionar essa questão.

Uma tecnologia para gestão de clientes pode ser sua grande aliada na recuperação. Com ela você pode criar um planejamento para aumento de faturamento com várias ações.

A mais simples e óbvia delas é buscar o aumento das vendas, como foi dito no tópico anterior. Porém, essa não é a única. Estimular a frequência de compra dos seus clientes ou investir em ações de aumento de ticket médio, como as vendas casadas também é uma ótima opção.

Para isso, basta você selecionar um produto que tenha alta saída na sua loja. Depois, você pode criar uma segmentação dos clientes que o compraram e identificar o que mais eles costumam comprar. Agora você está pronto e basta apenas enviar sua campanha.

Para ver mais algumas soluções, confira este post.

3 – Perda de clientes

Uma solução de gestão de clientes tem a função primordial de trabalhar a perda de clientes. Certamente esse é o problema para o qual ela oferece as maiores possibilidades, já que é pensada para isso.

Para evitar a perda de clientes é preciso planejar ações de retenção e fidelização. Depois que você já atraiu o cliente e começou a capturar seus dados por meio de um programa de fidelização a estratégia começará a ganhar forma.

Trabalhar ações constantemente certamente é a melhor forma de evitar a perda de clientes na sua loja e também de manter os clientes ativos. Sobre isso, também é importante saber em qual status está o seu cliente. Caso ele esteja entre os inativos ou até mesmo entre os perdidos precisa planejar ações específicas para eles.

Os dados analisados servirão de base para garantir a efetividade das suas campanhas de retenção. Dar ênfase nas campanhas baseadas em hábitos e frequência de consumo podem ser uma boa opção para que sua loja evite perder clientes.

4 – Estoque

Você pode se perguntar como algo que é focado no cliente pode ajudar a melhorar o controle de estoque. E a resposta para esse pergunta é bem simples.

Se você tem dados sobre os seus clientes e os conhece, consequentemente sabe o que ele compra e com qual frequência. É desta forma que um software de gestão de clientes pode melhorar a sua gestão de estoque.

Com isso você consegue organizar seu estoque de acordo com o público da sua loja. Assim, erros como ruptura de gôndola têm menor possibilidade de acontecer, mesmo com produtos de alta saída.

Conhecer os seus clientes é uma ótima forma de planejar o seu estoque!

5 – Atração de clientes novos

Dificuldades para atrair clientes para a sua loja? Novamente um software de gestão de clientes pode ser uma boa ideia para você.

É importante lembrar que atração não se trata apenas de novos clientes. Você também precisa atrair os clientes que costumam comprar na sua loja para voltarem a comprar, na próxima semana ou mês. Para esse tipo de cliente você vai precisar criar uma estratégia específica de atração.

Já para os que ainda não compram com você a estratégia precisa ser diferente. Usar o mapa de geolocalização do software de gestão de clientes da Mercafácil é um excelente caminho.

Por meio dele você pode identificar áreas onde ainda têm poucas pessoas que compram na sua loja. Após isso, basta planejar sua ações, como a entrega de encartes na região para atrair mais clientes.

6 –  Efetividade das campanhas de marketing

Você tem tentado criar campanhas, mas os resultados ainda não são os que você esperava? Usar dados de um software de gestão de clientes pode ser uma ótima forma de melhorar a efetividade das suas ações.

Uma das suas maiores utilidades é a criação de campanhas segmentadas. Esse tipo de campanha é a que traz os melhores resultados, de acordo com os estudos da Mercafácil.

Uma ação como essa pode trazer de 40% a 50% dos clientes que receberam a mensagem para a loja. Quanto mais específico for esse público (sua segmentação), melhores podem ser os resultados das ações da sua loja. Para isso também é importante criar um planejamento e sempre fazer a avaliação de desempenho das campanhas.

Para se comunicar com quem já é cliente certamente as ações segmentadas e de relacionamento são o melhor caminho. Uma ótima ideia para sua loja é aproveitar as oportunidades de datas comemorativas para movimentar a loja. Você pode investir em eventos, decorações e ofertas para atrair mais clientes.

