Gestão

5 principais erros que todo varejista deve evitar

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Não evitar alguns erros no varejo pode impactar diretamente o seu negócio.

O varejo brasileiro é um dos grandes responsáveis pela geração do PIB brasileiro, atuando como protagonista em toda a economia nacional.

Isso significa dizer que, via de regra, o varejo possui excelentes resultados na economia, mas nem por isso é possível se descuidar de como ter um varejo de sucesso.

Acreditando simplesmente no potencial do setor, muitos varejistas acabam cometendo erros que podem prejudicar o negócio de maneira definitiva. Por isso, conheça os cinco principais erros que todo varejista deve evitar!

Não definir um planejamento de negócio

Sem um planejamento de negócio seu varejo tem poucas chances de atingir resultados realmente positivos e, principalmente, escaláveis.

Isso significa que sem o planejamento você estará muito mais dependente da sorte e de outros fatores incontroláveis do que do seu próprio trabalho e qualidade de serviço.

O resultado disso? Menos vendas, resultados instáveis e uma dificuldade cada vez maior em permitir que o negócio se mantenha.

O planejamento do negócio deve ser realizado o quanto antes e contar com objetivos, metas, missão, valores, prazos e ferramentas de controle, garantindo o máximo de aproveitamento e evitando erros no varejo.

Ter metas que não condizem com a realidade

Se por um lado não ter metas e objetivos é um erro que o varejista deve evitar, ter metas que não condizem com a realidade também faz parte da lista.

Muitas vezes um varejista imagina que seu negócio será muito mais bem-sucedido do que realmente acontecerá e, com isso, faz investimentos muito grandes para alcançar esse objetivo.

Com isso, o resultado é de uma imobilização e até mesmo desperdício de recursos, fazendo com que o negócio perca competitividade e saúde em geral.

Além disso, metas exageradas são transferidas aos vendedores, que precisam vender muito mais em menos tempo e que acabam passando isso para o cliente.

Não conhecer quem são os clientes

Como um varejista pretende vender se ele sequer sabe quem são os clientes ou do que eles gostam?

isso, um erro que deve ser evitado a todo custo é a falta de conhecimento sobre o perfil do cliente.

Do que o cliente gosta, quando ele compra, como ele paga e o que ele espera são apenas alguns dos fatores que precisam ser conhecidos para que o varejo tenha chance de sucesso.

Sem esse conhecimento é impossível direcionar as vendas e, portanto, reduzem-se as chances de fechar negócio.

Não conhecer o cliente também impede que campanhas de marketing realmente efetivas sejam realizadas.

Não investir no ambiente

O processo de compra é influenciado por uma série de fatores e dentre eles o ambiente de vendas conta bastante.

Se o ambiente parecer pouco atrativo, os clientes sequer considerarão entrar no local.

Já se o ambiente for bagunçado e confuso, os clientes sentirão pouco interesse em adquirir qualquer produto.

Por isso, é importante que o varejista invista no ambiente para que ele seja agradável, confortável e atrativo.

É preciso que o cliente queira estar no local e se sinta satisfeito com a experiência como um todo, pois isso aumenta as chances de venda.

Dimensionar o estoque incorretamente

O estoque é como se fosse o coração do varejo e qualquer problema com ele influenciará diretamente nos resultados.

Por isso, quando o varejista não dimensiona o estoque corretamente ele fica exposto ao desabastecimento (rupturas de gôndolas) ou então à imobilização de recursos do negócio (congelamento do capital de giro caso os produtos não sejam vendidos como esperado).

Com isso, um estoque pequeno demais faz com que os clientes não possam comprar aquilo que desejam, desperdiçando uma oportunidade de negócio.

Já um estoque grande demais faz com que o varejo perca liquidez e tenha sua capacidade de investimento diminuída, por exemplo.

Por isso, o ideal é atuar de modo a realizar uma gestão efetiva do estoque, garantindo o máximo de resultados.

Os principais erros que todo varejista deve evitar incluem questões como a falta de planejamento, de investimento no local e de conhecimento sobre os clientes.

Ao evitar esses erros no varejo, maiores são as suas chances de ver o seu negócio decolar e estar sempre com ótimos resultados de vendas, prevenindo a perda de clientes.

Consegue se lembrar de algum outro erro? Dê a sua opinião!

Co-Fundador e Diretor Executivo da Mercafácil. Graduado em Engenharia Mecânica com pós-graduação em Engenharia de Negócios e MBA's nas áreas de Orientação de Mercado na ESADE Business School, em Barcelona, e Inteligência de Negócio e Análise de Dados pela Universidade Positivo.

Write A Comment