Tag

whatsapp

Browsing

A pandemia de coronavírus surpreendeu o mundo em 2020. Desde então, a maneira como os empreendedores, sobretudo os pequenos, realizam negócios mudou completamente. Neste cenário, quem não estava adaptado ao digital necessitou acelerar os processos. E, assim, passar a utilizar o WhatsApp para vendas tornou-se importante para diversos negócios.

Alguns restaurantes, por exemplo, precisaram criar um sistema de delivery em poucos dias. Quando isso ocorreu, o WhatsApp tornou-se uma das ferramentas mais utilizadas. Afinal, o aplicativo é o método favorito dos brasileiros para se comunicar com amigos, parentes e até mesmo empresas. Segundo pesquisas, o WhatsApp está presente em 99% dos smartphones brasileiros.

Com esse cenário favorável, sobram motivos para utilizar o WhatsApp para vendas e promover sua empresa. Abaixo, em destaque, estão cinco deles.

5 motivos para usar o WhatsApp para vendas

1 – WhatsApp Business

Quem deseja utilizar o WhatsApp para vendas precisa profissionalizar todo o processo. Por isso, a primeira atitude é criar um perfil no WhatsApp Business. Essa versão tem as mesmas funções do aplicativo utilizado pela maioria das pessoas. Entretanto, há também benefícios exclusivos para os empreendedores.

Com o WhatsApp Business a empresa tem a oportunidade de verificar a própria conta. Com isso, quando o cliente entrar em contato para fazer um pedido ou apenas tirar alguma dúvida, terá a certeza de que se trata de um negócio de verdade, e não de uma fraude.

O WhatsApp Business tem ainda benefícios exclusivos, como a criação de catálogos e as listas de transmissão.

2 – Catálogos

Outra forma de utilizar o WhatsApp para vendas é apostar na criação de catálogos por essa plataforma. Diversos empreendedores tiveram que fechar as portas durante a pandemia, sobretudo em cidades que realizaram um lockdown. Sem os clientes para visitar o estabelecimento, o WhatsApp tornou-se uma vitrine virtual.

Com o WhatsApp Business, esse trabalho é facilitado por meio da ferramenta de criação de catálogos. A maneira como ela funciona é muito simples, mas bastante eficaz. Em vez de enviar diversas fotos dos produtos para o cliente, o empreendedor tem a oportunidade de enviar para eles um catálogo digital.

Para cada item no catálogo, a empresa pode inserir dados como nome, preço e uma breve descrição da oferta. O número de itens é limitado, mas o negócio pode criar quantos catálogos ela quiser.

A grande vantagem de utilizar os catálogos do WhatsApp para vendas é a facilidade no compartilhamento. Caso o cliente esteja interessado nos produtos, basta enviar o link do catálogo para ele. Além disso, se a coleção de ofertas é interessante, esse cliente também pode compartilhá-la com seus contatos.

Dessa forma, a empresa tem a chance de divulgar seus itens para um número de pessoas bem maior. E isso tem impacto direto no volume de vendas. 

 3 – O WhatsApp para vendas é excelente para fazer a captação de leads

Os empreendedores que utilizam o WhatsApp Business podem realizar a integração dele com um CRM. Dessa forma, eles ganham uma vantagem competitiva bastante relevante para elevar as vendas. Afinal, com um CRM, toda empresa tem a oportunidade de conhecer o perfil detalhado de cada cliente.

Além disso, por meio desse software, um negócio consegue captar muito mais leads do que utilizando um método mais tradicional. Basta que um cliente em potencial envie uma mensagem para o WhatsApp Business da empresa. Automaticamente, o CRM cadastra esse contato como um novo lead no banco de dados.

No software, esse lead recebe um card. Nele, a empresa pode preencher dados como nome, e-mail, telefone para contato, entre outras informações. É possível ainda verificar todo o histórico de conversas entre o cliente em potencial e a empresa.

Dessa forma, um negócio consegue analisar as necessidades e objeções desse cliente. O que permite ao time de vendas criar uma oferta sob medida para esse público. Em tempos de pandemia, utilizar essa tecnologia é vital. Com a maioria das pessoas em casa, é preciso conquistar e promover o relacionamento com o cliente de inúmeras formas.

