Author

Ramon Maia

Browsing

Pensar constantemente em ideias para fidelizar clientes certamente é algo que faz parte da rotina de grande parte dos supermercadistas.

A concorrência tem crescido, os clientes têm mudado e o setor se atualizado. Dentro desse cenário é importante continuar inovando para não ficar para trás no mercado e perder clientes.

Para te ajudar nessa questão, um software de gestão de clientes pode ser importante para estimular a fidelização dos seus clientes.

Ideias para fidelizar clientes com um software de gestão de clientes

Um dos principais objetivos da gestão de clientes é evitar a perda de clientes por meio da fidelização. Um software de gestão servirá como base de dados para que você retire insights para criar suas ações.

Conhecer os clientes já é um passo importante para fidelizá-lo e, aliado às boas ações, sua loja pode conseguir mais sucesso que o desejado.

Confira algumas ideias de ações que pode aplicar na sua loja para fidelizar os consumidores.

Ideias para fidelizar clientes | Ofertas segmentadas

Criar segmentações é uma das funções mais importantes de um software de gestão de clientes. As segmentações além de serem capazes de melhorar os resultados das ações contribuem para a relação com o cliente.

Para os clientes, receber as ofertas dos produtos que eles costumam comprar é uma praticidade. Para você é uma maior possibilidade de efetuar uma venda. Ou seja, trabalhar com esse tipo de ação traz benefícios para ambos os envolvidos.

Um bom software possibilita que você crie uma série de segmentações e possa atingir grande parte da sua base de clientes.

Quanto mais campanhas segmentadas você realizar na sua loja, mais os seus clientes irão perceber essa sua preocupação em oferecer para eles produtos que costumam comprar.

Além disso, para melhorar ainda mais os resultados você pode oferecer a eles produtos relacionados aos que já compram para estimular o aumento do ticket médio.

A junção de todos esses fatores é que irão contribuir para que você consiga melhorar a fidelização na sua loja com as segmentações.

Ideias para fidelizar clientes | Ações para melhores clientes

Não ver o cliente como apenas mais um cupom na sua loja já é um primeiro passo para fidelizá-lo. Por essa razão que o cadastro de clientes é tão importante para a sua loja de modo geral.

Depois de ter os dados de compra dos consumidores e criar ações segmentadas de acordo com suas preferências, você precisa analisar quais foram os impactos na sua loja. Ou seja, você usa dados para gerar novos dados que servirão para melhorar seus resultados cada vez mais.

Com isso, você pode descobrir quem são os melhores clientes da sua loja. O software de gestão de clientes da Mercafácil, por exemplo, já tem uma página específica que traz essa informação em forma de ranking, de acordo com o faturamento dos clientes.

É muito importante valorizar os clientes que mais geram resultados para a sua loja, afinal são esses clientes que você não pode perder de jeito nenhum.

Para eles você pode criar ações exclusivas, com o objetivo de torná-los ainda mais fiéis a sua loja.

Você pode convidá-los para um café da manhã na sua loja ou para uma degustação de novos produtos, por exemplo.

Criar um cupom de desconto para esses consumidores é uma outra opção para levá-los até a loja e contribuir para a fidelização.

Outra ideia para fidelizar clientes é criar encartes especiais com os produtos mais consumidos por esse grupo. Você pode enviar para eles via SMS as ofertas, o link para o encarte e os agradecer por serem os melhores clientes da loja.

Com esse grupo segmentado você pode criar uma série de ações para impulsionar a fidelização desses bons clientes.

Ideias para fidelizar clientes | Resgate de clientes inativos

Trabalhar o resgate de clientes inativos é extremamente importante para melhorar a fidelização do seu supermercado.

Isso acontece porque você demonstra que se importa com os compradores. Quando você entra em contato com o consumidor após um tempo sem comprar, ele se sente especial.

Pode parecer um ato simples, mas em muitos casos o cliente lembra disso e sempre que precisa fazer compras, consequentemente se lembra da sua loja.

Mas como colocar isso em prática? Você vai precisar acessar o seu software de gestão de clientes e segmentar os clientes que não compraram nos últimos 30, 60 ou 90 dias, você decide.

Após isso, você pode criar ações especiais para seus clientes com o objetivo de trazê-los novamente para sua loja.

Algumas dicas para fidelizar clientes inativos é fazer ofertas de acordo com seus hábitos de compra. Você pode criar um encarte de produtos de curva A com preço atrativos, por exemplo.

Se você colocar algumas dessas ideais para fidelizar clientes, certamente vai melhorar a fidelização da sua loja.

Mas, antes de você começar que tal aprender um pouco mais com um de nossos ebooks? Baixe agora gratuitamente nosso Guia Prático para Fidelizar Clientes!

Adotar uma estratégia de gestão de clientes traz benefícios para diversos setores da sua loja. O marketing de supermercado é um dos exemplos de áreas que contam com essa abordagem para melhorar seus resultados.

Essa estratégia, que tem como objetivo principal diminuir a perda de clientes, tem muitos pontos convergentes com o marketing.

Além disso, é importante lembrar que os dados gerados podem contribuir para a gestão de estoque, negociações, entre outras questões da sua loja.

Como a gestão de clientes contribui em várias áreas da sua loja

A gestão de clientes tem essa característica de ser multifunção porque lida diretamente com o consumidor.

O cliente pode apenas entrar na sua loja, escolher os produtos, pagar e ir embora, mas é isso o que você quer? Porque se for, o cliente pode fazer isso na sua loja, assim como faria em todas as outras da cidade.

Comprar produtos que ele deseja é o objetivo final do cliente e para isso grande parte das lojas pode atendê-lo nessa questão. Um dos papéis da gestão de clientes é fazer com que o cliente escolha especificamente a sua loja para essas compras.

Para isso, o cliente precisa ter uma boa experiência de compra no seu supermercado. Nessa questão, vários setores estão incluídos para que o cliente tenha uma experiência agradável. É nesse ponto que a gestão de clientes mostra sua multifuncionalidade.

Uma das áreas envolvidas é o estoque. Você conseguirá administrar principalmente a ruptura de gôndola, já que agora você terá acesso aos produtos mais consumidos da sua loja com maior facilidade.

Com essa mesma usabilidade, o comercial da sua loja pode melhorar as negociações com fornecedores. Além disso, outra opção é criar ações em parceria com a indústria.

A previsibilidade financeira é outra questão que uma solução de gestão de clientes pode te ajudar. Isso acontece porque você terá acesso rápido e fácil a dados do seu faturamento, ticket médio, entre outros indicadores financeiros.