Lembre-se que o uso e a análise dos dados é a melhor forma de tornar suas campanhas mais efetivas.

Quer facilitar a resolução de problemas no seu supermercado? Então que tal fazer uma demonstração do software de gestão de clientes da Mercafácil e começar a facilitar sua vida agora?

Fazer avaliação de desempenho tem se tornado uma regra para as empresas que desejam sucesso. Mensurar resultados é importante para diversas questões empresariais, como planejamento da gestão, controle e também aumento nas vendas.

Ver na prática a relevância de analisar os indicadores de performance pode te ajudar a implementar essa ideia em sua loja. Ao pensar nisso, a Mercafácil fez um estudo com cerca de 400 supermercados para entender cada tipo de ação de gestão de clientes e os resultados médios esperados por cada um deles para que você entenda se suas ações têm ido bem ou não.

Os resultados dessa análise você confere no post de hoje, acompanhe!

Avaliação de desempenho em divulgação para clientes ativos

O que são clientes ativos

Os clientes considerados ativos são os que têm comprado com frequência na sua loja. Esse tipo de cliente geralmente já está na fase de retenção ou de fidelização.

Exemplos de campanhas para clientes ativos

Mesmo que esse consumidor tenha feito várias compras durante o mês é importante manter o contato para que ele não deixe de comprar. Como ele já tem o costume de comprar com você, seu trabalho para se comunicar com ele fica muito mais fácil.

Basta você identificar alguns fatores, como frequência de compra e produtos mais consumidos no seu software de gestão de clientes. Depois disso, basta disparar a sua campanha para eles no momento e com o produto certo.

avaliacao-de-performance

Resultados esperados

Uma campanha bem feita, pode trazer entre 40 e 50% dos clientes para a loja. Em casos mais específicos, como uma segmentação de clientes com bebê em casa por exemplo, os resultados podem ser ainda melhores.

Avaliação de desempenho em resgate clientes inativos recentes

O que são clientes inativos recentes

Os clientes inativos recentes são aqueles que estão há 30 dias sem comprar na loja. Nesse momento é fundamental resgatar o cliente para que ele não fique mais tempo inativo e corra o risco de entrar para o grupo dos perdidos.

Além disso, é importante estar atento a essa questão, pois com o passar do tempo será mais difícil resgatar o consumidor.

Exemplos de campanhas para clientes inativos recentes

Uma campanha de resgate efetiva pode ser baseada nos hábitos de consumo. Ou seja, em ofertas de produtos que esse cliente costumava comprar quando frequentava sua loja. Uma ação como essa garante que você ofereça o produto certo para atraí-los para a loja.

mensurar-resultados

Resultados esperados

Trazer as pessoas exige um trabalho maior e também precisa de mais planejamento na sua realização. Esse tipo de campanha tende a trazer bons resultados, um resgate de 10 a 12% do grupo é considerado bom.

Avaliação de desempenho em campanhas segmentadas ou de nicho

O que é campanha segmentada ou de nicho

Uma campanha segmentada ou de nicho é aquela feita para um grupo específico de pessoas. Para criar um segmentação você precisa aplicar um filtro, alguns exemplos são: gênero, hábitos de consumo, localização, idade, entre outros.

Exemplos de campanhas segmentadas

Ações como essa são muito variadas e podem ser realizadas de acordo com as suas preferências, confira alguns exemplos:

  • Campanha segmentada por setor – clientes que compram produtos do setor de mercearia, padaria, pet, produtos de limpeza, entre outros;
  • Campanha segmentada de aniversariante – ação diária com os aniversariantes do dia para aproximar o relacionamento com os clientes;

indicadores-de-desempenho

  • Campanha segmentada por gênero – separar grupos por gênero (masculino ou feminino) para ações específicas, como dia da mulher, Outubro Rosa e dia do homem;
  • Campanha segmentada por hábitos de consumo – grupo de consumidores que costumam comprar determinados tipos de produto com frequência;
  • Campanha segmentada por idade – separar grupos por idade para ações específicas, como dia do idoso;

indicadores-de-performance

  • Campanha segmentada para melhores clientes – os melhores clientes da loja merecem ainda mais benefícios, você pode selecioná-los e enviar um desconto especial para eles, por exemplo;
  • Campanha segmentada grupo de clientes – identificar os clientes ativos, inativos e perdidos e trabalhar ações específicas para cada um deles;
  • Campanha segmentada de frequência de compra – disparar campanha no momento ideal para que o consumidor compre (início de mês, fim de semana) com base na frequência que ele costuma comprar.

analise-de-desempenho

Resultados esperados

Os resultados de campanhas segmentadas tendem a ser muito melhores do que ações genéricas, justamente por serem mais  específicas. Por exemplo, você não pode oferecer carne para um cliente vegetariano ou fraldas para um que não tem filhos.

Usar e abusar das segmentações certamente trarão muitos ganhos. Além disso, é muito importante mensurar os resultados para medir a efetividade e construir um planejamento de ações.

Para dizer que uma campanha segmentada apresentou bons resultados pelo menos 20% dos clientes devem comprar os produtos anunciados. Os resultados podem ser ainda melhores se a campanha for bem planejada. Dessa forma, podem chegar a 40% de clientes que fizeram compras na loja a partir dos itens anunciados.

Avaliação de desempenho em resgate clientes com risco de serem perdidos

O que são clientes inativos ou com risco de serem perdidos

Os clientes com risco de serem perdidos são aqueles que estão quase completando 90 dias sem comprar. Eles também são chamados de inativos. Por exemplo, comprou em julho, mas não comprou em agosto, setembro e ainda não comprou em outubro também.

O trabalho com esse tipo de cliente já é mais complicado por conta do tempo de inatividade, mas ainda dá tempo de não perdê-lo.

Exemplos de campanhas para clientes inativos

O princípio de resgate é o mesmo dos inativos recentes. Porém, nessa fase o seu contato precisa ser mais “agressivo”, seja com um produto mais específico ou um desconto maior. Uma segmentação por hábitos de consumo pode ser sua maior aliada no resgate desse cliente que já está a tanto tempo sem comprar.

É importante lembrar que você deve manter as ações recorrentes principalmente com os seus clientes ativos. E caso não seja suficiente, intensifique o contato quando ele estiver no status de inativo recente.

Quanto antes você contatar o cliente mais fácil será o seu trabalho para fazer com que ele volte a comprar com você.

sistema-de-avaliacao-de-desempenho

Resultados esperados

Resgatar clientes inativos é muito importante para a empresa e te dá uma segunda chance de fidelizar esses consumidores.

Campanhas para esse tipo de cliente devem trazer eles novamente para a sua loja e isso significa o sucesso delas. Uma campanha para clientes inativos considerada eficiente pode ter números que apresentam 6 a 8% de resgate em média.

Avaliação de desempenho no resgate de clientes perdidos

O que são clientes perdidos

Os clientes desse grupo, são aqueles que já estão há três meses sem comprar na sua loja. Se você já tinha tentado resgatar esse cliente enquanto ele estava inativo e nada funcionou, provavelmente aconteceu algo que te afastou dele. Ou pode ser que ele tenha se mudado e sua loja já não é mais conveniente para ele.

Exemplos de campanhas para clientes perdidos

O seu trabalho nesse tipo de resgate precisa ser focado no relacionamento. Tentar entender a razão dele deixar de comprar na sua loja pode ser um bom começo.

Depois, você pode convidá-lo a voltar com a oferta de algum desconto ou mesmo alguma promoção com base em seus hábitos de consumo.

Essas ações tendem a ser mais difíceis de obter grandes resultados, pois como falamos anteriormente, quanto mais tempo passar mais difícil fica o resgate.

Mas vale lembrar que é possível, pois se ele já fez alguma compra em sua loja significa que você o atraiu de alguma maneira.