– Veja também: Saiba mais sobre o CBM, a verdadeira evolução do CRM

4 – Lista de Transmissão

As listas de transmissão do WhatsApp Business também são uma excelente forma de vender produtos de maneira personalizada. Diferente dos grupos, em que todos recebem a mensagem ao mesmo tempo, as listas funcionam com outra mecânica.

O empreendedor pode adicionar 256 contatos em uma lista. Assim como os catálogos, é permitido que ele crie quantas listas quiser. Nesses casos, sempre que ele enviar uma mensagem para a lista de transmissão, cada contato irá receber o conteúdo individualmente.

Se um restaurante, por exemplo, tem uma nova promoção, basta que ele envie esse conteúdo na lista. Assim, quando os clientes responderem, o estabelecimento tem a oportunidade de oferecer um atendimento personalizado.

Dessa forma, as chances de o restaurante fechar uma venda aumentam bastante.

5 – Pós-vendas

A pandemia tem proporcionado momentos difíceis para todas as pessoas. Por isso, é preciso ter empatia em cada atendimento. Com o WhatsApp é possível conversar rapidamente com cada um dos clientes.

Portanto, após a venda, é muito importante que a empresa utilize essa facilidade do aplicativo para saber se está tudo bem com o pedido do cliente. Afinal, a venda vai muito além de oferecer produtos ou serviços. É preciso atender o cliente, ainda mais nos dias de hoje, com todo o carinho e atenção.

Quanto mais a empresa acolhe as pessoas, maiores são as chances de ela realizar muitas vendas. E, ao utilizar o WhatsApp para vendas, a empresa mostra que se preocupa com os clientes. 

—-

Esse texto foi escrito por Pedro Capistrano Ribeiro, Redator e UX Writer da AmoCRM, a convite da Mercafacil

Você já tem usado o WhatsApp para engajar os clientes? Mais do que um simples aplicativo para conversas, o WhatsApp também é um grande aliado para o seu negócio.

E não estamos falando apenas de usar essa ferramenta para realizar vendas, mas também para criar um relacionamento diário, duradouro e positivo entre o seu supermercado e os seus consumidores. Mas como fazer isso?

É para te ajudar a utilizar o WhatsApp para engajar os clientes que nós preparamos esse material. Aqui, você vai encontrar boas ideias, insights e um excelente case de sucesso que podem te ajudar a aumentar o engajamento por essa plataforma. 

Por que o WhatsApp assumiu um papel tão importante para o varejo? 

Antes de te dar boas sugestões de quais mensagens enviar pelo WhatsApp para engajar os clientes, pode ser relevante compreender o papel que essa ferramenta passou a desempenhar no varejo. Assim sendo, trouxemos alguns dados para você:

  • O WhatsApp está em 99% dos celulares no Brasil e 93% dos brasileiros o utilizam todos os dias;
  • Segundo a pesquisa Mensageria no Brasil – Fevereiro 2020, publicada pela Panorama Mobile Time/ Opinion Box, pelo menos 76% dos brasileiros já usaram o WhatsApp para interagir com marcas;
  • Segundo pesquisa realizada pela Accenture em parceria com o Facebook, 83% dos brasileiros utilizam o WhatsApp em alguma parte da jornada de compras.

Esses são apenas alguns dados que ilustram a importância do seu supermercado utilizar o WhatsApp para engajar os clientes. 

Afinal, como pôde ser observado por meio das pesquisas citadas acima, o aplicativo está presente no celular de quase todas as pessoas. Até mesmo daqueles consumidores que são mais avessos à tecnologia e não costumam usar com frequência as redes sociais. 

Ademais, agora que você já compreende um pouco mais sobre a importância de utilizar o WhatsApp para o seu varejo, é hora de saber COMO utilizá-lo de maneira assertiva!

O que mandar no WhatsApp para engajar os clientes?

Primeiramente, é essencial ressaltar que se há o contato com o cliente via WhatsApp, é porque ele está interessado em se relacionar com a sua marca. Afinal, é ele quem deve iniciar a conversa com o seu varejo. E isso significa que ele está mais propenso a ser fidelizado.