Estar atento a essas questões garantem que você esteja preparado para sazonalidades, por exemplo.

Já para o marketing, uma estratégia de gestão de clientes pode contribuir em vários aspectos. Alguns exemplos são: comunicação com o cliente, criação de ações, personalização e relacionamento.

Gestão de clientes e marketing de supermercados

Certamente você já sabe que a gestão de clientes é uma solução de ponta a ponta. Isto é, criação de base e cadastro de clientes, análise dos dados, inteligência promocional e  criação de campanhas, além da mensuração de ações.

Para começar essa relação já temos o lançamento de um programa de fidelização que servirá para captar as informações dos clientes. Além disso, também é uma estratégia de marketing de relacionamento com os consumidores.

Já com um software de gestão de clientes você abre um leque de oportunidades para a sua loja explorar ações. Aí, novamente, o marketing da sua loja entra em cena e precisa criar as campanhas, mas agora com base nos dados de consumo dos seus clientes, coletados na plataforma.

Isso contribui para que os seus resultados sejam melhores e seus clientes se tornem mais fiéis a sua loja.

Quando se fala em criar ações para supermercados existe uma série de opções que podem ser exploradas. Sejam elas de vendas ou mesmo de relacionamento com os clientes.

Criação de ações de marketing para supermercados

O marketing é o setor responsável para criação dessas ações. Ou deveria ser, já que é um setor muito importante para todas as empresas.

Criar um encarte, por exemplo, é um dos métodos mais tradicionais de atrair clientes para supermercados.

Na hora de escolher os produtos que vão compô-lo você pode acessar a página de produtos mais consumidos no seu software de gestão de clientes. Dessa forma, você pode ter um direcionamento na hora da escolha de produtos.

Além disso, também é possível usar a funcionalidade de geolocalização para explorar melhor as oportunidades. O ideal é que essa estratégia de atração seja feita em regiões em que sua loja ainda tem poucos clientes.

A principal função e a que possivelmente gera os melhores resultados para você é criar segmentações. Certamente você já sabe que campanhas segmentadas têm resultados muito melhores do que campanhas genéricas, já que oferecem o produto certo para o cliente certo.

Aliado a isso, a personalização na comunicação e nas ofertas também é algo que traz benefícios para o seu relacionamento com os clientes.

Na verdade esse tipo de ação em si já contribui, pois mostra que você está atento às preferências do seu consumidor. Essas ações é que irão contribuir para a retenção e fidelização dos seus clientes.

Para ações no PDV você também gera oportunidades. Alguns exemplos são: ações para melhores clientes, como um café na loja,  estímulo de produtos com melhor margem, relacionamento, entre outros.

Otimização de investimentos em marketing

gestão de clientes tem papel muito importante na otimização de investimentos em marketing. Isso acontece porque ela contribui para melhorar a efetividade das ações da sua loja.

Na prática isso ocorre, pois você agora usa os dados coletados para planejar as suas campanhas. Como você conhece os seus clientes, se torna mais fácil oferecer os produtos certos para eles e também atraí-los para a loja.

As segmentações também contribuem para que os seus investimentos retornem mais ganhos para seu supermercado. Com isso, você pode criar campanhas para clientes com mais chances de  comprar e, consequentemente, garante melhores resultados para você.

Além disso, contribui com insights de oportunidades que sua loja pode aproveitar. Por exemplo, impulsionar aumento do ticket médio ou de um setor específico.

O marketing de supermercado está em constante atividade para que a loja se mantenha cheia durante todo o mês, de uma forma que seja vantajoso tanto para você, supermercadista, quanto para os clientes.

Quer saber mais sobre como a gestão de clientes pode te ajudar a melhorar seus resultados? Agende uma consultoria com um dos nossos consultores e descubra! 

Para que você aumente suas vendas, um bom primeiro passo é ter um calendário promocional para a sua loja.

Planejar suas ações com antecedência além de melhorar seus resultados contribui para identificar e aproveitar oportunidades. Dessa forma, é possível aumentar suas chances de sucesso.

As datas comemorativas são um ótimo exemplo e no mês de março não faltam chances para você aumentar as vendas e movimentar sua loja. Confira no post de hoje algumas ideias de ações que separamos para você!

Aumente suas vendas no mês de março

Antes de planejar as suas ações é importante ter em mente que apenas abaixar os preços não é o suficiente. Aplicar uma precificação estratégica e campanhas segmentadas são alguns exemplos de caminhos a serem seguidos.

As ofertas além de aumentar as vendas na prática precisam ser pensadas para aproximar o relacionamento com os clientes. Por essa razão as datas comemorativas são ótimas oportunidades para que você melhore os resultados da loja.

05/03 Carnaval 🎉

O Carnaval é uma data comemorativa que movimenta bastante o Brasil e no varejo não é diferente. Por conta disso, você não pode deixar de colocar sua empresa no clima dessa festa para aumentar as vendas.

Por falar em clima de festa, que tal decorar sua loja nessa data? Essa pode ser uma boa ideia para aproximar os clientes da sua loja.

Você pode criar materiais personalizados com o tema de Carnaval, como etiquetas de gôndola, adesivos de chão, camisetas para os funcionários e encartes.

Se você já tem a cultura da análise de dados na sua empresa a um certo tempo, pode tornar suas ações mais efetivas neste ano. Selecionar o período do Carnaval do ano passado e identificar os produtos mais consumidos pode ser uma boa base para a criação de um encarte especial para a data.

Caso isso não seja possível temos algumas ideias que também podem te ajudar (confira todas aqui). Produtos dos setores de bebidas frias e açougue costumam ter ótima saída. Investir em campanhas para esse tipo de item certamente pode contribuir para o aumento do seu faturamento nesse período.

08/03 Dia internacional da mulher 👩

As mulheres merecem respeito todos os dias, mas especialmente nessa data que é destinada a todas elas. Certamente você não vai deixar de participar desse dia tão especial.

Uma opção é criar uma segmentação das mulheres cadastradas na sua base de clientes e enviar para elas um SMS as parabenizando pelo seu dia. Esse tipo de ação humaniza sua marca, pois mostra que você se importa com os clientes.

Outra ideia é usar essa segmentação para criar alguns tipos de campanhas. A primeira ideia é enviar um cupom de desconto para elas. Você também pode optar por enviar uma mensagem como essa:

“Feliz dia da mulher. Apresente esse SMS no caixa e ganhe 10% de desconto na sua compra de hoje”

Um encarte especial com produtos para presentear as mulheres também pode trazer bons resultados. Você pode selecionar produtos como chocolates, flores e até mesmo buscar pelos produtos que elas mais consomem e poderiam ser presenteadas.