Resultados esperados

Se o cliente chegou ao status de perdido a situação para resgatá-lo é um pouco mais complicada. Dificilmente você pode indicar um número de clientes que têm chances de voltar a comprar na sua loja.

O resultado que você deve esperar com esse tipo de campanha é a resposta do cliente. Se você enviou um e-mail, peça que ele entre em contato com você. Esse feedback pode ser importante para que você não deixe essa situação ocorrer com outros clientes.

Além disso, pode te dar uma última chance de fazer com que o cliente volte a comprar na sua loja.

O importante é entender o que aconteceu para que o cliente parasse de comprar. Se você conseguir essa resposta com a sua campanha, podemos dizer que foi uma campanha de sucesso.

Indicadores de desempenho que você precisa usar

A pesquisa Avaliação de Eficiência de Lojas do Varejo Supermercadista, feita pela Universidade Federal Fluminense, identificou uma falha com os indicadores comumente analisados neste setor.

Os números que são utilizados por quase todas as empresas são: faturamento, lucro líquido, faturamento por funcionário,faturamento por PDV, faturamento por m².  

Esses dados têm sim importância, mas a sua relevância só atinge questões como aumento de margem, definição de metas e benchmarking. O ideal é buscar indicadores que contribuam na hora da tomada de decisão com uma visão geral do negócio.

O estudo aponta que é preciso combinar diversas variáveis do processo de vendas e realizar uma avaliação conjunta. Dessa forma é possível apontar as lojas eficientes e também as ineficientes, além do que deve ser feito para torná-las eficientes.

Quais os melhores indicadores para analisar no supermercado

A pesquisa sugere a análise de alguns indicadores de desempenho que podem ser mais significativos para o setor supermercadista, confira:

  • Quantos clientes frequentam a minha loja?
  • Minha loja consegue atrair muitos clientes, mas não consigo convencê-los a concentrarem suas compras aqui?
  • Minha loja não é adequada à clientela do entorno?
  • Tenho muitos funcionários para manter a loja que é frequentada por poucos clientes?
  • Mantenho uma área de vendas muito grande, aumentando meu estoque de exposição e custos de reposição para uma pequena clientela?
  • Tenho poucos funcionários para a quantidade de clientes que atendo, não conseguindo satisfazê-los?

Escolher esses dados para fazer a avaliação de desempenho pode até parecer óbvio quando se pensa com calma. No entanto, para algumas empresas há muita dificuldade na obtenção desses dados. Uma das melhores opções para isso, é ter um software de gestão de clientes que possa te auxiliar a encontrar essas respostas.

Faça demonstração do software de gestão de clientes e saiba como a Mercafácil pode te ajudar nisso, além de trazer outros benefícios.

Lembre-se que o mercado passa por constantes mudanças, seja por razões sazonais, dos clientes ou até mesmo de concorrência. Nesse cenário, fazer uma avaliação de desempenho constante é a sua melhor chance de manter e também aumentar os resultados da sua empresa.

Também é muito importante escolher os indicadores certos para analisar, para que o seu trabalha valha a pena. Todos esses dados devem trabalhar para você, para facilitar sua gestão e a tomada de decisão.

Antes de iniciar a avaliação de desempenho na prática, entenda como a gestão de indicadores de desempenho pode aumentar suas vendas. Além disso, continue a aprofundar seu conhecimento sobre o assunto com nosso ebook: Guia de mensuração de dados para seu negócio.

Trabalhar a prevenção de perdas em supermercados é uma tarefa bem conhecida pelos supermercadistas.

Em setembro, a Associação Brasileira de Prevenção de Perdas (Abrappe) divulgou uma pesquisa sobre prevenção de perdas no varejo. Nela, foi identificado que os supermercados são o setor do varejo mais afetado por essa situação.

O setor aparece disparado na liderança e bem acima da média nacional, que é de 1,29%. O índice médio identificado nos supermercados foi de 1,94% de perdas em relação ao que faturam.