Ps: Para saber mais sobre isso, você pode ler o nosso artigo que fala sobre como divulgar o WhatsApp do meu varejo com sucesso.

Dito isso, agora que o cliente já deu essa abertura para o seu negócio, é hora de saber como aproveitar essa oportunidade de maneira positiva. E, assim, criar um relacionamento de confiança com esse consumidor. 

Neste cenário, conhecer supermercados que utilizam bem essa plataforma é algo que pode te inspirar a seguir pelo mesmo caminho. Por isso, trouxemos um case de sucesso de um cliente Mercafacil para você conhecer.

CASE DE SUCESSO: encartes são importantes, mas foque no relacionamento diário e nos conteúdos de qualidade

Um dos clientes da Mercafacil, o Supermercado Irmãos Sartori, conta com mais de 96% do seu faturamento identificado. Para conquistar esse número tão alto, o varejo utiliza a plataforma da Mercafacil e, com ela, desenvolve diversas estratégias para o seu negócio.

Dentre elas, aproveita muito bem o WhatsApp para engajar os clientes. E o resultado é expressivo.

“O cliente que está na nossa lista de contatos do WhatsApp gasta mais do que o cliente que não recebe as nossas mensagens. Colocando em números, ele gera até duas vezes mais cupons do que aqueles que não recebem as mensagens”

Edione Sartori – Diretor do Supermercado Irmãos Sartori

Para alcançar esses resultados é feito um planejamento cuidadoso com os conteúdos que serão enviados pelo WhatsApp para engajar os clientes. 

É um relacionamento diário e não pode ser enjoativo para o cliente”, comenta o diretor da rede. E como fazer isso? Ele oferece sugestões valiosas. Por exemplo:

  • Se amanhã é a “terça verde” (ou seja, o dia em que há ofertas no setor de FLV), o supermercado envia na noite anterior um encarte com as ofertas do dia seguinte. 
  • Pela manhã da terça-feira, é enviado alguma dica de algum produto que está em promoção. Pode-se falar sobre os benefícios dele, alguma receita e ser feita com ele, entre outros. 
  • Já no período da tarde, uma dica é mandar algo relacionado ao café da tarde ou com a janta, mantendo o relacionamento com o consumidor.
  • A noite, é enviado o encarte de ofertas do dia seguinte. E assim por diante.

Lembre-se sempre de que veicular conteúdo juntamente com a oferta é algo que gera valor para o cliente. Assim, ao invés de mandar apenas o encarte, também eduque o seu consumidor com informações relevantes. 

– Veja também: Como aumentar a receita da sua loja com WhatsApp

É hora de usar o WhatsApp para engajar os clientes! 

Pois bem, agora você já sabe mais sobre como usar o WhatsApp para engajar os clientes, certo? Porém, se ainda restam dúvidas sobre como utilizar esse aplicativo na sua estratégia de negócios ou se você está em busca de soluções personalizadas para o seu varejo, entre em contato conosco e saiba como podemos te ajudar.

Com a plataforma da Mercafacil, além de contar com todo o suporte dos nossos consultores para colocar em prática o seu planejamento e redigir mensagens engajadoras, você encontra planos que vão de 4.000 a 20.000 disparos de mensagens diárias via WhatsApp. Basta escolher o mais adequado para as suas necessidades e colher os frutos de fazer uma boa estratégia de comunicação por meio deste aplicativo.

Se você está tendo dificuldades para divulgar o WhatsApp do seu varejo e está em busca de aumentar o engajamento dos seus clientes por essa ferramenta, você está no lugar certo.

Afinal, já faz tempo que o WhatsApp deixou de ser uma simples ferramenta de troca de mensagens entre amigos. Hoje, ele é uma poderosa plataforma para as empresas se comunicarem com seus clientes.

Inclusive, para ter noção do quão importante essa ferramenta pode ser para o seu negócio,  segundo a pesquisa Mensageria no Brasil – Fevereiro 2020, publicada pela Panorama Mobile Time/ Opinion Box, pelo menos 76% dos brasileiros já usaram o WhatsApp para interagir com marcas.

Ps: essa pesquisa foi feita logo antes da pandemia. Ou seja, a porcentagem atual de clientes que se comunicam com as empresas via WhatsApp é ainda maior!

