Author

Ramon Maia

Browsing

Estar sempre atento às tendências de consumo sem dúvidas é um ponto importante para qualquer tipo de empresa que deseja ter bons resultados.

Isso exige estudo de mercado, realização de pesquisas, benchmarking e até mesmo realização de cursos ainda mais especializados.

Realizar esse tipo de trabalho atualmente é um pouco mais simples do que há alguns anos, já que o uso de dados é cada vez mais frequente em diversos segmentos.

Devido a isso, analisar comportamentos e identificar tendências têm sido algo cada vez mais relevante.

Entenda como você pode manter o seu supermercado competitivo e também formas de se preparar para as próximas tendências de consumo.

Importância de analisar as tendências de consumo

Chega a ser repetitivo dizer que o varejo mudou e que os consumidores também não são mais os mesmos.

As motivações, os hábitos, a frequência e as necessidades dos clientes mudaram e mudam constantemente, isso é fato.

O desafio das lojas é se adaptar o mais rápido possível e entregar a melhor experiência de compra possível.

Sem dúvida nenhuma não apenas um ambiente agradável ou boas estratégias de comunicação, mas também um bom mix de produtos pode ser importante para os clientes comprarem de você.

Quando falamos em bom mix, não é apenas na qualidade dos produtos, mas também em possuir os itens que os seus clientes realmente querem e precisam.

Por esse motivo, estar atento às tendências do mercado pode ser um diferencial relevante para a sua loja.

Certamente se ele for até a sua loja e encontrar tudo que precisa pode voltar a comprar de você. Vale reforçar que aliado à isso, é importante entregar uma boa experiência de consumo no seu estabelecimento.

A junção desses dois fatores seguramente podem impactar positivamente nos resultados do seu negócio.

Para as duas situações é bem complicado não levar em conta as necessidades dos consumidores e estudar o mercado.

Você deseja sempre desenvolver a sua empresa, não é mesmo? Então, para isso terá que estudar o mercado, implementar soluções e colocar estratégias em prática constantemente.

Lembre-se que pensar suas ações com foco no cliente é de fundamental importância para atingir as suas metas. Já que entender o consumidor e os hábitos de compra dele podem tornar a sua tomada de decisão mais assertiva e consequentemente melhorar os resultados.

Tendências de consumo para supermercados

O consumidor mudou. Com isso, suas necessidades foram afetadas e o que buscam também.

Para atender os desejos e necessidades dos clientes é preciso entender o mercado e suas tendências. Por isso, vamos te contar algumas das categorias e produtos que você pode investir.

O mercado de alimentos saudáveis é uma das grandes oportunidades. Dados da Nielsen de 2018, afirmam que as vendas desses produtos aumentaram em 12,7%.

Aliado a isso, os hábitos dos brasileiros têm seguido um caminho semelhante. Um estudo também da Nielsen mostrou que mais da metade dos brasileiros diminuíram o consumo de gordura e sal.

O Brasil é um dos principais países do mundo quando se fala sobre o consumo desse tipo de produto. No mercado de alimentos saudáveis o Brasil é o 4º no mundo, com uma movimentação de US$35 bilhões de dólares, segundo o Euromonitor.

Investir em um mix variado nesse departamento certamente pode impulsionar as vendas da sua loja.

Outra boa aposta para o setor é investir em alimentos prontos para consumo. Uma pesquisa realizada por uma consultoria americana identificou essa como uma das grandes tendências para o setor.

Grandes redes já tem colocado isso em prática com frutas cortadas para consumo e também refeições prontas para consumo.

Além desses, redes de fora do país como o Hema Supermarket da China já disponibilizam restaurantes dentro da loja, nos quais os clientes podem comprar os produtos e consumi-los ali mesmo.

De acordo com a Nielsen, algumas categorias também merecem a atenção dos supermercadistas.

Entre as principais estão alimentos congelados, cafés em cápsula, leite fermentado e chocolates. E o melhor é que esses produtos têm crescido tanto em volume quanto em valor.

Sem dúvidas vale a pena analisar suas vendas desses itens e trabalhar em conjunto a gestão de categorias e de clientes.

Aproveite tendências de consumo para impulsionar seus resultados

Como falamos no tópico anterior o consumo de alimentos no Brasil é grande e tende a crescer ainda mais.

É claro que isso não é uma regra e nem uma afirmação de qual caminho o mercado irá seguir. Por isso, é importante entender se investir nesse segmento vale a pena na sua sua loja.

Se hoje você já possui um mix de itens saudáveis pode analisar as vendas desses produtos. Essa análise certamente pode dar uma visão mais precisa se o investimento nessa categoria vale ou não a pena para você.

Caso ainda não trabalhe com esse tipo de produto, uma opção é iniciar com alguns produtos e acompanhar de perto como será o consumo por parte dos seus clientes.

Se você observar que a ideia funcionou pode investir ainda mais e consequentemente melhorar seus resultados.

Esse trabalho certamente pode ser mais fácil se você já conta com uma plataforma de gestão de clientes. Além disso, usar essa tecnologia pode contribuir para criar ações mais efetivas para esse público de itens saudáveis.

Entender os consumidores pode ser a chave para o sucesso

Outro ponto que tem relação com o consumo de produtos mais frescos e naturais é o crescimento do número de vegetarianos e veganos no Brasil.

Os dados sobre a população vegana no país ainda não claros, mas a verdade é que a produção de produtos veganos tem crescido.

De acordo com a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), a certificação de produtos veganos, com o “selo vegano”, passou de 400 para mais de mil produtos em 2018.

Além disso, em 2018 o IBOPE realizou um estudo e identificou que 14% da população brasileira é vegetariana. Em 2012, o número era de apenas 8%.

Esse público pode ser uma grande oportunidade para o seu supermercado. E não falamos apenas de venda de produtos, mas também de estratégias de retenção e fidelização.

A preocupação com o meio ambiente desse grupo geralmente é grande e uma estratégia de comunicação digital com SMS, E-mail ou encarte digital é um bom argumento em um posicionamento mais ecológico para sua loja.

E quando se fala de ter um direcionamento de ações, não restam dúvidas quanto a importância de saber quem são esses consumidores.

Certamente um software de gestão de clientes pode te ajudar a compreender quem são esses consumidores e gerar campanhas mais efetivas a partir do comportamento de consumo.

Você sabe quem são esses clientes no seu supermercado? Se não sabe, pode ser uma ótima oportunidade que você não tem aproveitado. Para melhorar ainda mais seus resultados e acompanhar tendências do mercado separamos um post especial.

Confira nossa publicação sobre Supermercado 4.0 e descubra tendências e oportunidades para a sua loja.

O marketing digital para supermercados é uma estratégia que tem ganhado força no mercado nos últimos anos.

Muito disso se deve pelo fato do crescimento absurdo que esse tipo de marketing teve, especialmente na última década.

Pouco a pouco diversos segmentos adotaram práticas digitais nas estratégias de marketing e hoje é fundamental para todo tipo de negócio.

Ainda não adotou essa prática no seu supermercado? Acompanhe o post de hoje para descobrir como fazer e os benefícios que pode trazer para a sua loja. 

Por que fazer marketing digital para supermercados?