O problema das perdas já é bastante reconhecido, mas um tipo que talvez não esteja no seu foco ainda é a perda de clientes. No ano passado ela fez com que as empresas brasileiras perdessem muito dinheiro.

Confira no post hoje a importância de colocar a prevenção de perda de clientes no seu plano de prevenção de perdas junto com as demais perdas da sua loja.

Impacto da perda de clientes

De acordo com a pesquisa Global Consumer Pulse, feita pela Accenture Strategy em 2017, as empresa brasileiras perderam 401 bilhões de reais. As principais razões para isso, foram a falta de ofertas personalizadas e o mal atendimento.

Esse tipo de dado credencia a perda de clientes como um fator de grande relevância para as perdas de uma empresa.

Por esse e outros fatores vale a pena você começar a prestar atenção na perda de clientes do seu supermercado.

Por que é importante incluir a perda de clientes no plano de prevenção de perdas em supermercados

O principal fator na relação entre a perda de clientes e os supermercados é a queda de faturamento. Isso porque se você perde clientes, consequentemente vende menos e como resultado tem um faturamento mais baixo. E, as consequências da queda de faturamento nem é preciso comentar, não é mesmo?

Para piorar a situação, práticas de atração geralmente custam mais para serem aplicadas. Essa situação já é conhecida há muito tempo, mas nem sempre é valorizada como deveria. No livro Princípios do Marketing de 1999, Philip Kotler disse que “Conquistar novos clientes custa entre 5 a 7 vezes mais do que manter os já existentes”.

Uma campanha para estimular os clientes a se manterem ativos pode ser feita com o envio de SMS, por exemplo, que tem um custo bem baixo, como nesse exemplo. Já uma estratégia de atração, como distribuição de encartes tem um custo superior e sua efetividade nem sempre é certa.

Tenha em mente que as práticas de retenção e fidelização precisam ser constantes em sua loja. Primeiro para economizar e depois para não perder dinheiro, quando os clientes deixarem de comprar.

Enquanto perdas com furtos, vencimento ou manipulação inadequada de produtos, entre outros fatores, são dificilmente controlados, a perda de clientes é algo que você pode ter controle. Práticas como a retenção e a fidelização certamente contribuirão para evitar a perda de clientes.

Como criar um plano de prevenção de perdas eficiente

Na pesquisa da Abrappe foram identificados como principais causas de perdas os furtos (internos e externos), erros de inventário e administrativos, além de quebras operacionais.

Sobre esse último, elas podem ser em: vencimento de produtos, itens danificados por clientes, manuseio incorreto dos funcionários ou deterioração/perecibilidade.  

O presidente da Abrappe listou 10 dicas para criar um programa de prevenção de perdas, confira:

  • Estar ciente sobre todas as áreas da empresa;
  • Conhecer os tipos de perdas e os seus motivos;
  • Engajar todos da empresa com o projeto;
  • Identificar pontos de risco;
  • Buscar boas práticas sobre o assunto;
  • Investir em tecnologia;
  • Tornar a prevenção de perdas um processo constante;
  • Treinar os funcionários;
  • Analisar indicadores de performance;
  • Fazer um balanço do programa constantemente.

Essas dicas certamente serão muito eficientes para te ajudar com as perdas que tradicionalmente os supermercados já lidam.

Porém, não se esqueça da perda de clientes, que como falamos anteriormente é responsável por uma perda considerável de receita.

perda-de-clientes

Como prevenir perda de clientes

A situação é complicada, mas pode ficar tranquilo que já existem práticas para conter esse tipo de perda. Uma das melhores opções é fazer gestão de clientes.

Essa estratégia irá atuar como uma forma de você controlar e tentar evitar a perda de consumidores da sua loja. Além disso, trabalha a aproximação do relacionamento com os clientes e, como consequência, o aumento de faturamento.

Os resultados obtidos com essa prática são muito bons, devido ao foco no cliente.  Principalmente por identificar suas necessidades, desejos e oferecer o que ele quer quando precisa.

Para te ajudar ainda mais nessa questão, existem os softwares de gestão de clientes. Com eles você pode criar campanhas, segmentar clientes, entre outras funções que podem te ajudar a melhorar os seus resultados.