Dessa forma, podemos entender que as empresas que utilizam de forma adequada o WhatsApp e conseguem se comunicar com os seus clientes via essa ferramenta saem na frente das daquelas que não se desenvolveram nesse quesito.

Porém, como fazer com que haja um bom engajamento dos seus clientes para que eles entrem em contato com a sua marca via WhatsApp? Acreditamos que o primeiro passo é saber as melhores formas de divulgar o WhatsApp do seu negócio de maneira assertiva e efetiva.

Afinal, para que a comunicação com o seu cliente seja assertiva por essa ferramenta,  é ele quem deve dar o primeiro passo e começar a conversa com a empresa. 

E é para te dar boas sugestões de como fazer isso que nós preparamos esse texto. Acompanhe!

Entenda os principais motivos de divulgar o WhatsApp – e deixe-os muito claros para o seu cliente

Como comentamos rapidamente acima, é o cliente que deve começar uma conversa com o WhatsApp do seu supermercado para que a comunicação entre vocês seja positiva. Então, é hora de se colocar no lugar deste cliente.

Pense da seguinte forma: 

Se você estivesse no lugar do cliente, por quais motivos você começaria uma conversa no WhatsApp com uma marca? 

As respostas podem ser variadas, porém, existe algo que não muda: é importante que a marca envie conteúdos de qualidade via WhatsApp. 

Quais os benefícios de fazer uma boa gestão do WhatsApp?

Você, como varejista, deve compreender quais são os principais benefícios de ter um canal de WhatsApp relevante. Assim sendo, lembre-se que essa plataforma é uma maneira de você criar um relacionamento diário com o seu cliente

Dentre os conteúdos que você pode enviar por este canal, destaque para: 

  • Ofertas exclusivas;
  • Conteúdos educativos relevantes, como receitas e dicas que despertarão o interesse e a curiosidade do cliente;
  • Informações variadas relacionadas à mudanças no horário de funcionamento, inaugurações e/ou campanhas especiais;
  • Produtos novos que acabaram de chegar no mercado e/ou produtos que já faziam parte do seu mix, mas que estão em promoção, e muito mais.

Entenda que o WhatsApp é mais um canal de comunicação entre você e o seu cliente. Ele está presente nos celulares de 99% das pessoas e deve fazer parte da sua estratégia de marketing.

Porém, para que você tenha sucesso nessa plataforma, é muito importante criar estratégias para os seus clientes adicionem o número de WhatsApp do seu negócio. É isso que vamos sugerir abaixo.

5 dicas para divulgar o WhatsApp do seu supermercado

1. Divulgar o QR Code e o número do WhatsApp na loja 

Para divulgar o WhatsApp do seu supermercado, lembre-se de acrescentar o QR Code e o número do WhatsApp em todos os materiais da sua loja. 

Você pode criar uma placa de acrílico e deixá-la exposta nos caixas, assim como na entrada do seu supermercado. Também, acrescente essas informações no seu encarte, panfletos e demais materiais de comunicação.

Além disso, ao acrescentar essas informações, coloque uma chamada convincente para os seus clientes terem vontade de adicionar o WhatsApp do seu supermercado. Por exemplo:

“Adicione o [nome do supermercado] no WhatsApp, nos dê um ‘oi’ por lá e receba ofertas exclusivas!” 

2. Contar com o apoio dos colaboradores para divulgarem o WhatsApp 

Além de divulgar o WhatsApp via materiais na sua loja, lembre-se que é muito importante contar com um time engajado, que entenda a importância do WhatsApp para o seu negócio.

Por isso, reforce aos seus operadores de caixa e demais funcionários sobre o papel que eles têm em divulgar o WhatsApp do supermercado. Na hora que o cliente estiver passando o produto no caixa, o profissional pode falar rapidamente sobre o WhatsApp, citando as vantagens que o cliente terá caso se comunique com a loja por este canal.

3. Divulgar o WhatsApp via SMS e demais canais diretos

Outra dica importante para ter sucesso na hora de divulgar o WhatsApp do seu varejo é utilizar outros meios de comunicação diretos para fazer essa disseminação. Um que pode trazer muitos resultados instantâneos é o SMS.