Outra ideia é criar KITs para estimular ticket médio. Em um deles você pode apostar em produtos de cuidado femininos, no outro em produtos que clientes poderiam comprar para as mulheres, como vinhos e chocolates, por exemplo. Ações não faltam, vale escolher a que melhor se encaixa com a necessidade da sua loja nesse momento.

15/03 Dia mundial do consumidor 🛒

Esse é um dia para agradecer os consumidores da sua loja pela confiança no seu trabalho. Afinal, ele é quem mais importa para a sua empresa.

Uma ação simples, mas que pode gerar bastante identificação com os clientes é o envio de um SMS de agradecimento. Você pode optar por algo parecido com essa mensagem:

“Obrigado por escolher o supermercado X no seu dia a dia, parabéns pelo dia mundial do consumidor!”

Outra opção é criar uma série de promoções na sua loja neste dia. Você pode selecionar os produtos mais consumidos da sua loja e criar um encarte especial. Utilize a data para criar um senso de urgência no seus clientes, algo como: “Só hoje, no dia mundial do consumidor você encontra o produto X por YY reais”.

Você também pode identificar na sua plataforma de gestão de clientes quem são os melhores clientes da sua loja. Após isso, você pode convidá-los para ações especiais. Um exemplo desse tipo de ação é um café da manhã na loja.

20/03 Início do outono 🍂

O início do outono pode acabar com a felicidade de alguns que preferem as temperaturas altas. Mas também pode alegrar aqueles que preferem as temperaturas mais amenas.

Todas as estações trazem novas oportunidades para a loja, principalmente no setor de FLV. O outono, por exemplo, é uma boa estação para produtos como: kiwi e maracujá. Você pode aproveitar esses e outros da estação para gerar mais vendas na sua loja.

Outro setor que pode contribuir para que você aumente suas vendas durante o mês é o de bebidas quentes. Você pode segmentar os clientes que consumiram algum item desse tipo nos últimos 60 dias e enviar para eles ofertas segmentadas.

22/03 Dia mundial da água 💦

Essa data comemorativa pode ser de grande valor para humanizar sua marca e trabalhar o seu branding. Isso pode contribuir para um relacionamento ainda mais próximo com os clientes.

Uma opção de ação para esse dia especial é usar as redes sociais. Você pode criar uma série de posts com dicas de economia de água, por exemplo. Ou até mesmo dos benefícios do consumo da água.

Se preferir, pode usar o próprio PDV para sua campanha de uso consciente da água. Adesivos de chão e cartazes podem ser boas opções para você.

25/03 Dia Nacional do Orgulho Gay 👬

Essa data comemorativa segue a mesma ideia de trabalhar o branding e posicionamento de marca.

Você pode levantar a bandeira de que a sua loja não é lugar para preconceito e que você trata todos os clientes da mesma forma.

Para isso, as redes sociais possivelmente são o melhor caminho para você e podem gerar uma grande repercussão nos seus perfis.

26/03 Dia do cacau 🍫

É difícil achar quem não goste de chocolate, não é mesmo? Por isso, essa data comemorativa pode contribuir para você trazer um grande movimento para a sua loja.

Como os chocolates são os produtos mais populares derivados do cacau, você pode aproveitar para fazer uma campanha segmentada desses itens.

Basta você acessar sua plataforma de gestão de clientes ou outra que possua e segmentar os clientes que compraram chocolates nos últimos 90 dias. Uma boa ideia é criar um encarte com os produtos mais consumidos e enviar para esses clientes.

Essa também pode ser uma boa chance de aumentar o ticket médio oferecendo chocolates que tem um preço mais elevado, por uma valor um pouco mais acessível. Ou ainda, criar KITs com chocolates variados ou combinações de chocolates com bebidas.

27/03 Dia do circo 🎪

O dia do circo pode fazer a alegria das crianças e trazer nostalgia para os mais velhos. Por conta disso, você não pode deixar de aproveitar essa data comemorativa.

Você pode convidar algumas pessoas para se vestiram de personagens ou contratar profissionais, como palhaço e mágico, e criar um dia de diversão no estacionamento da sua loja. Algumas cidades possuem aulas de circo. Pode ser uma boa opção chamar esses profissionais para dar aulas gratuitas para os clientes que comprarem na loja durante o dia.

Aliado a isso, você pode criar um encarte especial com produtos de bomboniere para seus clientes. Certamente esses itens vão fazer seus clientes relembrarem dos espetáculos de circo.

31/03 Dia da Saúde e Nutrição 🍎

Nos últimos anos tem se falado muito sobre qualidade de vida e saúde. Por essa razão, você não pode ficar de fora do Dia da Saúde e da Nutrição.

Uma das ações que você pode promover nessa data é uma degustação de alimentos saudáveis. Chamar um nutricionista para dar dicas ou criar sessões de perguntas e respostas com clientes ao longo do dia também é uma boa ideia. Outra opção é um pequeno curso para seus clientes com receitas que trazem benefícios para a saúde.

Com as receitas, você também pode criar uma série de publicações em suas redes sociais com receitas mais saudáveis.

Para complementar essa ação, você pode criar um encarte virtual com os ingredientes das receitas que forem postadas.

Aumente suas vendas em vários períodos do mês de março

Como aumentar as vendas de uma empresa é um assunto sempre em pauta. Porém, nem sempre é tão simples encontrar uma resposta para essa questão.

Para tentar solucionar essa situação, criar um calendário promocional e um planejamento antecipado de ações podem te ajudar a identificar oportunidades de melhorar seus resultados.

01/03 Campanha de início de mês 💰

Campanhas de início de mês geralmente são um pouco mais fáceis de trazer bons resultados, já que os clientes recebem o salário, vale alimentação ou outros benefícios para fazer suas compras.

Por essa razão você precisa tentar elevar o seu ticket médio e a quantidade de itens na cesta dessas compras.

Para isso você pode apostar na venda de produtos relacionados, o chamado cross selling. Esse tipo de venda tende a contribuir para os dois fatores que comentamos.

16/03 Campanha de estímulo ao ticket médio 💲

A metade do mês é um período onde as vendas tendem a diminuir um pouco, mas você precisa continuar estimulando seus clientes a comprarem.

Para isso você pode optar pela criação de uma campanha segmentada com o objetivo de aumentar o ticket médio. Algumas opções são ofertas “leve 3, pague 2” ou kits de produtos. Você só precisa escolher os itens, segmentar os clientes que os compraram e enviar as suas ofertas.

Veja um exemplo desse tipo de ação em um de nossos estudos de caso!