Como já comentamos, as estratégias digitais tiveram um grande crescimentos para vários tipos de lojas. Mais do que simples estratégias, até mesmo as lojas se tornaram digitais ao longo dos anos.

Essas mudanças atingiram vários níveis sociais e hoje muito do que fazemos tem alguma influência tecnológica.

As transformações não ficaram apenas para as tecnologias, mas também para as pessoas, a forma como vivem, se relacionam e, claro, como consomem.

Esse fato nos leva ao ponto principal do porque investir em marketing digital para supermercados, estar onde os consumidores estão.

É como diz aquela famosa frase, “Quem não é visto, não é lembrado”. E os clientes só poderão ver você se você estiver no lugar certo.

Em 2018 o We are Social e o Hootsuite divulgaram uma pesquisa chamada “Digital in 2018: The Americas”. 

De acordo com o estudo, 62% dos brasileiros possuem perfis ativos nas redes sociais. Além disso, trouxe uma informação que pode ser muito importante para a sua loja. Foi identificado que 58% dos consumidores brasileiros já realizou a busca de um serviço ou produto pela internet.

Confira quais são as redes sociais mais acessadas no Brasi:

1º Youtube;

2º Facebook;

3° WhatsApp

4° Facebook Messenger

5º Instagram. 

E as redes sociais também não são o seu único caminho para gerar mais vendas no seu supermercado. A pesquisa registrou que a população brasileira passa 9h14 por dia utilizando algum serviço na internet.

Bastante tempo para você impactá-lo de alguma forma não é mesmo?

Essas são apenas algumas das razões para que você invista no marketing digital para supermercados. 

Cabe a cada loja pode adotar a estratégia que preferir, mas certamente ter presença digital pode impulsionar seus resultados.

Benefícios de adotar estratégias de marketing digital

Mais do que apenas pelo alcance, o marketing digital também traz outros pontos positivos para a comunicação da sua loja.

Um dos principais princípios de estratégias digitais é a mensuração de resultados. Ela inclusive exige isso de quem as coloca em prática, pois só assim pode atingir os resultados esperados.

Grande parte do que é feito online fornece relatórios com as informações do que foi realizado. Esses dados podem fazer com que você melhore as ações criadas e também tire lições para futuras campanhas.

Essa é também é uma das diferenças dessas táticas quando comparadas com as estratégias mais tradicionais de comunicação.

O custo é outro fator que joga a favor do marketing digital, já que ele pode ser feito com um investimento baixo. Sobretudo, em relação aos encartes, carros de som e comercial televisivo, por exemplo, o gasto é bem inferior.

O investimento começa a aumentar quando a sua estratégia parte para a criação de anúncios de mídia paga. Esses que podem ser mais segmentados e gerar resultados melhores para sua loja.

Aproximar o relacionamento com os consumidores também é uma das vantagens de adotar estratégias digitais. 

Esse contato mais direto com os clientes certamente pode contribuir para a sua tática de retenção e fidelização. Para isso, é importante que você crie conteúdos que tenham foco nessas questões também. 

Como fazer marketing digital para supermercados

Adotar esse tipo de marketing possibilita que o seu supermercado utilize vários canais para se comunicar com os clientes.

Além disso, também pode fazer com que você trabalhe simultaneamente táticas de retenção, fidelização e atração.

Como falamos no início, as redes sociais são um ótimo caminho para você trabalhar, já que elas alcançam uma boa parte do público. 

Nos últimos anos, muitas empresas começaram a utilizá-las e seguramente elas também podem ser úteis para você.

Os conteúdos podem ser variados, desde encartes digitais até dicas de receitas, por exemplo.

É bem importante encontrar um equilíbrio entre publicações com foco em vendas e de relacionamento. Isso é fundamental para ter bons resultados, já que só focar nas vendas podem fazer com que os consumidores parem de seguir você.

As redes sociais também permitem a criação de segmentações e impulsionamento de campanhas que podem trazer resultados ainda melhores.

Produzir conteúdo de qualidade também pode gerar vendas para a sua loja. Isso vale para as redes sociais, mas pode ter outros caminhos.

A criação de um blog é um bom exemplo. Você pode produzir conteúdo relacionado com os supermercados e a relação que os clientes têm com ele.

A publicação de receitas, dicas de alimentação e cuidados com a casa, podem ser boas ideias de pauta.

O e-mail marketing é mais uma ferramenta que os supermercados podem utilizar para se comunicar com os clientes.

Para isso, é importante que você conheça o seu cliente e os hábitos de compra dele. Assim, poderá enviar as ofertas certas para eles.

Ações como essa são possíveis apenas via marketing digital e seguramente podem gerar mais vendas para a sua loja.

Acha que essas ideias podem funcionar? Deixe nos comentários sua opinião sobre o marketing digital para supermercados e acompanhe nosso post sobre marketing de supermercado.

Entender o perfil do consumidor é uma necessidade cada vez maior para todos os tipos de loja. Isso tem acontecido, pois os hábitos de compra sofreram mudanças nos últimos anos e também as exigências dos clientes.

O fato é que um supermercado lida com um número alto de pessoas que compram diariamente nas lojas. De maneira manual, é impossível saber o que todos compram e ser mais assertivo na criação de estratégias.

Ao saber quem é o seu cliente e o que ele compra suas campanhas tendem a alcançar resultados muito melhores.

Acompanhe nosso post para descobrir mais sobre a importância de conhecer e entender o comportamento dos seus consumidores.

Como entender o perfil do consumidor

Para desfrutar de uma estratégia mais eficiente e resultados melhores é preciso ter um planejamento bem definido.

O primeiro passo dele é entender as formas que você possui para começar a mapear as compras dos seus clientes. São essas informações que posteriormente irão dar aquele “gás” nos seu ganhos.

Em supermercados, criar um programa de fidelização é a principal maneira para que você cadastre e identifique os clientes. De qualquer forma, você ainda tem algumas opções de programa, antes de realmente colocar um em prática.

As mais conhecidas são o clube de descontos, cashback e programa de pontos. Cada um tem seus benefícios, mas o clube traz uma vantagem que pode ser importante para ter uma base maior de clientes cadastrados, o benefício imediato que é o desconto na compra.

Partindo do princípio que essa foi a sua escolha o ideal é aliar essa estratégia com uma tática de precificação. Já que nesse tipo de programa existem 2 preços, o dos clientes “comuns” e o dos membros do clube.

Com isso feito, é hora de escolher os produtos que irão fazer parte do seu clube de descontos e lançar o programa. Vale lembrar que é muito importante treinar a equipe de loja para fazer a identificação do consumidor no momento da compra.

Por último, mas não menos importante é fundamental escolher um software de gestão de clientes para gerenciar todas essas informações. É com o uso e alinhamento dessas estratégias e ferramentas que a mágica realmente começa a acontecer no seu supermercado.

Agora será possível entender o perfil do consumidor da sua loja, os hábitos, frequência e preferências. Com isso, será possível melhorar a sua tomada de decisão e consequentemente impulsionar os resultados.

Uso de informações sobre o comportamento de compra na estratégia

Com um software de gestão de clientes, um programa de fidelização e uma boa identificação nas lojas você está pronto.