De rápida leitura e altamente objetivo, o SMS oferece: entrega imediata, leitura de no máximo 3 minutos e taxa de abertura que chega a até 98%. Basta preparar mensagens assertivas, que despertem a curiosidade e o senso de urgência aos clientes. Assim, você terá ótimas chances de aumentar o engajamento do WhatsApp do seu supermercado.

Por exemplo: “Quer ofertas exclusivas? Então fale com [nome do supermercado] via WhatsApp e fique por dentro das novidades! Adicione nosso número/acesse o link e nos dê um ‘oi’”

Ps: se você já for cliente Mercafacil, fale com o seu consultor! Ele poderá te ajudar a redigir mensagens de SMS ideais para aumentar o engajamento do seu WhatsApp. 

4. Postar um conteúdo interessante nas redes sociais e instigar as pessoas para adicionarem o WhatsApp para saberem mais sobre o assunto

Outra forma de divulgar o WhatsApp do seu supermercado é instigando a curiosidade dos seus clientes via redes sociais. Você pode, por exemplo, postar a foto de uma receita deliciosa nas suas redes e, na legenda, acrescentar algo como: 

“Quer saber como preparar esse prato? Então acesse o nosso link do WhatsApp/adicione o nosso número e tenha acesso a esse e muitos outros conteúdos exclusivos”. 

5. Criar um sorteio em que uma das regras é a pessoa comunicar-se com a sua loja via WhatsApp  

Além dos conteúdos educativos e que despertam o interesse e a curiosidade dos clientes, você pode apostar em sorteios para aumentar o engajamento do seu WhatsApp. 

Como fazer isso? 

Na hora de criar as regras para o sorteio, basta acrescentar uma que seja relacionada com o WhatsApp. Por exemplo: “Para participar do sorteio, você deve nos chamar no WhatsApp e mandar a mensagem ‘quero participar’”. Entende? 

É hora de divulgar o WhatsApp do seu supermercado! 

Pois bem, agora você já sabe mais sobre como divulgar o WhatsApp do seu varejo de forma mais assertiva, certo?! 

Porém, se você ainda tem dúvidas sobre como utilizar essa ferramenta como uma poderosa estratégia no seu negócio ou está em busca de soluções personalizadas para o seu varejo, entre em contato conosco e saiba como podemos te ajudar. 

Com a plataforma da Mercafacil, além de contar com todo o suporte dos nossos consultores na hora de redigir suas mensagens, você encontra planos que vão de 4.000 a 20.000 disparos de mensagens diárias via WhatsApp. 

Basta escolher o mais adequado para as suas necessidades e colher os frutos de fazer uma boa estratégia de comunicação via essa ferramenta!

Como transformar um momento de adversidade em um período de crescimento? Pois bem, que tal buscar boas parcerias e soluções inovadoras para o seu negócio? Pelo menos foi assim que a Lealtex, empresa de 60 anos de história, aumentou suas vendas no primeiro semestre de 2020.

Ainda, de quebra, a marca tornou o relacionamento com os seus clientes mais forte e passou a compreender melhor o perfil de cada um dos seus consumidores. Vem conhecer um pouco mais sobre essa história de sucesso e inspire-se!

60 anos de história, mas sempre buscando por melhorias

Como o próprio gerente geral da Lealtex, Reginaldo Veridiano de Aquino diz, a empresa tem “60 anos de crescimento, de ascensão e de uma belíssima história”. Ademais, ela já é mais do que consolidada nos setores de cama, mesa, banho, utilidades domésticas e adornos, e conta com 17 lojas espalhadas por Belo Horizonte, Sete Lagoas, Betim e Contagem.

Mas por que estamos te contando tudo isso? Para te mostrar que até mesmo as empresas já consolidadas e com muitos anos de estrada também podem potencializar e alavancar ainda mais os seus índices.

E foi assim, buscando por essa constante melhoria, que a Lealtex encontrou na Mercafacil uma excelente parceira. O objetivo era passar a atender seus clientes de maneira ainda mais assertiva e, ao mesmo tempo, melhorar os seus números de faturamento.