21/03 Resgate dos inativos no mês 👱

Trabalhar o resgate de clientes inativos pode trazer ótimos resultados para a sua loja. Para isso, o seu trabalho é simples.

Você pode segmentar os clientes inativos do mês (aqueles que até esta data ainda não compraram nada na sua loja) para que eles não fiquem sem comprar durante março. Após isso, analisar quais são os produtos mais consumidos por esse grupo e criar um encarte especial.

Depois, só criar um pequeno texto convidando o cliente a comprar nesse mês e enviar o link desse encarte.

O resgate de clientes inativos serve para aproximar seu relacionamento com o cliente demonstrando que você se importa com o que ele precisa. Além disso, serve também para dar aquele último gás nas vendas do fim de mês.

Gostou das nossas dicas de hoje? Acha que pode melhorar os resultados da sua loja com algumas delas? Assine nossa newsletter e receba todos os meses oportunidades que seu supermercado pode explorar.

As ações de Carnaval precisam fazer parte do seu calendário promocional para esse ano. Nada de o ano só começar depois do Carnaval na sua loja! O ideal é aproveitar essa data para aumentar suas vendas.

O Carnaval desse ano vai de 01 de março até 06 de março e os seis dias de festa podem gerar diversas oportunidades para sua loja. Escolher bem em quais setores investir e nos tipos de ações podem garantir melhores resultados.

Acompanhe algumas ideais de ações que você pode colocar em prática na sua loja durante as festas de Carnaval.

Prepare ações de carnaval no seu supermercado

Durante esse período você pode alternar entre ações de vendas, campanhas segmentadas e também de relacionamento com os clientes.

Um fator importante também é a sua região: cidades onde tradicionalmente há festas de Carnaval costumam ter maior movimento nessa época.

Esse ano, como a festa será um pouco mais tarde, apenas do mês de março, muitos já colocaram em dia os gastos de fim de ano e estão prontos para novas viagens.

Confira algumas ideias de ações para o Carnaval 2019 e movimente sua loja em uma das festas mais populares no Brasil!

Ações de Carnaval em supermercados | Negociação com fornecedores

A melhor forma de conseguir repassar melhores descontos para os clientes é com uma melhor negociação com os fornecedores. Para isso, você pode analisar os seus dados e histórico de vendas do Carnaval do ano passado, por exemplo.

Se você mostrar para os fornecedores dados concretos de que durante o período o produto dele teve um número expressivo de vendas, certamente ele vai contribuir com a sua ação.

Caso você não tenha dados do ano passado, que pode ser conseguido com uma plataforma de Gestão de clientes, uma alternativa é utilizar os dados do verão. Um exemplo de departamento que tem aumento nas vendas durante essa estação é o de bebidas frias e FLV.

Com os dados em mãos certamente você tem chances muito maiores de conseguir uma boa negociação e consequentemente de fazer boas ofertas na sua loja.

Não apenas preços mais baixos, mas você também pode negociar combos de produtos e brindes. Certamente esse tipo de ação pode aumentar seu ticket médio e consequentemente seu faturamento.

Ações de Carnaval em supermercados | Campanhas segmentadas

Certamente você já sabe que as campanhas segmentadas podem trazer os melhores resultados para a sua loja. No período de Carnaval não é diferente, investir nesse tipo de ação pode ser ótimo para aumentar suas vendas.

Para essa campanha você vai precisar escolher alguns produtos da sua loja e criar segmentações. Um bom exemplo de setor para explorar nesse período é o de bebidas frias, especialmente as cervejas.

Você pode criar uma segmentação de clientes que consumiram cervejas nos últimos 60 dias, por exemplo. Após isso, basta enviar a oferta para os seus clientes via SMS, por exemplo.

Se você desejar uma campanha um pouco mais abrangente você pode usar esse mesmo segmento. Porém, ao invés de enviar apenas alguns produtos em oferta, pode criar um encarte para todo o setor.

Uma outra ideia de setor que você pode aproveitar é o de açougue que costuma ter boa saída no período de Carnaval.

Ações de Carnaval em supermercados | Comunicação personalizada

A sua comunicação na data pode ter uma identidade própria de acordo com o tema da festa para se aproximar dos clientes.

Você pode mudar sua foto de perfil nas redes sociais por uma imagem decorada com confetes e serpentinas, por exemplo.

Na própria loja você pode seguir essa mesma ideia e decorar o espaço com serpentinas, adesivos e outros adereços de festa. Você pode pedir para os seus colaboradores entrarem no clima da festa e usarem algum adereço durante o período. Algumas lojas costumam, inclusive, escolher um dia em que todos os colaboradores vão pra loja fantasiados.

Outra ideia é criar um tema para os seus encartes de ofertas, confira algumas:

  • Folia do preço baixo;
  • Carnaval de ofertas;
  • Bloquinho dos descontos.

A combinação dessas ações podem gerar o aumento de vendas e principalmente aproximar seu relacionamento com o cliente.

Ações de Carnaval em supermercados | Conscientização nas estradas

Você pode se perguntar o que isso tem a ver com a sua loja, mas esse tipo de ação de conscientização serve para aproximar o seu relacionamento com os clientes.

Uma das principais características do feriado de Carnaval são as viagens e a imprudência de muitos motoristas gera diversos acidentes. Em 2018, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) os números números de acidentes, óbitos, autuações e irregularidades diminuíram em relação a 2017, mas estão longe do ideal.

O seu supermercado pode usar as redes sociais para publicar uma série de dicas sobre viagens seguras, por exemplo. Entre os principais pontos você pode citar: uso de cinto de segurança, não dirigir após ingerir bebida alcoólica, realizar revisões nos veículos, entre outras.

Outra opção é enviar uma SMS para toda a sua base de clientes, veja essas ideias de texto:

“Se for viajar no Carnaval, não beba se for dirigir e cuidado nas estradas. Se não for viajar, venha conferir as ofertas do Supermercado X”

“✔️Arrumar as malas

✔️Reunir a galera

✔️Fazer as compras no Supermercado X

✔️Comprar a cerveja em oferta no Supermercado X

✔️Revisar o carro

✔️Dirigir com prudência

Com um checklist desses, seu Carnaval vai ser perfeito! 🎊”

Essa ação mostra que você não quer apenas vender produtos para os clientes, mas que se importa com eles.

Época de Carnaval também é um bom momento para investir no setor de Bazar. Várias lojas investem em confete e serpentina para vender na loja e algumas apostam, inclusive em fantasias ou roupas divertidas para aproveitar a folia.