Uma base de clientes cadastrados pode trazer para o seu supermercado um número bem maior de possibilidades para a criação de ações.

É bem importante lembrar que nesse tipo de estratégia tanto você como o seu consumidor ganham benefícios.

Enquanto você pode aumentar o ticket médio e o faturamento, o cliente recebe ofertas de itens que ele realmente consome e ainda economiza nas compras.

É claro que para tudo isso é imprescindível que você tenha foco no trabalho de gestão de clientes que precisa ser feito.

Um dos principais segredos para atingir os resultados esperados com esse tipo de estratégia é a recorrência.

Ser recorrente nas suas ações é como criar mais oportunidades de vendas para a sua loja. Além disso, gera mais ofertas para os clientes, o que consequentemente faz com que ele vá mais vezes na sua loja e gaste mais.

Outro ponto importante é a criação de um relacionamento mais próximo com quem compra no seu supermercado. Criar campanhas segmentadas com uma frequência maior também pode estimular a retenção e fidelização dos consumidores.

Certamente você já sabe que cliente fidelizados tendem a gastar mais do que clientes novos, o que mais uma vez pode trazer vantagens para você.

Em resumo, você pode e deve utilizar as informações dos seus clientes para melhorar a tomada de decisão no seu supermercado.

Gerenciar o seu negócio a partir dos clientes em dúvida podem trazer uma grande melhora para os indicadores. Não só de vendas, mas também de negociações, fidelização, efetividade de campanhas e investimentos.

Problemas que você pode ter ao não conhecer o perfil do consumidor

No mercado atual, não conhecer o comportamento de compra do seus clientes já é capaz gerar dificuldades para você.

Isso acontece principalmente pelos hábitos atuais de compra de muitos consumidores. Em muitos segmentos as compras já podem ser feitas online, por meio de sites e aplicativos.

Essas lojas já possuem características de tentar conhecer o cliente mais de perto já que exige um cadastro completo. Com os dados obtidos disparam promoções, enviam novidades, entre outras informações sobre a empresa de maneira totalmente digital.

Ao fazer esse tipo de compra e consumir nesses formatos de loja o comportamento dos clientes têm mudado.

Agora, para se aproximar dessas ações que já caíram no gosto do público, as lojas físicas tem buscado melhorar a experiência de compra e também sua relação com os clientes.

Essa questão é uma das mais importantes para que o seu supermercado comece a ter ainda mais sucesso.

Deixar de lado as informações do cliente, é quase como deixar de lado o cliente por completo.

Usar os dados de consumo para extrair insights, planejar ações seguramente é o futuro do varejo e você pode sair na frente agora mesmo.

Para ver como uma solução de gestão de clientes aliado com um bom planejamento de ações pode melhorar seus resultados temos um convite para você. Assista o nosso webinar sobre o uso de dados dos clientes para a criação de campanhas que funcionam!

Aproveite o conhecimento e comece agora mesmo a conhecer o comportamento de compra dos seus consumidores e elevar seus resultados.

A ruptura de gôndola é um dos problemas que tira o sono de muitos supermercadistas. Isso acontece, pois a falta de produtos nas gôndolas muitas vezes tem como consequência a perda de vendas.

Certamente ninguém quer perder uma venda por conta da falha de uma operação, não é mesmo? Esse é o tipo de erro que o cliente não perdoa, principalmente se ele acontecer mais de uma vez.

De qualquer maneira esse é um problema sério para todo supermercado e você precisa encontrar formas de evitá-lo.

Entenda no post de hoje os prejuízos que a ruptura de gôndola pode causar na sua loja e como você pode tentar se prevenir contra ela.

Problemas gerados pela ruptura de gôndola

Antes de entender exatamente quais são as perdas que a ruptura de gôndola causa, é bom entender como ela acontece na prática.

A ruptura de gôndola é um problema muito conhecida, por isso não vamos nos entender muito no seu significado.

Mas ela acontece quando o cliente vai até um supermercado para comprar um produto e não encontra o que procurava. Existe também a ruptura de estoque que é quando o item também está em falta no estoque da loja.

As consequências disso são variadas, já que cada consumidor pode reagir de uma maneira. Porém, algo que não muda é que o cliente ficará com uma impressão da sua loja, já que conseguiu comprar exatamente o que desejava.

Um estudo da Nielsen sobre ruptura observou alguns pontos da tomada de decisão do cliente quando acontece a falta de produtos nas prateleiras de um supermercado.

Nela foram classificados quatro aspectos: compra outra marca, procura outro estabelecimento, compra outro tipo de produto e desiste da compra.

Esses critérios foram analisados nos seguintes produtos:

  • Óleo de cozinha;
  • Massas;
  • Biscoitos;
  • Produtos de limpeza;
  • Chocolate;
  • Bebidas;
  • Higiene Pessoal.

Qual você acha que foi o resultado?

Na média entre todos esses itens, 53% disseram que comprariam o produto de outra marca. Porém, 37% afirmaram que iriam procurar o produto em outro estabelecimento e 8% que desistiriam da compra.

Então, se 100 clientes fossem na sua loja para comprar um produto que estivesse em falta, certamente você não gostaria de perder 45 vendas, não é mesmo?

Esse é o principal impacto que a ruptura pode trazer para o seu supermercado. Além disso, quando o seu cliente vai até um concorrente e encontra o que procurava o problema pode ser ainda maior, já que ele pode passar a comprar sempre lá.

Menos vendas, menos faturamento e assim por diante.

Formas de evitar ou diminuir a ruptura de gôndola

Para trabalhar a questão da ruptura no seu supermercado você vai precisar integrar vários setores da loja.

Assim como para outras áreas é preciso ter um planejamento e uma estratégia para evitar que a falta de produtos aconteça.

Por exemplo, o seu setor de marketing não pode criar uma série de ofertas sem conferir se o seu estoque está preparado para um alta demanda. Ou então, o seu setor comercial realizar uma compra de emergência sem consultar o financeiro.

Tudo precisa ser muito bem alinhado para que em nenhuma etapa do processo ocorram falhas e consequentemente evitem a ruptura.

Um passo importante para combater a ruptura é realizar a previsão de demanda do seu supermercado. Quando você entende o perfil de consumo na sua loja fica mais fácil desenvolver uma estratégia eficiente.

Essas informações podem te ajudar a planejar a gestão de estoque, negociação com fornecedores e evitar perdas.

Outro ponto importante é estar atento ao gerenciamento do seu estoque, para que os produtos não faltem. Além disso, precisa analisar de perto essas informações para negociar os prazos de entrega com a indústria.

Uma estratégia de prevenção de perdas também pode ajudar, já que isso também impacta no seu estoque e consequentemente na ruptura.

Para fazer essa gestão você pode contar com softwares especializados que agrupem essas informações.

A análise constante de indicadores e um planejamento bem definido certamente podem contribuir para que você se previna da ruptura no seu supermercado.

Quer deixar a ruptura de gôndola bem longe da sua loja? Baixe gratuitamente nosso ebook “Acabe de vez com a ruptura no supermercado” e comece hoje mesmo!

A comunicação com o cliente é um dos aspectos mais importantes na estratégia de qualquer tipo de loja no varejo.

