Gestão

Big Data no varejo: tire suas principais dúvidas sobre o assunto!

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Você já deve ter ouvido falar de Big Data, mas sabe como a tecnologia pode ajudar a sua empresa? Entender esse conceito e aprender a utilizá-lo de forma inteligente dentro do negócio é a fórmula para ter uma empresa competitiva e consolidada.

Que tal então aprender mais sobre Big Data no varejo? Neste artigo, vamos responder às principais dúvidas sobre o assunto:

O que é Big Data?

Não é à toa que Big Data é um dos termos mais falados no mundo corporativo nos últimos anos. O conceito se refere ao grande volume de dados gerados e armazenados diariamente por todas as empresas no mercado — uma moeda com valor crescente para empresários e diretores executivos.

Com a ajuda de softwares e sistemas automatizados, é possível aproveitar todo o potencial do Big Data para entender melhor seu negócio, seu público e tomar decisões estratégicas para um crescimento mais significativo em relação à concorrência.

Como eu tiro proveito de Big Data no varejo?

Fazer uso de Big Data no seu negócio é principalmente uma questão de entender melhor o mercado em que você está inserido e usar esse novo conhecimento para reposicionar e consolidar a sua empresa.

Big Data, em primeiro lugar, é uma fonte e uma ferramenta de Business Intelligence. Com um grande volume de informações sobre compras, é possível entender melhor o consumidor, analisar seu carrinho de compras, onde ele mora, com que frequência vai ao estabelecimento. Do lado operacional, o negócio ganha em informações detalhadas e segmentadas sobre vendas para aprimorar seu leque de produtos.

A vantagem competitiva de um supermercado, por exemplo, está em ter tudo o que o cliente precisa. Entender quais são suas prioridades é uma forma de aumentar essa satisfação e fidelização sem precisar de investimentos em grande porte.

Que tipo de visão o Big Data pode trazer para o meu negócio?

A dúvida que fica para quem está aprendendo sobre o assunto é como exatamente o Big Data contribui para transformar informação em oportunidade. Veja as principais áreas onde a tecnologia se torna uma aliada importante estrategicamente:

Visão de mercado

Acima de tudo, Big Data é um mapa muito detalhado sobre o seu negócio, público e até algumas dicas para o futuro. Por um lado, é possível entender melhor seu negócio para gerenciar estoques, contratos com fornecedores e toda a logística do negócio para encontrar oportunidades de economia.

Por outro, softwares de inteligência segmentam e geram benchmarks sobre seu desempenho, incluindo produtos mais procurados e dias da semana mais movimentados para maximizar promoções e vantagens nesse ambiente competitivo.

Maior faturamento

Usando essas informações internamente, o Big Data pode ser a fonte de dados sobre o seu público e, assim, a base de uma nova estratégia para aumentar seu faturamento. Um grande exemplo disso é a segmentação de clientes por interesses, indicativos obtidos da análise desses dados. Com essas informações em mãos, fica mais fácil criar ações direcionadas para que o cliente receba promoções de produtos que ele gosta — aumentando as chances de fidelização e aumento do tíquete médio.

Relação com os consumidores

A visão externa do Big Data pode ser também o insight que sua empresa precisa para entender e atender melhor a esse público. Quem são os clientes com maior potencial de engajamento e fidelização? Onde eles moram, quais são seus hábitos? Como consome a sua marca?

Esse tipo de questionamento, que muitas vezes é respondido parcialmente com pesquisas e entrevistas, agora pode se tornar uma informação corriqueira na sua estratégia quando apoiada por softwares de análise e interpretação.

E essa é a principal vantagem da Big Data no varejo: eliminar variáveis e facilitar a pesquisa por oportunidades de mercado. É uma forma de entender melhor seu público e não tratar todos os consumidores como se fossem iguais, oferecendo ofertas variadas para públicos diferentes. Por fim, é acabar para sempre com os planos de negócio baseados em chutes e com validação muito lenta.

Se é isso que você precisa para sua empresa, então é hora de correr atrás de mais informações sobre o assunto.

E para começar, que tal assinar a nossa newsletter? Você vai receber artigos e novidades sobre o uso de Big Data e Business Intelligence diretamente no seu e-mail!

Estrategista de Conteúdo e Marketing Digital na Mercafácil. Graduada em Comunicação Social, se especializou em Negócios Digitais pela Universidade Positivo e começou seus estudos autônomos em Neuromarketing.

Write A Comment