Comece já a preparar suas ações de carnaval para obter os melhores resultados! Também não se esqueça de assinar nossa newsletter para receber mais dicas e deixe nos comentários para quais datas comemorativas você quer ideias de ações em 2019.

Dificilmente exista uma definição concreta do que é um bom cliente. Muitos podem dizer que um bom cliente é aquele que faz compras de grande valor. Outros que é aquele que vem com uma alta frequência até a loja.

E provavelmente esses dois pontos estejam certos, mas isso não quer dizer que amanhã eles possam ir a um concorrente fazer suas compras. Como resultado, possivelmente você perderá o cliente que gasta muito e também o que consome várias vezes.

Por essa razão, estratégias de retenção e fidelização são tão importantes para todas as empresas. O objetivo delas é o que pode tornar o seu cliente realmente bom, um defensor da sua marca.

Entenda no post de hoje como isso funciona na prática!

O que é um bom cliente?

Para responder a essa questão muitos fatores precisam ser levados em conta. No início do post comentamos sobre alguns deles, mas também existem outros, como o ticket médio, por exemplo.

A grande maioria dos números que possam vir na sua cabeça provavelmente terá relação com o faturamento da loja. Isso não está errado, afinal um bom cliente pode ser aquele que simplesmente compra, e quanto mais melhor.

Porém, a visão sobre isso precisa ser um pouco mais ampla para que realmente sua loja tenha bons resultados.

Para efetivamente ser um bom cliente para você ele precisa fazer mais do que apenas comprar. Ele precisa comprar só no seu supermercado e ainda indicá-lo para outras pessoas.

E o porquê disso? Porque, além de contribuir para o seu faturamento com as compras, pode ajudar a aumentar sua base de clientes e manter seu índice de retenção estável (o que significa recorrência). Consequentemente, melhorar ainda mais os seus resultados.

Para que isso aconteça na prática será preciso que você adote algumas estratégias. Você pode pensar que esse é o maior nível de fidelização possível do seu cliente.

Isso significa que você precisará investir em formas de fidelizar os seus clientes. Você pode trabalhar o marketing de relacionamento e o marketing de defensores, por exemplo.

Estratégia de marketing de relacionamento

O marketing de relacionamento tem diversas variáveis e você pode colocar em prática a que melhor se adequar à sua realidade.

A premissa deste trabalho é construir uma relação com os clientes para que eles se tornem fiéis à sua loja. Como resultado de ações bem feitas, certamente você pode ter o aumento do seu faturamento.

Como se trata de um bom relacionamento, o primeiro passo é um bom treinamento dos seus funcionários. Afinal, serão eles que terão contato direto diariamente com os clientes, então um bom atendimento é um ótimo primeiro passo.

Para aproximar a sua relação com os clientes você pode optar também por algumas ações, que podem ser no próprio PDV, por exemplo. Aproveitar alguma data comemorativa é uma ótima opção para organizar um evento na sua loja e se aproximar dos consumidores.

Personalizar a experiência de compra também é outro importante ponto para sua relação com os clientes. Para isso você vai precisar do cadastro dos clientes e também uma solução de gestão de clientes. Esse tipo de ação certamente vai contribuir para a retenção e também para a fidelização na sua loja.

Com isso, você pode criar uma série de campanhas segmentadas de acordo com o perfil dos seus clientes. Como resultado, você pode ter uma comunicação ativa com toda sua base de clientes.

Outro ponto é se relacionar com os clientes inativos e perdidos. Demonstrar que você se importa com o cliente pode reiniciar essa relação. Oferecer produtos que eles consumiram, convidar para um evento na loja ou tentar descobrir a razão pela qual ele deixou de comprar na loja são opções interessantes.

Essa série de estratégias que compõe o marketing de relacionamento é que vai levar ao ponto-chave, que é o marketing de defensores.

O que é marketing de defensores

O marketing de defensores é praticamente uma consequência dos resultados das suas ações de marketing de relacionamento.

Além disso, a operação em geral na sua loja precisa ser agradável para os clientes. Casos como a ruptura de gôndola, por exemplo, têm um impacto negativo nesse sentido.

Em geral, a experiência  de compra do consumidor precisa atender à expectativa do cliente e melhor ainda se superá-la.

O seu objetivo é fazer com que essa experiência seja cada vez melhor. Dessa forma, você estará tornando o cliente mais fiel e um defensor da sua marca.

Você pode se perguntar o que é um cliente defensor, e a resposta é bem simples. É aquele consumidor que vai promover a sua marca para pessoas próximas a ele. É um marketing boca a boca, espontâneo e que pode melhorar muito os resultados da sua loja. Por que?

Se coloque no lugar do consumidor e pense quantas vezes você já comprou algo porque alguém próximo recomendou. Certamente em sua resposta haverá pelo menos uma vez e também pode ser assim para outras pessoas. Isso irá justificar o seu trabalho para levar o seu cliente a se tornar um cliente defensor, também chamado de advogado da marca.

Em um contexto geral isso significa um grande impacto na sua empresa. Primeiro porque esse cliente já está fidelizado e provavelmente tenha um ticket médio e um número de compras considerável. Segundo porque ele irá trazer outros consumidores, que irão gerar ainda mais receita para a sua loja.

Cliente bom é aquele que contribui para o seu crescimento

Antes de entender o que é um bom cliente, talvez seja preciso definir potencialmente o que é um cliente ruim. Existe cliente ruim? Sim, existe e provavelmente você tenha um na sua loja.

Um exemplo de cliente ruim para o seu negócio, são os caça-ofertas. Principalmente a longo prazo. Adianta um cliente que não compra com você nos últimos meses ir a sua loja comprar apenas um produto em oferta?

Provavelmente esse produto esteja com uma margem menor, o que impacta diretamente no seu faturamento. Então essa compra no fim das contas pode até não ser boa para você.

Sendo assim, o valor do cliente está no quanto ele pode contribuir para o seu negócio, essa é uma relação de troca. Você investe em estratégias de cross selling, de personalização, melhora a experiência de compra. Já o cliente compra mais produtos, aumenta o ticket médio, o número de itens na cesta e por aí vai.

É um processo ativo e natural, onde os dois podem sair ganhando. Por isso, a relação com o cliente precisa ser próxima e constante. Você não pode deixar nunca que ele esqueça sua marca e precisa garantir que a relação que tem com ela seja boa.

E para você ter mais clientes defensores do seu supermercado temos um material gratuito que você pode usar para aproximar o relacionamento. Baixe agora mesmo o Ebook: Guia Completo para melhorar o Relacionamento com o Cliente.