Ser ativo no contato com os clientes pode garantir um número maior de vendas e também uma aproximação no relacionamento.

Porém, é preciso tomar bastante cuidado para não ser invasivo e repetitivo. Caso isso aconteça a sua comunicação pode causar um efeito muito diferente do que você esperava.

Por esse motivo é muito importante ter uma boa estratégia para se comunicar com os consumidores na busca dos seus objetivos.

Entenda como você pode melhorar a comunicação do seu supermercado agora mesmo!

Comunicação com o cliente em supermercados

Em meio ao desenvolvimento das estratégias digitais, os supermercados ainda apostam muito nas ações offline.

Ainda é comum as lojas distribuírem encartes e contratar carros de som, por exemplo. A verdade é que essas táticas permanecem porque de alguma forma elas se traduzem em vendas.

Um ponto complicado nessa questão é a falta de mensuração real dessas ações. Isso acontece, pois realmente é complicado saber quem foi até a loja porque recebeu um encarte ou ouviu uma promoção no carro de som.

Mesmo assim essas e outras estratégias ainda têm o seu devido valor para a comunicação com os consumidores.

Seja qual for maneira que você irá optar para se comunicar com o cliente do seu supermercado, é importante desenvolver um planejamento de comunicação.

Como princípio você deve ter mente que é preciso ser ativo no contato com os clientes. Ao mesmo tempo é preciso ter equilíbrio para não exagerar.

Um dos principais objetivos da sua comunicação precisa ser o de manter os clientes consumindo na sua loja. Para isso, você pode realizar campanhas de maneira recorrente e também trabalhar o relacionamento com os consumidores.

Outra questão fundamental são os canais de comunicação que você vai usar para atrair, reter e fidelizar os seus clientes.

Pensando em uma estratégia com os canais mais tradicionais como encartes, rádio, carro de som e ações no PDV certamente é possível obter bons resultados.

Afinal, esses são pontos de contato em que o consumidor já está habituado a receber a sua comunicação.

É claro que hoje existem estratégias digitais para supermercados que também são capazes de impulsionar os resultados.

E são justamente delas que você pode tirar grandes lições para as suas estratégias de divulgação offline. São elas, o uso de dados para melhorar o desempenho das ações e também a mensuração de resultados.

Como usar dados para melhorar a sua comunicação com o cliente

Utilizar as informações dos clientes para melhorar a comunicação seguramente é um ótimo caminho a ser seguido.

Mais do que melhorar a comunicação, você poderá tornar suas ações mais efetivas com o uso de dados. Com exemplos práticos certamente ficará mais simples de entender como isso funciona na realidade.

É importante lembrar que o trabalho de captação dos dados e identificação dos clientes é fundamental para ter sucesso nessa estratégia.

Quanto mais informações você tiver melhores podem ser os resultados obtidos. Além disso, é preciso um software que organize essas informações de maneira prática e objetiva.

Para melhorar a sua distribuição de encartes, por exemplo, saber onde a maioria dos seus clientes mora é importante, não é mesmo? Dessa forma, você poderá concentrar a sua distribuição nas áreas em que você ainda tem poucos consumidores.

Da mesma maneira, o carro de som, que pode passar por regiões nas quais você ainda não tem uma grande penetração.

As ações no ponto de venda também são ótimos exemplos do uso de dados para melhorar a efetividade de campanhas.

Para isso, você pode utilizar o histórico de compra da sua loja na negociação com os fornecedores. Nesse tipo de ação você pode conseguir desde descontos até ações em parceria.

Ou até mesmo para realizar uma ação de degustação de vinhos na sua loja, por exemplo, você pode convidar clientes que consumiram esses produtos nos últimos 30 dias.

Entender se na sua loja compram mais homens ou mulheres e escolher uma rádio da sua cidade que se adeque mais ao perfil dos seus consumidores é uma outra ideia.

Isso tudo sem falar da criação de ações segmentadas que certamente você já sabe que tem uma efetividade muito mais alta do que as convencionais. Um estudo da Mercafácil, registrou que campanhas de clientes ativos podem chegar a 40% de efetividade.

Esses são apenas alguns exemplos, mas também existem vários outros.

Por que usar dados para fazer comunicação com o cliente?

De uma maneira bem resumida e direta, usar dados na criação de ações é criar ações mais inteligentes para os seus clientes e para o seu supermercado.

Se conseguir resultados mais expressivos nas ações não for o suficiente ainda existem outros motivos para que você opte por usar dados na sua estratégia de comunicação.

A economia no seus investimentos é uma delas. Já que você pode conseguir preços melhores nas negociações e gastar menos para impactar mais clientes, por meio das segmentações.

Além disso, se você usa dados para gerar ações muito provavelmente também vai acompanhar as métricas das campanhas criadas.

Essa é outra questão bem importante, afinal trabalhar com dados busca encontrar o melhor caminho para sua estratégia ter sucesso.

Usar as informações dos clientes sim é importante, mas esteja ciente que os seus dados internos também são relevantes. Analisá-los pode te mostrar ideias que funcionaram, aspectos que precisam ser melhorados e também o que não deu certo.

Tudo isso tem mudado consideravelmente a forma de se comunicar com os clientes em supermercados.

Hoje, até mesmo os métodos tradicionais tem sofrido a influência tecnológica em busca de alcançar resultados melhores.

Certamente isso é algo bastante positivo se o seus desejo é encontrar formas de aumentar as vendas e consequentemente seu faturamento.

Para continuar adquirindo conhecimento em busca de tornar a sua loja uma referência temos um material para você. Baixe gratuitamente nosso ebook “Como usar BI e CRM para aumentar suas vendas”.

O que fazer para vender mais? Essa é uma pergunta que certamente faz parte do dia a dia de muitos supermercadistas. Afinal, uma empresa estacionada não consegue se firmar no mercado e ser relevante para os clientes.

Muitas vezes, ideias para vender mais estão ligadas diretamente a atração de novos clientes. Porém, não são apenas clientes novos que podem ajudar a vender mais. 

Trabalhar a retenção e a fidelização de clientes também contribui para o faturamento. Aumentar as vendas tem relação com esses três fatores: atração, retenção e fidelização. 

Ao pensar nisso, separamos algumas oportunidades do mês de setembro que você pode aplicar no seu supermercado para impulsionar as vendas.

O que fazer para vender mais nas datas comemorativas de setembro

07/09 Independência do Brasil 

Feriados sempre são ótimas oportunidades para que os supermercados criem ações especiais. Em 2019, a data cai em um sábado e você pode aproveitar isso para gerar mais vendas.

Finais de semana tendem a gerar um movimento mais alto na loja e o feriado pode aumentá-lo ainda mais. Por isso, apostar em ações no PDV pode ser uma boa ideia para o seu supermercado.

Uma ideia é decorar sua loja com as cores da bandeira do Brasil e estimular seus funcionários a utilizarem essas cores. Essa ação pode colocar os clientes no clima da data e estimular outras ações na loja.

O que acha de trabalhar com produtos tradicionais do nosso país ou marcas nacionais de grande relevância? Você pode negociar com os fornecedores a criação de ilhas de produtos ou degustações, por exemplo.

Um feriado também pode ser uma ótima opção para reunir os amigos e a família com um churrasco, não é mesmo?