Se você conseguir aplicar um bom plano de prevenção de perdas e começar a fazer a gestão de clientes, certamente o seu supermercado vai evitar muitas perdas, inclusive de dinheiro.

A prevenção de perdas em supermercados já é muito comum e você já deve ter experiências com isso. Agora, está na hora de você prevenir a perda de clientes e para isso precisa trabalhar a retenção. Aproveite para baixar nosso ebook gratuito sobre retenção de clientes no varejo e comece essa prática o mais rápido possível na sua loja.

Trabalhar o relacionamento com o cliente é uma tarefa que depende da empresa como um todo. Primeiramente pelos atendentes de caixa que fazem o contato direto com os clientes até o dono da empresa que precisa estar engajado e disposto a investir em ferramentas que contribuam nesse processo.

Para auxiliar no marketing de relacionamento algumas empresas optam por utilizar um software de gestão de clientes para tornar a experiência de compra do cliente mais satisfatória e aproximar o relacionamento com os compradores.

Se o objetivo da empresa é entregar uma melhor experiência de compra, é preciso que se conheça cada consumidor. Você deve entender como ele consome os produtos da sua loja, com que frequência ele compra e o que está propenso a incluir no carrinho. Nesse sentido, uma plataforma como a Mercafácil pode ser o caminho para o seu negócio.

Para começar uma gestão de relacionamento com o cliente efetiva o ideal é criar ofertas personalizadas para os clientes baseadas em segmentações como hábitos de consumo e interesses de compra.

Desta forma sua comunicação vai se tornar mais assertiva e tende a aproximar cada vez mais o consumidor. Confira na prática como um de nossos clientes utilizou a plataforma de gestão de clientes para trabalhar o relacionamento e ainda elevar o faturamento da loja:

Marketing de relacionamento com o cliente | Estudo de caso do Supermercado Pais e Filhos

O Supermercado Pais e Filhos utilizou a ferramenta de segmentação para trabalhar produtos de nichos e assim estreitar o relacionamento com os clientes.

Para isso, selecionaram em sua base aqueles clientes que haviam comprado ração para seus pets nos últimos 3 meses. Nessa análise 775 clientes foram identificados.

Criaram então uma promoção especial com rações de diversas marcas e também um encarte virtual com os produtos. Além disso, para divulgar essas ofertas, o supermercado enviou o link desse encarte via SMS para os clientes listados anteriormente com a mensagem abaixo:

ADRIANA, para você que ama seu PET, Ofertas exclusivas CLUBE DE DESCONTOS do Pais e Filhos! Acesse o link https://bit.ly/2zggK10 e confira.

Estas ofertas não foram divulgadas na loja e nem em outros meios de comunicação. Foram enviadas especialmente para os clientes cadastrados na loja via campanha de SMS.

RESULTADO CESTA DE COMPRAS

524 clientes receberam o SMS
Destes, 222 compraram ( 42,37%)
Cupons gerados: 287
Ticket médio dos cupons gerados: R$ 80,87
Impacto total de faturamento: R$ 23.209,99

RESULTADO PRODUTOS DO SMS

Dos 222 clientes que compraram na loja, 40 clientes compraram os produtos anunciados no encarte enviado por SMS
Cupons gerados: 56
Ticket médio dos cupons gerados foi de: R$ 91,70
Impacto segmentado de faturamento: R$ 5.135,20
Para cada R$ 1 investido no disparo desta campanha retornou R$ 875,84 de faturamento.


O Supermercado Pais e Filhos escolheu realizar a ação para esse segmento. Você pode escolher a segmentação que preferir para fazer a sua gestão de relacionamento com o cliente e colher bons resultados como esse, do Supermercado Boniatti.

Quer melhorar o relacionamento com o cliente na sua loja também? Agende um bate-papo gratuito com um de nossos consultores e descubra que ações você pode criar para melhorar seus resultados.

melhorar-relacionamento-com-o-cliente