A decomposição de faturamento precisa fazer parte da rotina dos supermercadista. Você já ouviu falar sobre isso? Se você já é um cliente Mercafácil deve estar habituado à fórmula.

Ela é de grande valor, pois tem muita importância para identificar possíveis problemas na sua loja. Afinal, quem não quer uma forma de encontrar os pontos a serem melhorados na sua empresa, não é mesmo?! Ou mesmo saber o que exatamente tem impactado no faturamento?!

Por conta disso não  deixe de acompanhar o nosso post de hoje, temos um convite especial para você!

Como fazer o cálculo da decomposição de faturamento

A decomposição de faturamento leva em conta alguns fatores para chegar aos seus resultados. Dentre os pontos que entram nesse cálculo estão envolvidos também alguns setores da loja, são eles: o proprietário, comercial e marketing.

Isso acontece porque a decomposição de faturamento, como falamos anteriormente, tem a função principal de identificar problemas. Como consequência disso, o ideal é que seja tomada uma decisão para resolver aquela questão.

Você pode calcular a decomposição de faturamento por meio da seguinte fórmula:

Faturamento = Ticket médio x Nº de cupons

Com relação ao ticket médio é preciso considerar o valor médio dos produtos vendidos e a média de itens na cesta dos seus clientes. Já sobre o número de cupons é necessário avaliar número de clientes únicos e a média de compras por cliente.

É fundamental também levar em conta esses dados, pois após isso é preciso realizar ações na loja para resolver os problemas identificados.

formula-de-faturamento

Tipos de ações que podem ser feitas a partir da decomposição de faturamento

As ações que forem trabalhadas precisam corresponder com o que foi identificado como problema na sua loja. Se o ponto negativo foi encontrado no ticket médio e o que o compõe, a ação precisa ser destinada especificamente para isso. Da mesma forma, se o problema for o número de vendas, a ação deve ser direcionada para melhorar esse indicador.

Ação para o aumento do ticket médio

Para aumentar o ticket médio é preciso trabalhar separadamente os fatores que o compõe, que são: valor médio dos produtos vendidos e média de itens na cesta.

Na situação de aumento do valor médio dos produtos vendidos, a solução é estimular a compra de produtos com um valor mais elevado. Para isso você pode impulsionar a venda de produtos de maior valor agregado e também produtos da curva A.

Para aumentar a média de itens na cesta você irá precisar adotar outras estratégias. Uma boa opção é trabalhar com combos de produtos, como promoções de leve 3 e pague 2.

Outra ideia é adotar uma estratégia de cross selling, que são as vendas casadas. Para essa opção você pode usar o próprio layout de loja para estimular esse tipo de compra. Um bom exemplo, é deixar bebidas, como refrigerantes e cervejas, próximas a itens de churrasco.

Ou seja, a decomposição de faturamento pode contribuir para sua estratégia de precificação, mix de produtos e também para o trade marketing da sua loja.

Ação para o aumento do número de cupons

Ações desse tipo lidam ainda mais diretamente com os clientes e suas compras. Isso acontece, pois será preciso aumentar o número de clientes únicos e também a média de compras dos clientes.

Para o aumento de clientes, a ideia é trabalhar dois tipos de ações, são elas: aquisição e retenção de consumidores. Para isso, uma solução de gestão de clientes pode ser muito útil na sua loja.

É importante equilibrar o número de ações para que a retenção se mantenha aumentando, pois ela pode também estimular o aumento do ticket médio, por exemplo. Além disso, é claro que também é necessário aumentar a sua base de clientes.

Sobre a questão de média de compras por cliente, você vai precisar estimular um maior número de visitas a sua loja. Uma das melhores opções para isso é trabalhar de maneira recorrente com campanhas segmentadas.

Webinar | Decomposição de faturamento

Depois dessa pequena introdução sobre esse tema que certamente pode contribuir muito para os supermercados, chegou a hora do nosso convite.

A Mercafácil preparou uma palestra online gratuita para acabar com todas as suas dúvidas sobre a decomposição de faturamento. Será no dia 31 de Janeiro de 2019 às 15 horas (horário de Brasília) com transmissão ao vivo pelo Youtube.

Os temas tratados serão:

  • O que é decomposição de faturamento;
  • Com qual frequência você deve utilizar essa fórmula e em quais situações ela pode te ajudar a vencer problemas;
  • Descubra quais ações você pode fazer para corrigir os problemas encontrados pela decomposição de faturamento;
  • Quem são os profissionais indicados para trabalhar com essas informações;
  • Os 3 pilares de aumento de faturamento e como utilizar essas informações junto com a fórmula;
  • Como gestão de clientes pode lhe ajudar durante esse trabalho;
  • Ações para colocar em prática e melhorar resultados.



Para trazer o melhor conteúdo possível para você, contaremos com dois especialistas no assunto:

  • Bruno Leal, CSO e Cofundador da Mercafácil, empresa líder no Brasil em Gestão de Clientes para supermercados.
  • Eric Ansai, especialista em varejo e Consultor de Sucesso do Cliente na Mercafácil.

Você não pode perder essa oportunidade que certamente pode contribuir para a melhora dos resultados da sua loja. Para se inscrever basta acessar o link e aproveitar o conhecimento!

O marketing de supermercado não é tão simples e exige um profissional capacitado para que obtenha os resultados desejados. Principalmente, por conta da grande quantidade de produtos vendidos, de ser um mercado tradicional e também pela grande concorrência.

Isso não quer dizer que é algo impossível de ser feito e nem que não vale a pena. Nos mostra que um trabalho de marketing bem feito pode trazer diferenciais para a empresa. E, claro, como consequência gerar resultados melhores.

O profissional de marketing é a pessoa que vai se dedicar exclusivamente ao estímulo da venda de produtos na sua empresa. Ele vai trabalhar com a criação e implementação de estratégias que possam gerar vantagem competitiva para o seu negócio.

Além disso, detectar oportunidades para que a sua loja aumente as vendas, o faturamento e melhore o relacionamento com o cliente. No post de hoje, entenda porque você precisa de um profissional de marketing no seu supermercado.

Por que investir em marketing no supermercado

Ganhar competitividade no mercado

Entender o cenário em que a empresa está inserida é o primeiro passo para uma estratégia de marketing de sucesso. O varejo, por exemplo, tem passado por uma série de transformações nos últimos anos.

Algumas delas na parte operacional, outras em inovações tecnológicas, aumento da concorrência,  mas também no comportamento de compra do consumidor. Todas elas precisam ser identificadas e entendidas pelo profissional de marketing.

