Relacionamento

Consumidor 4.0 | Tendências e oportunidades

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O consumidor 4.0 pode ser tratado como uma consequência das diversas transformações sociais e do mercado.

As pessoas, as necessidades, os hábitos, a forma de realizar vendas, os formatos de loja, entre outras questões não são as mesmas de 20 anos atrás.

Ao pensar nisso, parece bastante natural que ocorram mudanças e adaptações na forma como as empresas atuam no mercado.

Inovações, tecnologias e novas metodologias são apenas a ponta do iceberg quando se fala em novidades no varejo.
Acompanhe esse post para entender como tudo isso impactou quem mais importa, os consumidores.

O que é consumidor 4.0?

Se hoje falamos sobre o consumidor 4.0 significa que ele já passou pelos estágios de 1.0, 2.0 e 3.0. Para entender essa situação é preciso compreender que essas não são questões diferentes, mas sim evoluções.

Tratar sobre esse assunto não diz respeito apenas a forma como as marcas veem os consumidores. Aliado a isso, a maneira como os próprios clientes se entendem também precisa ser levada em consideração.

Se você juntar todas as peças desses acontecimentos sem dúvidas chega a conclusão de que não se vende e nem se compra como alguns anos atrás.

Os consumidores não querem apenas produtos, opções ou ser representados por uma marca. É claro que tudo isso ainda é fundamental, mas o que difere o consumidor 4.0 dos outros é a relação dele com a tecnologia.

Como uma consequência disso o trabalho de transformação digital das empresas tem se intensificado cada vez mais. Tudo isso para atender o público de uma maneira eficiente e proporcionar uma boa experiência de compra.

Esse que é outro assunto que precisa estar entre as suas principais preocupações para lidar com os consumidores dos dias atuais.

Atender esse cliente é um desafio, mas certamente é totalmente possível já que existem cada vez mais soluções pensadas com foco nele.

O que não pode faltar para a sua loja é atenção ao movimento do mercado e, claro, dos próprios consumidores.

Se tudo tem mudado tão rapidamente quem sabe quando acontecerá uma nova era de transformação no mercado?

Empresas que desejam obter sucesso precisam ter a capacidade de se adaptar constantemente. Seja em relação a novas metodologias, tecnologias ou para entender as necessidades dos clientes.

Colocar o consumidor no centro da sua estratégia não é mais apenas uma opção, mas sim uma questão de sobrevivência.

O que o consumidor 4.0 busca?

Como já falamos ele está diretamente ligado à tecnologia e isso quer dizer que você também precisa estar.

A onda das lojas virtuais trouxe a tona situações que incomodavam os clientes de lojas físicas. Porém, para resolver essas questões não existiam opções ou apenas mudar de loja não era o suficiente.

Seguramente comprar o que deseja sem precisar sair de casa é uma situação que traz diversos benefícios. Isso sem falar da questão dos preços que por certo tempo foi o maior trunfo do e-commerces.

Foi a junção dessas experiências de compra que moldaram o consumidor como vemos hoje. Comodidade, liberdade, variedade, entre outras questões nunca foram tão presentes no mercado como atualmente.

Não se trata apenas de consumidores, mas sim de pessoas. São elas que mudaram a forma como fazem suas atividades diárias, os hábitos e consequentemente a forma como consomem.

Então, para atingir esse público você precisa ir até eles de alguma forma. Na prática isso significa aumentar seus pontos de contato e de venda para melhor atender os clientes.

Foi assim que o varejo omnichannel ganhou e ainda ganha força no mercado. Certamente em breve adotar uma estratégia multicanal será comum para várias lojas.

Qual a razão disso? O comportamento do consumidor 4.0 mostra que essa é uma questão de extrema importância para atendê-los de maneira satisfatória.

Atender essas necessidades é que vai gerar uma melhor experiência de compra, mais vendas e promover a fidelização desses clientes.

Como atender o consumidor 4.0?

Antes de tomar qualquer tipo de ação você precisa ter em mente que precisa encontrar maneiras de conhecer os seus clientes.

Criar uma base de dados por meio de cadastros em um programa de fidelização é uma ótima opção. Essas informações já serão úteis para você entender quem são os consumidores da sua loja.

É importante que esse cadastro seja feito de maneira completa e com informações que sejam úteis para a criação das suas táticas e ações.

