Gestão

Gamificação no varejo: o que é e quais são as vantagens?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Estar informado sobre as novas tendências é um bom insumo para ter mais engajamento com os seus funcionários e, consequentemente, mais vendas. A gamificação é uma dessas tendências.

Afinal, ela consegue fazer com que suas equipes aprendam com mais facilidade, além de despertar a motivação, fazendo com que todos trabalhem bem e tenham resultados cada vez melhores. Por fim, todos ganham.

Quer descobrir como fazer isso? Neste artigo, explicamos como a gamificação pode ser vantajosa para o seu varejo. Confira.

O que é gamificação

Primeiro, é importante entender o conceito de gamificação. Como o nome diz, é o processo de transformar algo em game, isto é, em um jogo. E a exemplo de todo jogo, ele precisa de regras, personagens, pontuações, ranking, prêmios, medalhas, etc.

Outras tecnologias, como aplicativos móveis, também podem ser usadas para deixar o processo ainda mais interessante. Seja como for, o objetivo principal da gamificação é fazer com que atividades rotineiras tornem-se divertidas, fazendo com que todos os envolvidos se sintam motivados a executá-las.

Como a gamificação pode ajudar as equipes no varejo

Agora começa a ficar mais fácil entender como a gamificação pode ser usada no crescimento de uma empresa. Afinal, imagine uma equipe que está entediada com as tarefas de rotina e as realiza sem nenhum contentamento.

A gamificação não apenas ajuda os membros da sua empresa a verem o trabalho de forma mais divertida como também a perceber que os resultados são benéficos a eles e ao negócio como um todo.

Isso é visto de forma mais clara no time de vendas, que, por si só, possui um perfil competitivo e acaba vendo na gamificação um estímulo a mais para ser o vencedor do jogo, aquele que tem melhor pontuação e está apto a ganhar o maior bônus do mês.

Quais são as vantagens da gamificação para o varejo

Você deve estar se perguntando como a gamificação pode lhe ajudar no varejo, certo?

Bom, em primeiro lugar, ela melhora a experiência do seu funcionário que está sob sua gestão. Afinal, trabalhar no varejo pode ser estressante. Se o membro da sua empresa conseguir enxergar as metas de forma clara, além de ver o trabalho sob uma visão divertida, objetivando conquistar as recompensas, ele vai se esforçar para ser o primeiro do ranking na sua empresa.

Além disso, os jogos têm a capacidade de envolver os jogadores, o que significa que sua equipe tende a ficar mais unida, com um espírito de colaboração muito maior entre os funcionários para alcançar metas e objetivos. Portanto, aplicar isso em um ambiente corporativo pode ser o caminho ideal para aumentar a produtividade.

Como aplicar a gamificação

Para começar um processo de gamificação do trabalho das suas equipes, a primeira coisa a ser feita é encontrar os problemas que precisam de solução e as metas que precisam ser alcançadas, pois esses serão os desafios e objetivos do jogo.

Em seguida, estabelecer as regras, os critérios de pontuação e os rankings. Uma opção também é a criação de personagens que serão representados pelos seus colaboradores, com nomes especiais, por exemplo.

O mais importante aqui é usar a criatividade na elaboração do jogo e procurar alguma plataforma para computar o andamento, atualizar o ranking e atualizar os participantes. Pode ser uma planilha online, um quadro no local de trabalho ou mesmo alguma ferramenta pronta, como sites de times em que você atualiza as partidas e pontuações. Também não se esqueça de escolher alguma premiação para a pessoa ou equipe vencedora. Certificados também são bem-vindos.

Está pronto para aplicar a gamificação na sua empresa? Já fez algum tipo de atividade assim? Então, deixe um comentário e conte como foi a experiência!

Estrategista de Conteúdo e Marketing Digital na Mercafácil. Graduada em Comunicação Social, se especializou em Negócios Digitais pela Universidade Positivo e começou seus estudos autônomos em Neuromarketing.

Write A Comment