Você pode usar essa temática para atrair os clientes. Para isso, segmente os clientes que consumiram produtos de churrasco como carnes, cerveja e carvão.

Após isso, é só criar um encarte digital com ofertas desses produtos e também de outros relacionados e enviar para os clientes.

No corpo da sua mensagem você pode utilizar algo como: “Reúna sua família e amigos nesse feriado com a nossa independência dos preços baixos + o link do seu encarte”.

09/09 Dia do cachorro-quente 

Essa é uma ótima data para fazer uma ação de relacionamento com os clientes. Você pode transformar o estacionamento da sua loja em um festival do cachorro-quente. Vale reunir as várias opções vendidas pela região e também a sua própria produção para os seus clientes consumirem.

Para divulgar a ação, utilizar carros de som nas proximidades da loja é uma boa pedida. Além disso, o rádio interno da loja também pode ser utilizado para convidar os clientes antes do data e também no dia da ação.

Nas redes sociais você pode criar uma postagem com receitas de cachorro-quente ou com algo diferente como um cachorro-quente vegetariano. E o que não pode faltar é um encarte digital com os produtos das receitas.

Uma ação como essa pode promover movimento em vários setores da loja, e consequentemente impactar no aumento do ticket médio.

Vale lembrar que quanto melhor o seu relacionamento com o clientes, maiores as chances dele se tornar fiel ao seu negócio.

15/09 Dia do cliente 

Uma boa pedida para este dia é uma campanha de SMS para toda a sua base de clientes. Você pode parabenizá-los e enviar o link de um encarte digital com ofertas dos produtos mais consumidos. Para ir além, você pode oferecer um desconto especial apenas naquele dia para quem mostrar o SMS no caixa.

Que tal um post nas redes sociais neste dia? Você pode agradecer os clientes pela preferência e criar um cupom de desconto para eles fazerem o download. Você também pode seguir a ideia de apresentar o post no caixa ou mesmo pedir para que os clientes façam check-in no seu supermercado.

Outra boa opção é realizar um sorteio, como de um kit churrasco. Para participar, o cliente precisa curtir a página do supermercado, compartilhar a postagem e marcar 2 amigos, por exemplo.

Uma postagem como essa certamente pode contribuir para aproximar o seu relacionamento com os clientes. Além disso, atrair novos consumidores por meio dos compartilhamentos e das marcações, além de aumentar sua participação digital.

20/09 Dia do Gaúcho 🍃

Essa é uma data que pode ter um grande relevância se sua loja estiver situada no Rio Grande do Sul. Porém, no Brasil inteiro existem admiradores da cultura gaúcha e você pode aproveitar essa data para vender mais.

Os gaúchos possuem vários produtos e comidas típicas em sua cultura. Se alguns desses itens fazem parte do seu mix de produtos certamente será possível criar boas ações.

O churrasco é muito tradicional na região e essa é a sua primeira opção para gerar mais vendas. Ofertas nos seus produtos de açougue e itens relacionados, são boas opções.

A erva-mate é outro produto muito popular no estado e que tem admiradores em outros estados do país. 

Se a sua loja conta com esse e outros itens ainda mais típicos, a criação de ofertas pode ser feita direcionada para quem os consome.

23/09 Primavera 

Chegou a temporada das flores e que o calor começa a aparecer com mais força. A primavera é uma estação caracterizada pelo consumo de alimentos mais leves e refrescantes.

Pode ser uma boa alternativa criar um encarte especial de primavera de produtos do setor de FLV e de bebidas naturais para estimular as vendas.

Outra opção é distribuir panfletos para os clientes com esses produtos mais comuns na Primavera. Para complementar a ação você também pode adicionar algumas receitas.

Se você já possui um setor de floricultura na sua loja, esse é o momento ideal para intensificar suas ações nele.

Uma boa ideia para estimular as vendas do setor é utilizar as redes sociais da sua loja. Além de aproveitar a beleza das flores em suas publicações você pode criar conteúdo bem interessante sobre o assunto.

Muitos só pensam em comprar flores em datas comemorativas. Na contramão desse pensamento você pode publicar conteúdos para gerar mais vendas. Uma opção é falar sobre o significado desse presente ou mesmo outras ocasiões para presentear alguém.

23/09 Dia do sorvete

Como falamos anteriormente, com a chegada da primavera as temperaturas mais altas começam a aparecer com maior frequência.

O calor estimula o consumo de produtos mais refrescantes, como é o caso dos sorvetes. Devido a isso, essa data pode iniciar a “temporada” de vendas desse produto em maior escala.

A criação de uma ação segmentada é uma ótima opção para o dia do sorvete, afinal você irá falar com os clientes certos.

Por esse motivo, é tão importante fazer a gestão dos seus clientes e conhecer os hábitos de compra deles. Certamente é uma ação que pode ser muito efetiva para gerar mais vendas.

Outra opção é entrar em contato com os fornecedores para organizar uma degustação de vários itens nesta data.

Aliado a isso, você também pode criar ofertas especiais nos sorvetes válidas apenas para esse dia. Para divulgar, você pode apostar em encartes digitais, carros de som e também envio de SMS para os clientes.

23/09 Dia dos filhos 

Quem melhor para se comunicar nesse dia do que quem foi pai ou mãe recentemente? 

Você pode criar uma segmentação com base nos hábitos de compra de produtos como fraldas e relacionar com a data. Criar segmentações para entrar em contato com os clientes aumenta suas chances de sucesso, pois você está oferecendo algo que ele já está acostumado a consumir.

Outra opção é uma postagem nas redes sociais para parabenizar todos os seus clientes pelo dia dos filhos, afinal, isso é algo que todos os seus clientes são. Ações desse tipo tendem a aproximar o seu relacionamento com quem compra na sua loja.

Consequentemente, com um melhor relacionamento, é provável uma maior fidelização e também mais vendas.

O que fazer para vender mais em certos períodos do mês

Início de mês (01/09 – 08/09) 

O início do mês é o período em que os clientes têm mais dinheiro para consumir, seja pelo recebimento do salário ou mesmo de vale alimentação. Logo, mais chances para o seu supermercado aproveitar.

Esse é o momento ideal para o disparo de campanhas para clientes ativos e inativos. Para os ativos, o contato contínuo deve permanecer para que eles não passem a comprar na concorrência.

Falar com os inativos pode ser bastante útil para tentar reaproximar o relacionamento oferecendo produtos que eles já tinham consumido anteriormente. Já é cliente da Mercafácil? Fale agora com seu consultor para planejar sua campanha de início do mês.

Campanha segmentada (16/09 – 21/09) 

A primeira quinzena do mês já passou e chegou a hora de trabalhar mais intensamente as campanhas segmentadas.

Você já tem dados suficientes do mês para trabalhar sua estratégia de campanhas. Existe uma variedade grande de segmentações que você pode criar para fazer uma campanha que traga bons resultados.

Pode ser uma boa ideia usar as informações de geolocalização da sua plataforma Mercafácil para atrair clientes de uma região onde você ainda tem poucos consumidores por meio da entrega de encartes.