Dessa forma, além do Clube de Descontos da Mercafacil, a Lealtex também contratou os serviços de hotsite, SMS e WhatsApp da startup. O resultado? A empresa aumentou suas vendas e a parceria, que já tem cerca de um ano e meio, deve durar por muito mais tempo.

Como a Lealtex aumentou suas vendas e passou a ter 60% de identificação do seu faturamento

Compreender melhor os seus clientes foi um dos fatores decisivos para a Lealtex alavancar os seus resultados. Segundo o gerente geral da marca:

Em 60 anos, a gente acredita que conhece os nossos clientes, né? Mas a Mercafacil veio nos mostrar que conhecer os nossos clientes de forma ‘superficial’ e realmente compreender e entender quem são eles são coisas bem diferentes

Reginaldo Veridiano de Aquino, gerente geral da Lealtex

Segundo Reginaldo, utilizando a plataforma da Mercafacil, a Lealtex aumentou suas vendas e passou a entender:

  • Como os clientes compram;
  • Quando que eles vão até a loja;
  • Onde eles moram;
  • Quais produtos consomem mais;
  • Com qual frequência eles vão até a loja;
  • Qual o valor médio das compras, entre outros.

Dessa forma, com todos esses dados, entre janeiro e abril, as lojas somaram cerca de 60% de identificação do faturamento

E por que isso é tão importante para a marca? O próprio gerente explica:

Com esse conhecimento nós conseguimos fazer a compra certa, as ações certas de preço e trazer nossos clientes com totalidade para as nossas lojas

Reginaldo Veridiano de Aquino, gerente geral da Lealtex

Com o suporte da Mercafacil, a Lealtex aumentou suas vendas em plena pandemia. Como isso foi possível? 

Reginaldo define a parceria com a Mercafacil como “fundamental” durante o período da pandemia. Isso acontece porque, de acordo com o gerente, utilizando as ferramentas da startup, “nós conseguimos entrar em contato com os nossos clientes de forma muito rápida e com um retorno de resposta também muito rápido”, comenta.

Então, com todo o suporte tecnológico da Mercafacil, a Lealtex pôde direcionar os seus clientes para as lojas que estavam fazendo delivery ou permitindo a retirada de produtos. Para isso, usaram os filtros de localização oferecidos pela plataforma da Mercafacil.

Assim, a Lealtex aumentou suas vendas. Ela identificou a proximidade da residência dos clientes com cada loja que estava oferecendo esses serviços. “Foi tudo muito rápido, o retorno foi fantástico e nós tivemos um bom resultado com isso”, diz o gerente, que complementa, “conseguimos realmente aquecer as vendas nesse momento tão complicado e delicado”.

Sim, o cliente está pronto para a tecnologia!

Ademais, o último serviço da Mercafacil contratado pela Lealtex foi o do WhatsApp. E, dentre os inúmeros pontos positivos que ele trouxe para a marca, um dos grandes destaques pontuados por Reginaldo foi: “é impressionante como o cliente está pronto para isso”, diz.

Para a Lealtex, o retorno da utilização da ferramenta foi imediato. “Você entra em contato com o cliente e, na mesma hora, ele retorna com dúvidas, querendo saber mais informações e muito abertos a todas essas informações onlines”, ressalta. 

O WhatsApp permitiu que a Lealtex tivesse uma aproximação em tempo real com os seus clientes, ação muito valorizada pela empresa. 

Confira na íntegra o depoimento do gerente geral da Lealtex: 

Com a Mercafacil, a Lealtex se aproximou do seu cliente, aumentou suas vendas e passou a identificar 60% do seu faturamento

Fazer a diferença em uma empresa com 60 anos de história e já consolidada não é para qualquer um. Mas a Mercafacil, com seus bons resultados, efetivamente conquistou a confiança da Lealtex.

“A Mercafacil veio realmente para somar. A cada dia que passa nós estamos aprendendo mais e melhorando a utilização de cada ferramenta contratada. Os resultados estão sendo ótimos”, celebra Reginaldo, que recomenda: “vale a pena contratar a Mercafacil. Você precisa mais do que conhecer o seu cliente, você precisa entendê-lo. Assim, você consegue criar as estratégias certas, as ações certas, e as compras certas para o seu negócio”, finaliza.