Com isso feito ele será capaz de indicar um posicionamento para a empresa e definir objetivos a serem alcançados. Como consequência desse trabalho, a sua empresa começará a ganhar uma vantagem competitiva no mercado. É por isso que ter uma pessoa dedicada a isso é fundamental.

Aumentar o valor da sua marca no mercado

Com objetivos bem definidos, tornar a empresa mais conhecida e valiosa se torna uma tarefa um pouco mais simples.

Porém, para que isso ocorra efetivamente, o profissional de marketing precisa criar estratégias que principalmente melhorem as vendas e o contato com os clientes.

A finalidade dessas ações é tornar a empresa relevante no segmento em que está atuando, que seja a principal opção de compra do cliente. Além disso, não se ver na “obrigação” de fazer promoções a todo tempo para atrair compradores.

Agora o objetivo é mostrar que o preço é apenas um dos fatores que envolvem uma compra de supermercado. Questões como personalização e experiência de compra podem ser ainda mais atrativas, principalmente de acordo com o novo comportamento do consumidor.

Quando um cliente escolher a sua loja por esse motivo, certamente ele já estará fidelizado e é um sinal de que sua estratégia de marketing tem dado certo.

Melhorar a atração e retenção de clientes

Essa melhora pode ser notada primeiramente pela existência de um profissional dedicado a essas questões.

Quando alguém é responsável por vários assuntos, sempre há aqueles que recebem mais atenção e outros menos. É exatamente isso que não pode ocorrer para a sua empresa conseguir ter sucesso na retenção.

O marketing da sua loja vai ser responsável por entender profundamente o seu negócio. Além disso, precisa identificar pontos fortes e pontos a melhorar.

Com essas informações, pode focar no desenvolvimento de estratégias com a finalidade de atrair e reter mais clientes.

Além disso, é preciso saber equilibrar a quantidade de ações de acordo com o objetivo proposto.

Ações de retenção precisam ter uma maior constância, pois podem contribuir para o aumento do ticket médio. Já as campanhas de atração que têm um custo maior podem ser feitas estrategicamente para aumentar o fluxo de clientes.

Na prática, uma ação irá complementar a outra e quanto mais forem feitas, melhores podem ser os resultados. Um profissional qualificado e dedicado estará atento a todos esses pontos.

Gerenciar sua ferramenta de Gestão de Clientes/CRM

Se você tem uma ferramenta de CRM ou de Gestão de Clientes, como a Mercafácil, um profissional de marketing é fundamental para a sua loja.

O marketing de supermercado exige um trabalho constante para que a loja fique movimentada durante todo o mês, seja com novos clientes ou com aqueles que já compram.

Na Mercafácil, por exemplo, existe uma jornada de sucesso, que é composta de boas práticas que levarão o cliente ao sucesso com a solução. Essa jornada exige dedicação e trabalho constante para atingir os principais objetivos que são aumentar as vendas e o faturamento. Da mesma forma uma outra ferramenta de CRM também exige dedicação e atenção constante.

Por esse motivo, o ideal é que exista um líder para que o projeto dê certo. Um profissional de marketing é o ideal, pois será capaz de extrair insights do software, aplicá-los na sua loja e depois medir os resultados. É o ciclo: pensar, testar, medir.

Trabalhar na fidelização de clientes

Uma das principais estratégias usadas em marketing de supermercado são os programas de fidelização. Aliados a eles, alguns outros métodos do marketing de relacionamento para se aproximar dos clientes.

Fidelizar os clientes é parte muito importante do trabalho de marketing dos supermercados. Principalmente por conta dos benefícios que a fidelização pode gerar a longo prazo para a empresa.

Um programa de fidelização pode cumprir bem esse papel caso seja bem definido, claro e gerenciado por profissional capacitado. Um dos pontos que precisa ficar claro em um programa deste tipo é definir o benefício, de preferência que ele seja imediato.

Após isso é manter os clientes engajados com o programa e reforçar a ideia de vantagem ao se cadastrar no programa. Para isso, fazer gestão de clientes,  ações no PDV e de relacionamento com os clientes trazem bons resultados.

Fazer estudo de mercado e avaliar oportunidades de crescimento

Uma das principais qualificações para um profissional de marketing é sua capacidade analítica. Ele será o responsável por detectar oportunidades e entender o potencial de mercado da sua empresa.

Estar atento às novas tecnologias que possam melhorar os resultados é um dos exemplos. Entre elas, soluções de gestão de clientes, app para supermercados e outras inovações que em breve devem ser realidade do setor.

Em suma, o profissional de marketing será o responsável por manter sua empresa atualizada, inovadora e entre melhores opções de compra para o cliente.

Como deve ser o profissional de marketing de supermercado

Como em todo setor, não existe uma regra para que um profissional seja considerado ideal para ocupar um cargo. Porém, existem algumas habilidades que você pode dar atenção na hora de escolher um para a sua loja. Confira algumas delas:

Ter familiaridade com o varejo

O varejo tem passado por uma série de mudanças e encontrar um profissional com experiência certamente será de grande valor. Pode contribuir para uma melhor linguagem, ações mais direcionadas e até resultados mais rápidos, por exemplo.

Gostar de métricas e números

Essa é outra questão indispensável para um profissional de marketing atualmente. Principalmente por conta do aumento do marketing digital que torna isso ainda mais necessário.

Acompanhar com frequência os dados da empresa pode contribuir para melhores estratégias e também resultados mais expressivos. Além disso, mensurar ações anteriores pode contribuir para melhorar os resultados das próximas e até identificar possíveis erros.

Domínio de marketing digital

Ter domínio sobre questões de marketing digital também é muito importante, como falamos anteriormente. As redes sociais e o e-mail marketing, por exemplo, têm mudado a forma como são distribuídos os encartes, que agora podem ser digitais.

Os e-commerces também têm ganhado cada vez mais mercado e se destacam por seu trabalho digital. Principalmente porque muitas pessoas passam o dia conectadas à internet e fazem quase todas as suas tarefas online.

Ser antenado e curioso

O varejo está em uma fase de transformação, então estar atento às novidades é o mínimo necessário para trabalhar no setor.

Outro ponto bastante importante é entender o cliente, o que ele quer e precisa. Atualmente apenas um bom atendimento não garante que um cliente se torne fiel à sua empresa.

Experiência de compra, comportamento e personalização são apenas algumas das pautas que precisam estar no radar do profissional de marketing.

É claro que não basta apenas estar atento a essas novidades e não aplicar nenhuma. Por isso, é muito importante um profissional dedicado a analisar o que é viável e faz sentido para a realidade da sua loja.

Com algumas boas práticas, como falamos anteriormente sua loja começará a ter vantagem competitiva sobre os concorrentes.