Você pode criar uma segmentação dos produtos mais consumidos na primeira metade do mês e fazer uma campanha para toda sua base de clientes com ofertas nesses produtos. Outra opção é de segmentar sua base pelo hábito de compra e enviar ofertas personalizadas para os clientes.

Resgate de inativos (24/09 – 31/09)  

Os clientes que compraram no mês passado ainda não voltaram? Está hora de disparar uma campanha para não deixar esses clientes irem embora.

Você pode criar uma segmentação dos clientes que compraram no mês passado, mas não nesse, e enviar uma campanha com ofertas especiais para esses clientes voltarem. Também é válido pensar em um cupom de desconto para atraí-los para sua loja.

Uma ação como essa evita que os clientes passem o mês inteiro sem comprar na sua loja. Você pode aproveitar o fim de mês para divulgar ofertas dos produtos mais vendidos e estimular as vendas casadas com produtos de menos saída.

Acredita que essas ações podem ajudar seu supermercado a vender mais? Deixe nos comentários qual dessas ações você vai fazer na sua loja. Também não esqueça de se cadastrar em nossa newsletter para receber primeiro as nossas novidades no próximo mês!

Se você é dono de um supermercado de bairro e tem encontrado dificuldades para melhorar seus resultados o nosso texto de hoje é para você.

A concorrência no segmento supermercadista tem ficado cada vez mais acirrada e ter uma vantagem competitiva é fundamental.

Toda empresa tem pontos fortes e questões a serem melhoradas. Em seu supermercado certamente essa situação não é diferente.

Não se preocupe com isso, pois é uma questão totalmente normal e você não deve se desesperar por identificar pontos que precisam de melhorias.

É importante estar ciente sobre a sua situação atual para conseguir construir uma estratégia que torne a sua loja mais competitiva no mercado.

Acompanhe o post de hoje para descobrir de maneira prática como melhorar os resultados do seu supermercado.

Comece a melhorar o resultado do seu supermercado de bairro

A primeira mudança necessária é a transformação na cultura da empresa, que agora precisa ser orientada por resultados e com foco nos clientes.

A verdade é que qualquer tipo de loja tem capacidade de obter ganhos maiores se adotar as estratégias corretas. Então, o tamanho da loja, número de lojas ou até mesmo a quantidade de caixas não podem ser algum tipo de limitador para você.

É claro que cada supermercado tem os seus ganhos e esses sim são pontos fundamentais para definir objetivos e táticas.

Você pode não ter o capital de uma rede nacional, mas pode adaptar boas práticas delas para a sua realidade.

Os avanços tecnológicos, por exemplo, tem se tornado cada vez mais acessíveis e certamente são fundamentais para uma estratégias de sucesso.

Além disso, saber quem são os seus clientes e a melhor forma de suprir as necessidades deles pode ser um grande trunfo a seu favor.

A pesquisa Tendências do consumidor em supermercados 18/19 da Associação Paulista de Supermercados (APAS) identificou que 22% dos clientes preferem fazer as compras deles em um supermercado de bairro.

Para as compras de emergência, esse tipo de loja atingiu 50% da preferência, principalmente entre o público mais jovem.

Um conceito muito parecido com as lojas de bairro que tem ganhado destaque no segmento são as lojas de proximidade.

Isso tem acontecido, pois os consumidores têm buscado uma praticidade maior aos fazer as compras deles

Certamente essa é uma boa oportunidade para que você impulsione os seus resultados com boas estratégias.

Suas opções para isso são variadas, você pode investir em tecnologia, adotar novas estratégias de gestão e implementar programas de fidelização são apenas alguns exemplos.

O que fazer para um supermercado pequeno ser competitivo

Como falamos anteriormente e iremos reforçar agora, o tamanho da sua loja e sua região de maneira alguma podem ser impeditivos para você inovar na sua gestão.

Trabalhar com inovação em supermercados seguramente é um dos caminhos mais eficientes para que você tenha sucesso.

Você pode adotar um tecnologia de gestão de clientes, por exemplo. Essa estratégia fará com que o seu foco esteja nos consumidores e também no aumento da efetividade das suas ações.

Além disso, ela pode trabalhar algo que é fundamental para os supermercados de bairro, a fidelização de clientes.

Tecnologia com certeza é um ótimo caminho, mas você também pode adotar outras táticas em busca dos seus objetivos.

Criar um clube de descontos pode ser um ótimo caminho para trabalhar a fidelização no seu supermercado, por exemplo.

Trabalhar o mix de produtos é outra medida que pode trazer bons resultados. Adequá-lo aos hábitos de consumo de quem compra de você pode aumentar as suas vendas e ainda evitar desperdícios.

Entre ter produtos que tem uma alta saída e itens que ficam parados por um longo período na gôndola e no estoque, seguramente não restam dúvidas sobre qual você deve escolher.

Colocar o cliente no centro das suas ações sem dúvida é uma opção que você precisa considerar. Afinal de contas, é ele quem mais importa na operação da sua loja.

A comunicação com os clientes é outro fator que merece destaque. Possuir vários canais de contato e estar aberto a críticas, elogios e sugestões são fundamentais para melhorar seu relacionamento com o consumidor.

Investir no seu PDV também é um ponto crucial para ter sucesso. Afinal, nenhum cliente quer comprar em uma loja mal organizada não é mesmo?

Ações internas, merchandising e um bom layout de loja, certamente podem fazer toda a diferença.

Impulsionando resultados em um supermercado de bairro

É claro que para melhorar os ganhos uma série de fatores precisa ser levado em conta. Definir qual é o mais ou o menos importante não é algo necessário para estratégia.

No início do seu trabalho, definir qual será a área que vai receber mais investimentos na sua estratégia é fundamental.

A fidelização é uma das opções que você tem para iniciar um trabalho mais ativo de relacionamento com os clientes.

Fazer o gerenciamento do relacionamento com o cliente pode ser o seu grande diferencial perante os concorrentes.

Ações segmentadas baseadas em hábitos de consumo, por exemplo, podem tornar a experiência de compra na sua loja única. É claro que para isso é preciso utilizar dados e algumas ferramentas que possibilite a criação desse tipo de ação.

Criar um programa de fidelização, como um clube de descontos, é fundamental para obter as informações de compra dos clientes da sua loja.

Após isso, a identificação das compras e o uso desses dados possibilita que a sua loja tenha uma vantagem em relação aos concorrentes.

Essas ações, a comunicação e a gestão de clientes colocada em prática certamente pode aumentar sua retenção e fidelização de consumidores. Como consequência disso, o ticket médio da loja pode aumentar e o faturamento também.

Essa relação com o cliente seguramente pode ser o seu garante diferencial para conseguir alcançar os seus objetivos. Acompanhe também uma outra publicação do nosso portal sobre a abordagem com os clientes.

Para tirar mais dúvidas ou começar a colocar em prática algumas dessas estratégias na sua loja agende um bate-papo com um de nossos consultores.

O encarte de supermercado é um dos meios mais tradicionais para comunicação com os clientes nesse segmento.

Grande parte, senão todos os supermercados, fazem encartes mensais ou até mesmo semanais com seus produtos.

Certamente ele continua como um canal importante, ainda mais agora que também já ganhou versões digitais.

Mesmo com a tradição ao seu lado e a evolução digital, uma grande questão ainda existe sobre ele: os resultados que traz para o supermercado.