Então, gostou de conhecer um pouco mais sobre essa parceria vitoriosa? Pois bem, que tal tornar a sua empresa o próximo case de sucesso aqui no nosso blog? Agende agora mesmo uma consultoria gratuita com os nossos profissionais do varejo e saiba como podemos te ajudar nessa missão. 

Saber quais são e como utilizar os canais de venda digital no seu varejo é um conhecimento de extrema relevância para o momento atual. Porém, mais do que isso, essa tendência de “compras à distância” veio para ficar.

A questão é: todos sabíamos que a mudança para o online chegaria. Ainda assim, ninguém esperava que tudo seria de forma tão rápida e brusca. Em matéria recente da Folha de São Paulo, a repórter Iara Biderman conversou com consultores de tendências.

Dentre eles, um dos entrevistados foi Luiz Arruda, Head da WGSN Mindset, empresa de autoridade global em análises e previsões de tendências. Segundo ele, nós “vivemos uma antecipação do que foi apontado para 2021 e 2022”.

Neste cenário, quem saiu na frente foram os varejistas que, de alguma forma, já estavam mais preparados para atender essas demandas. Ou seja, aqueles que já buscavam soluções e canais de venda digital para fechar os seus negócios mesmo antes da pandemia.

Para eles, que já estavam mais preparados, foi necessário aumentar a mão de obra e encontrar uma forma de organizar os pedidos (o picking, o packing e a entrega). Ademais, como já tinham uma boa estrutura online, conseguiram se adaptar de forma mais ágil e eficiente.

Para os outros varejistas, deu-se início a corrida contra o tempo. Afinal, ficar de fora dessa nova tendência de consumo não era uma opção. Mas como fazer isso? Confira o nosso artigo e saiba mais sobre como levar o seu negócio para o ambiente virtual e, também, conheça quatro dos principais canais de venda digital.

Como e por onde começar a atuar pelos canais de venda digital?

Talvez a dica mais relevante para quem está cogitando se vale a pena, ou não, apostar em soluções online para o seu negócio é: comece o quanto antes.

Seja qual for o tamanho do seu varejo, é fundamental estar online e oferecer soluções práticas para os consumidores.

Se estruture, se planeje e, aos poucos, comece a fazer parte do cenário online. Sem dar um passo maior do que a perna, mas apostando na tecnologia. Pense nos processos mais críticos, como o estoque e a separação dos produtos, e comece a buscar as melhores soluções para eles. 

Não sabe por onde começar? Então busque por empresas especializadas no assunto, que entendem o seu negócio e estão dispostas a trazer as melhores opções para agregar valor à sua marca.

4 canais de venda digital e/ou remota que você precisa conhecer

Ademais, vale lembrar que os pontos de venda físicos não vão morrer. Dario Caldas, consultor e fundador do Observatório de Sinais também entrevistado para a matéria da Folha de São Paulo citada anteriormente, comenta que “a retomada do varejo será com formas híbridas, consumo online associado a ponto de venda físico”.

Assim, para ficar por dentro dos principais canais de venda digital que podem funcionar muito bem para a sua empresa, vamos te falar um pouco sobre os prós e contras de quatro deles. Acompanhe: 

WhatsApp

Você sabia que o WhatsApp pode ser uma poderosa ferramenta de vendas para o seu supermercado?

Sendo amplamente utilizado pela população – segundo pesquisa da Panorama Mobile Time/Opinion Box, o WhatsApp está instalado em 99% dos celulares no Brasil – ele apresenta uma fácil usabilidade e é um velho conhecido pela sua base de consumidores.

Esses são os pontos positivos de utilizar esse app para as suas vendas. Porém, como ponto negativo, tudo deve ser feito de forma manual. Assim, ele pode ser excelente para os consumidores, mas complexo para os lojistas conseguirem “manter a ordem” nos pedidos online.

Quer saber mais sobre como aumentar a receita da sua loja com WhatsApp? Então confira esse artigo que fizemos sobre o assunto.

Televendas

Assim como o WhatsApp, o televendas apresenta uma fácil usabilidade. Ele organiza e gerencia os pedidos do cliente e apresenta uma rápida implementação. É uma ótima pedida para quem quer começar a vender remotamente, mas não pode esperar todo o tempo de implementação de um e-commerce próprio.