Essa captação de dados servirá como uma fonte de pesquisa para a sua loja. Você pode identificar a faixa etária principal dos seus clientes, por exemplo.

Após isso, pode buscar quais canais de comunicação eles costumam utilizar e criar ações nesses meios.

Uso de redes sociais

Os canais digitais como os sites e as redes sociais são quase que indispensáveis para atender esses consumidores.

É importante dizer que apostar apenas em ações de venda nesses meios pode não ser a melhor estratégia.

Afinal, em primeiro lugar os usuários das redes sociais estão ali para fins de entretenimento e relacionamento com os amigos. Tudo que ele não quer é ter esse momento invadido por uma série de publicações de vendas.

Isso não significa que você não vai publicar sobre ofertas da sua loja, mas é preciso mais. Postagens com conteúdo relevante podem chamar mais a atenção dos cliente e consequentemente gerar vendas para você.

Muitas empresas já estão nas redes sociais e o que você precisa fazer é criar táticas para não ser apenas mais uma.

Outra questão importante em relação ao uso de redes sociais é aproximar o relacionamento com os clientes. Um dos principais fatores é ele poder entrar em contato com você de uma maneira mais próxima e rápida.

Além disso, existem as opiniões dos consumidores que podem ser expostas para todo o público. Essa situação pode ser boa ou ruim, depende de como está a operação da sua loja.

Caso a experiência de compra seja positiva certamente o consumidor irá te recomendar. Porém, se a experiência for ruim ele não vai deixar passar.

Mais do que nunca o cliente tem voz para expressar suas opiniões e também acesso a informações e opiniões de diversos estabelecimentos.

Perceba que aqui a relação entre a loja física e a estratégia digital se ligam e se tornam uma só. Devido a isso, é muito importante que a você proporcione uma boa experiência durante todo o processo de compra.

Invista em melhorar a experiência de compra

Esse é um tema que já apareceu várias vezes ao longo do texto e isso só reforça o quanto esse trabalho é importante e pode fazer a diferença.

Melhorar a experiência de compra está ligada a uma série de fatores, desde os mais básicos como treinamento de equipe até o investimento em ferramentas tecnológicas.

Além disso, é importante lembrar que essa experiência compreende todo o processo de compra. Então os canais de comunicação e sua relação com os clientes também é uma questão relevante.

Muitos pensam que para mudar essa situação será necessário um investimento alto. Porém, na prática não é assim que funciona.

Existem formas de melhorar a experiência de compra sem nem mesmo gastar, porém os impactos não serão os mesmo.

Atualmente já existem soluções inovadoras acessíveis para o varejo, que geram um ganho muito maior do que o investimento feito.

É claro que todo investimento precisa ser pensado de acordo com a sua realidade, mas certamente existem meios viáveis para sua loja.

Você pode conferir algumas opções em nosso post “4 ideias inovadoras para supermercados”.

O mais importante é encontrar formas que realmente sejam relevantes para os consumidores. Ações que não forem pensadas com foco no cliente tendem a não atingir os resultados esperados.

Para iniciar esse trabalho uma boa opção é investir na Gestão do Comportamento do Consumo. Já que entender os clientes é um ótimo primeiro passo para encontrar várias maneiras de melhorar o processo de compra.

Trabalhe o relacionamento com o cliente

O consumidor tem muitas opções para comprar e sabe disso. Principalmente no segmento varejista que as opções são amplas.

Em muitos casos o mix de produtos não muda em grande escala, por isso encontrar outros diferenciais é fundamental.

Construir um relacionamento mais próximo com quem compra na sua loja pode ser um bom caminho.

Você pode promover ações no seu ponto de venda com esse foco maior em relacionamento. Ou então apostar em conteúdos nas redes sociais. Outra opção é apoiar e participar de eventos que acontecem na sua cidade.

Essas estratégias de marketing de relacionamento certamente podem contribuir de maneira indireta nas suas vendas.

O consumidor 4.0 busca essa relação com as empresas e as que souberem aproveitar essa situação seguramente vão atingir os seus objetivos.

Comece com medidas simples e evolua suas ações com o passar do tempo, o importante é não ficar parado.

Confira nosso post sobre o consumidor multicanal para entender maneiras de começar a atuar imediatamente no seu supermercado!

Responsável pela produção de conteúdo na Mercafácil.

Write A Comment