Nesse post você vai conferir algumas formas de obter resultados da sua distribuição de encartes e também como melhorá-la.

Como melhorar o desempenho do seu encarte de supermercado

O encarte talvez seja o canal de comunicação mais tradicional para supermercados. Certamente em algum momento o seu supermercado já fez a impressão desse tipo de material e talvez ainda faça com certa frequência.

Em meio à necessidade de divulgar ofertas e atrair os clientes para a loja esse material realmente pode ser muito eficiente.

Nos últimos anos também surgiram novos canais de comunicação e formas de divulgar ofertas que hoje dividem o espaço com os encartes. Como o principal atrativo para esses outros meios está a possibilidade de mensuração dos resultados da ação.

Algumas dessas formas são mais efetivas, outras menos, mas o mais importante é sempre buscar resultados melhores em qualquer meio.

As mudanças no varejo têm seguido um caminho em que a comunicação com os clientes tem ganhado uma relevância maior. Além de manter um contato ativo com os consumidores, possuir vários canais para isso também é fundamental e pode fazer toda a diferença.

Encontrar maneiras para que o seu encarte atraia mais clientes e gere mais vendas precisa ser um dos seus objetivos.

Para isso, existem várias questões muito importantes, entre as principais está a escolha de produtos e a área de distribuição.

Curva ABC

Usar a curva ABC seguramente pode ser uma ótima maneira para te ajudar na escolha dos produtos do encarte. Certamente usá-la nesse momento pode melhorar o desempenho da sua ação. 

Você pode usar produtos da curva A para chamar a atenção dos consumidores e consequentemente atraí-los.

Nos itens das curvas B e C você pode apostar em uma estratégia de precificação que melhore a sua rentabilidade, por exemplo.

É bom lembrar que essa tática de atração e precificação precisa estar alinhada com a sua gestão de categorias. Caso contrário, você pode não atingir os resultados esperados.

Geolocalização

Usar uma ferramenta com tecnologia de geolocalização pode melhorar a distribuição dos seus encartes.

Com ela será possível identificar pontos da cidade em que você ainda não possui muitos clientes. Essa informação servirá como base para que você concentre seus investimentos nessas regiões.

Dessa forma, as suas chances de atrair novos clientes aumentam e a sua ação pode atingir resultados mais expressivos.

É importante lembrar que, para isso, é preciso que você faça o cadastro e identificação dos clientes da sua loja. Assim, você terá acesso a essa informação de localização de quem compra no seu supermercado e poderá desempenhar a sua gestão de clientes da melhor maneira. 

Solução de gestão de clientes

Usar a tecnologia para atingir resultados mais expressivos é mais uma das estratégias que têm crescido no mercado.

Entre os diversos objetivos dos avanços tecnológicos, seguramente tornar as ações mais eficientes está nos planos.

Um software completo de gestão de clientes é um ótimo exemplo para os supermercados, já que pode atuar em várias frentes do negócio.

Ao falar especificamente de encartes para supermercados essa solução também pode trazer benefícios.

Entre elas está auxiliar na criação do material. Um sistema eficiente de gerenciamento de clientes pode te fornecer uma lista completa dos itens mais consumidos na sua loja.

Uma página como a de ranking de produtos pode te ajudar a criar um encarte mais atrativo para os atuais consumidores e também para atrair novos.

Depois da distribuição do material também é importante analisar os resultados que ele trouxe. Como falamos anteriormente, o mercado atual exige a mensuração de resultados e agora você também pode fazer isso com o seu encarte impresso.

Saber a efetividade da sua ação pode servir tanto para repetir as que funcionaram bem quanto para corrigir ações que não trouxeram os resultados esperados.

Dessa forma, os seus encartes podem ter desempenhos cada vez melhores, assim como o seu supermercado.

Criar encartes digitais

A forma como os encartes podem ser feitos também mudaram e agora você pode trabalhar com eles de maneiras diferentes.

Materiais digitais são cada vez mais comuns para vários tipos de supermercado e a sua distribuição também é variada.

Algumas lojas optam por usar canais digitais, como as redes sociais, para divulgar os encartes aos clientes. Esses canais também permitem impulsionar as publicações para atingir públicos mais específicos.

Outras optam por realizar um trabalho mais estratégico na divulgação dos materiais, por meio do uso de dados dos clientes.

Supermercados que fazem a gestão de clientes conseguem realizar esse trabalho que certamente é mais efetivo.

Com as informações de consumo, você pode criar vários encartes digitais com produtos selecionados de acordo com as segmentações que forem escolhidas. 

Após identificar quem são os clientes que consomem aqueles itens será possível enviar esse encarte apenas para o grupo desejado. Para o envio, o ideal é optar por canais mais pessoais, como SMS e e-mail marketing.

Essas são algumas das formas de atuar de maneira mais estratégica na criação dos encartes e buscar resultados melhores.

Para que o seu supermercado consiga um desempenho ainda melhor separamos um material especial para você. Baixe agora mesmo nosso ebook gratuito “Como fazer encartes que vendem” e aproveite nossas dicas para criar o material dos seu supermercado!

Saber como escolher software de gestão de clientes é uma tarefa que não pode ser feita de um dia para o outro.

A gestão de clientes é uma estratégia que exige algumas funcionalidades e ações para ter sucesso na prática.

Se o objetivo do seu supermercado é ter sucesso com essa tática certamente precisa ter todas as ferramentas necessárias.

Entenda como você pode acertar em cheio na escolha do sistema para o seu supermercado.

Como escolher software de gestão de clientes?

Existem algumas opções no mercado de sistemas para você trabalhar as táticas do seu supermercado. Principalmente, para ter maior foco nos clientes.

Para que tudo isso aconteça é preciso encontrar uma forma de criar uma base de clientes identificados e depois para a identificação das compras. Caso contrário, os resultados esperados não serão atingidos.

O ideal para isso é usar alguma tática que traga um benefício imediato para os clientes, como um clube de descontos.

Programas que precisam de tempo para resgate do benefício podem afastar alguns consumidores e prejudicar a estratégia.

Além disso, existem alguma funcionalidades básicas que são necessárias e algumas extras que podem fazer toda a diferença. Entenda um pouco mais sobre algumas delas.

O que um software de gestão de clientes precisa ter

O que se espera de um bom software é o máximo de recursos para melhorar os resultados do seu supermercado.

E não estamos falando de nenhuma super funcionalidade, mas algo que possa aumentar a efetividade do que já é feito tradicionalmente.

Geolocalização

Um exemplo claro disso, é o uso de geolocalização para distribuição de encartes e uso de carros de som. Certamente a tática dos encartes e de carros de som traz algum resultado, caso contrário deixaria de ser feita.

Com a geolocalização você consegue aumentar a efetividade dessas ações. Isso acontece, pois você pode fazer sua ação em uma região que identificar que ainda não tem muitos clientes. Assim, pode conquistar novos clientes e aumentar sua atuação no mercado.

Criação de segmentações

Sobre segmentações nem se fala, certamente você já sabe que ações desse tipo tendem a ter resultados muito superiores. Por isso, fique atento a forma como são criadas as segmentações e as variações possíveis.