Nós, da Mercafacil, oferecemos um serviço de televendas e, com ele, os clientes podem realizar pedidos online através do smartphone, computador ou aplicativo Mercafacil. Os consumidores podem navegar com facilidade, selecionando a loja e adicionando produtos ao carrinho.

Ainda, há a possibilidade de escolher entre receber as compras em casa ou pegá-las na loja e selecionar o melhor horário (modelo clique e retire em loja). Com o televendas, a experiência do cliente vem em primeiro lugar. 

Se você quer saber mais sobre esse nosso serviço, agende agora mesmo uma reunião gratuita com um dos nossos consultores e saiba como o televendas pode ser um excelente canal de vendas remotas para o seu negócio.

Como ponto fraco, o televendas apresenta um processo menos automatizado, assim como o WhatsApp.  

– Confira também: 5 motivos para implantar o televendas no supermercado

Exemplo real do televendas de um cliente Mercafacil
Exemplo real do televendas de um cliente Mercafacil

Marketplace / Super aplicativos

Outro dos canais de venda digital que não poderíamos deixar de falar são as vendas feitas pelos marketplaces e super aplicativos. Neles, há uma simplicidade de você apenas acrescentar a sua marca no app, pois ele já está pronto – e já está funcionando muito bem, obrigado.

Para exemplificar, podemos citar o IFood. Ele já existe e, caso você queira acrescentar o seu negócio lá, você pode. Para isso, você deve pagar uma taxa e seguir as orientações do marketplace.

Essa pode ser uma opção para tornar o seu varejo mais conhecido, porém, como ponto negativo, você não entrará em contato com o cliente, quem fará isso é o próprio aplicativo. Nesse formato de vendas, você deve lembrar que os seus produtos estão sendo comercializados por outra marca. 

E-commerce próprio

O e-commerce próprio é uma extensão da sua loja física. Integrado com todo o seu sistema, ele é 100% da sua marca. Assim sendo, conta com toda a sua base de informações, seu design e sua forma de se comunicar com o seu consumidor. 

O lado bom – ou ruim – é que ele carrega toda a sua marca para o ambiente online. Ou seja, mesmo que o seu supermercado seja iniciante nesse ambiente remoto, ele deve transmitir a mesma experiência de compra da sua loja física, que já pode existir há anos. E há um peso e uma responsabilidade nisso. 

Todavia, a criação do e-commerce próprio pode exigir um maior tempo de implementação e investimento financeiro. Esse tempo depende de algumas variáveis, como o tamanho das lojas e o quanto a rede já está preparada para adentrar ao mundo virtual. Confira:

  • Para redes que já apresentam uma operação logística pronta e um estoque preparado: é possível fazer acontecer entre 14 e 30 dias.
  • Em lojas em que ainda é necessário investir no estoque e no operacional, o tempo de implantação pode ser de 30 a 60 dias.
  • Para lojas que ainda estão na fase de fazer o inventário e fechar contratos, o tempo pode aumentar para entre seis meses e um ano. 

Ademais, em lojas de porte grande, é muito difícil implementar um e-commerce antes de 90 dias. Ainda assim, o tempo varia muito de acordo com interesse do próprio supermercadista, do quanto ele está disposto a se dedicar a isso e, também, da empresa ou dos profissionais que estão desenvolvendo o e-commerce.

IMPORTANTE: Os canais de venda digital são complementares!

Agora que você já sabe um pouco mais sobre quatro dos principais canais de venda digital, é essencial destacar que: eles não são concorrentes, são complementares.

Ou seja: você pode, sim, investir e estar presente em mais de um deles. Sem medo. Afinal, quanto mais fácil for para o seu cliente conseguir fazer as compras, melhor é para o seu negócio. E em quantos mais canais você tiver, mais facilmente você será encontrado.

Por fim, o ideal é aproveitar os prós de cada um deles e oferecer uma experiência completa e positiva para o consumidor. E, é claro: garantir as suas vendas!

Então, gostou do nosso material? Já utiliza algum desses canais de venda digital no seu supermercado? Deixe aqui seu comentário e compartilhe conosco como está sendo essa experiência de levar a sua marca para o ambiente virtual.