Com relação direta a isso, mas não como uma funcionalidade especificamente é fundamental que você tenha autonomia nesse trabalho. Por isso, o ideal é que a empresa te capacite a fazer tudo sozinho com consultorias.

É claro que deve existir um processo em que você vai aprender como usar todas as ferramentas a seu favor. E, ao fim só resta a você utilizá-las repetidamente para aumentar seus ganhos.

Para esse trabalho o ideal é a que a empresa seja especializada no segmento supermercadista. Desta forma, podem contribuir muito mais, com a troca de conhecimento com o consultor para melhorar os resultados.

Aproximar sua loja dos clientes

Isso pode acontecer com a criação de campanhas segmentadas, por exemplo, já que elas também podem funcionar como marketing de relacionamento.

Ter canais eficientes para manter contato com o cliente também é um ponto importante e que pode fazer a diferença.

Buscar formas que estão em alta também pode ser uma boa pedida para inovar sua comunicação.

Um dos principais exemplos é o uso de aplicativos para supermercados. É como se o cliente tivesse sua loja na palma da mão, e melhor, poderá receber suas ofertas por mais esse canal.

O mais importante para escolher o seu software de gestão de clientes são as possibilidades que ele pode te dar.

Podem existir softwares que entregam muito bem uma funcionalidade, mas deixam a desejar em outras. Outros que não tem a expertise necessária para contribuir realmente com o seu supermercado.

Funcionalidades são sim importantes, mas o principal é como o processo será feito em um todo. É apenas um sistema ou uma solução completa que vai contribuir para a sua loja do início ao fim da estratégia?

Essa é a pergunta número um a ser respondida antes de bater o martelo e saber como escolher software de gestão de clientes da melhor maneira.

Que tal conhecer uma dessas opções do mercado? Faça uma demonstração do software de gestão de cliente da Mercafácil e descubra como você pode melhorar os resultados do seu supermercado!

A gestão em supermercados é uma das mais complicadas do varejo, por conta de toda a operação que envolve uma loja deste segmento.

Por esse motivo, encontrar formas de tornar o gerenciamento mais eficiente certamente são sempre bem vindas.

Uma das principais é o uso de dados na estratégia de gestão, que podem melhorar e muito os resultados em supermercados.

Além disso, adotar esse método pode trazer não só benefícios para a administração do supermercado. Os clientes também são parte importante do processo e terão benefícios com a aplicação dessa estratégia.

Acompanhe o post de hoje para saber mais sobre três indicadores importantes para melhorar sua gestão e seus resultados.

Análise de rentabilidade

Para que uma empresa se mantenha saudável a longo prazo o que se espera dela é que no mínimo ela não tenha prejuízos.

Esse conceito tem mudado um pouco nos últimos anos em alguns segmentos do mercado, mas no varejo essa questão ainda permanece.

Isso acontece, pois o varejo lida com compra, venda, logística, margens, impostos e vários outros fatores importantes para definir seus ganhos reais.

Obter lucro com uma empresa certamente é o desejo de todos os proprietários certo? O mais difícil é saber como se planejar e o que fazer para que isso aconteça na prática.

Por esse motivo, é importante fazer a análise de rentabilidade do seu supermercado. Com ela, você saberá o que precisa ser feito para atingir os resultados necessários.

Fazer essa análise entre valores gastos pela empresa e o cálculo dos ganhos que ela teve. A diferença entre esses números irá mostrar se você teve lucro ou prejuízo.

Controlar esse indicador torna a sua gestão em supermercados mais estratégica e ajuda a definir metas.

Essa questão certamente pode facilitar a tomada de decisão e o gerenciamento da loja, além dos setores do seu supermercado.

Para a área comercial, por exemplo, negociar um prazo maior para o pagamento de uma compra pode melhorar a gestão financeira.

Estar atento aos resultados atuais da loja sempre serão a melhor forma de conseguir resultados melhores e evitar prejuízos.

Por isso, a sua análise não apenas desse indicador como a de vários outros precisa ser constante.

Cupons

Qual indicador pode ser mais importante do que medir as suas vendas? Afinal, o objetivo principal de toda empresa é vender seus produtos.

Os cupons de venda podem dar um visão geral da sua loja sobre a sua loja e serem uma importante fonte de informações.

Não se engane que apenas ter informações sobre a quantidade de vendas pode ser o suficiente para gestão. Sim, elas serão úteis, mas uma análise quantitativa pode não ser o suficiente para melhorar os resultados.

Analisar esses dados com um pouco mais de atenção, é que podem fazer a diferença no seu supermercado.

Com isso, queremos dizer sobre a análise das informações dos cupons, ou seja, a saída de produtos da loja. Esses indicadores de venda podem ser de grande importância para várias área da empresa.

A negociação com os fornecedores é uma delas. Você pode negociar com dados concretos sobre seus clientes, por exemplo, tenho 50 clientes que compram o seu produto 3 vezes por mês.

Certamente essa informação pode contribuir para que você consiga preços melhores na compra de produtos. Outra opção é planejar uma ação em parceria para aumentar as vendas.

O estudo dos cupons da loja também torna possível identificar sazonalidades que afetam positiva ou negativamente a empresa. Com isso, você será capaz de planejar melhor suas ações de marketing, gerir seu estoque e melhorar sua previsibilidade financeira.

Viu só? Com a análise de apenas um indicador, os cupons, você já pode melhorar o desempenho de três setores do seu supermercado.

É importante lembrar que para uma gestão realmente eficiente, todas os setores da loja devem estar alinhados e precisam receber a mesma atenção.

Ticket médio

Tão importante quanto analisar as vendas da loja, é controlar as métricas referentes ao ticket médio. Principalmente, por esse dado ter uma grande relevância para o aumento do faturamento nos supermercados.

O crescimento do ticket médio de uma loja tem uma relação direta com a sua capacidade de reter e fidelizar clientes.

Isso acontece, pois os consumidores fidelizados tendem a gastar mais nos locais em que já estão habituados a comprar.

Estratégias que visam aumentar o ticket médio de uma empresa tem como principal alvo os clientes que já fazem as compras na loja. Por esse motivo, dependem de um investimento mais baixo em relação a ações que buscam atrair novos consumidores.

Nesse ponto a sua loja já sai em vantagem quando se fala em gestão financeira e investimentos em marketing. Perceba que novamente mais de um setor foi impactado com a análise de apenas um indicador.

Analisar o ticket médio de um supermercado também pode servir como um meio de medir a fidelização de clientes. Isso acontece, pois como falamos anteriormente esse tipo de cliente tende a gastar mais.

Além disso, esse indicador pode dar importantes sinais sobre o seu supermercado. Confira quais são eles em nosso post 5 sinais que o ticket médio de compra pode indicar sobre seu negócio.

Certamente você percebeu como o uso de dados pode melhorar consideravelmente a gestão em supermercados.

Esses indicadores que foram comentados no post de hoje são apenas alguns deles. Existem muitos outros dentro dos dados da sua loja e que seguramente podem contribuir para a sua melhora de resultados.

Se você quer saber ainda mais como gerenciar um supermercado temos um material especial para você. Baixe gratuitamente nosso ebook “Como usar BI e CRM para aumentar as vendas”.