Saber transformar dados em ações

Uma das grandes competências para um profissional de marketing é gostar de trabalhar com métricas e números, como já falamos. Porém, de nada irá adiantar ter os dados e não saber o que fazer com eles.

Os dados precisam ser vistos como base para a tomada de uma ação da sua empresa. Eles vão servir de referência para apoiar uma ação ou recuperar alguma demanda que esteja com dados abaixo do esperado.

Aqui na Mercafácil, por exemplo, as empresas que possuem um profissional dedicado a gerir a plataforma de Gestão de Clientes, analisando números e transformando em ações, já conseguiram alcançar ótimos resultados. Você pode conferir algumas delas em nossa categoria de estudos de caso!

Ser independente e adaptável

O marketing  está em constante mudança e isso já faz com que o profissional da área esteja  em frequente adaptação. Mas, ao mesmo tempo ele precisa fazer com que o trabalho da sua empresa continue a trazer resultados.

Por conta desses fatores é muito importante ser independente tanto para fazer o trabalho da sua empresa, quanto para ir atrás de novos conhecimentos que possam ser aplicados. E também adaptável a essas novas mudanças, principalmente no marketing digital.

Saber trabalhar em equipe

Essa característica certamente não se aplica somente ao profissional de marketing em uma empresa. É muito importante que toda sua equipe saiba trabalhar em conjunto para os melhores resultados da empresa.

Essa é a mentalidade que a empresa precisa passar para os seus colaboradores. Que todos devem trabalhar para o crescimento da empresa e como consequência terão o seu crescimento pessoal.

Para o profissional de marketing isso não é diferente e em muitos casos precisa ser ainda mais cobrado. Isso acontece, pois ele terá contato com diversos setores da empresa como comercial, financeiro, entre outros.

Se o trabalho entre todos estes profissionais ocorrer de maneira fluida e bem feita certamente sua empresa terá resultados melhores.

Para ter ainda mais ganhos na sua loja temos um convite especial  para você! Que tal fazer parte do nosso caminho do sucesso?

Ele é composto por uma série curta de e-mail com foco em ajudar a resolver os principais desafios do varejo/supermercado. Você pode escolher o tema que mais faz sentido para o momento da sua loja: perda de clientes, melhorar vendas e faturamento, marketing mais efetivo, melhorar gestão, melhorar relacionamento e mensurar ROI.

Para se inscrever, basta clicar aqui e começar a resolver as questões que estão impedindo sua loja de crescer ainda mais.

O supermercado 4.0 pouco a pouco tem se tornado uma realidade na vida dos consumidores.

Os avanços tecnológicos têm mudado a forma como as pessoas vivem. Hoje dificilmente alguém consegue passar um dia sem usar ou ser atingido por algum meio tecnológico. A tecnologia tem se tornado uma aliada tanto em questões pessoais, quanto em profissionais.

Com as empresas a situação não é diferente. Elas cada vez mais têm buscado tecnologias para agradar seus consumidores. E claro que com os supermercados essa situação não é diferente.

No post de hoje, entenda porque a tecnologia é indispensável para o futuro dos supermercados.

(R)evolução digital 

O varejo em geral será cada vez mais tecnológico nos próximos anos e aos poucos os donos de loja e os clientes começarão a perceber isso.

Uma matéria da SA Varejo trouxe dados da consultoria Accenture sobre essa evolução no varejo. A pesquisa foi feita em mais de 3 mil empresas e revelou que nos próximos 5 anos 93% dos varejistas sabem que suas lojas sofrerão mudanças.

O curioso nesse estudo é que apenas 20% se disseram preparados para as praticamente inevitáveis transformações nesse período. E você está preparado para as transformações do futuro do varejo?

Veja no infográfico abaixo números sobre a cultura digital no Brasil e ao redor do mundo:

supermercado-40Infografico-supermercado-40

Dados guiam toda a estratégia

O mundo está realmente em uma nova revolução, principalmente sobre aspectos digitais e tecnológicos. Em alguns anos grande parte do que é conhecido passará por mudanças diretamente ligada com tecnologia.

Em um artigo da Endeavor – Brasil já se fala de uma 4ª revolução industrial e digitalização dos produtos que conhecemos. Principalmente orientada pelo uso real uso dos consumidores., que é visto como o futuro da criação de novos produtos.

Um exemplo citado de evolução que já existe no mercado são os automóveis. Um produto com dois séculos de vida, que atualmente conta com telefone integrado, internet, gps, entre outros itens tecnológicos. Essa evolução ocorreu por conta da análise da forma como os proprietários usavam seus veículos e o que eles queriam que ele tivesse ou fizesse.

A ideia é simples, o consumidor e seus dados é que irão orientar o futuro de toda a produção de itens, vendas, serviços e estratégias.

Também é comentado que os o dados dos consumidores é que serão responsáveis pela criação dos produtos do futuro.

A edição de novembro de 2018 da revista Gôndola traz uma importante informação nessa linha de inovações. O comércio digital já chegou a um dos tipos de varejo mais tradicionais, os supermercados.

Eles são considerados importantes, muito por conta da grande produção de dados que eles são capazes de produzir. Já que ir ao supermercado fazer compras é algo recorrente na vida dos clientes.

Além dos dados de consumidores, envolvem uma grande quantidade de dados sobre a compra e venda de produtos.

Essas informações que depois serão responsáveis pela criação da estratégia de vendas. Que será orientada por dados do comportamento do consumidor, para que ele tenha uma melhor experiência de compra.

Estratégia de uso de dados na prática

Uma das estratégias que usa as informações dos clientes para personalizar suas compras, é a gestão de clientes.

A gestão de clientes atua durante toda a relação do consumidor e da loja. Ela pode começar desde a atração dos clientes, mas tem seu início real quando se tem os dados de quem compra na loja.

Para isso, a Mercafácil que é especializada no assunto possui uma metodologia própria. Ela funciona com a criação de um clube de descontos. É como uma relação de “troca” com os clientes, os dados em troca de ofertas especiais para os cadastrados.

A partir disso começa o trabalho de gestão de clientes. Analisar os dados coletados, conhecer os clientes e personalizar as ações da loja direcionadas a nichos de consumidores.

Esse tipo de estratégia tem foco total no cliente e sempre é baseada em seus dados, o que aumenta a efetividade das ações. Como resultado é esperado aumento da taxa de retenção e fidelização, ticket médio e faturamento.

E-commerce

A Revista Gôndola de novembro de 2018 traz mais uma (r)evolução para os supermercados, essa que já não está tão longe assim.

Hoje, você venderia todas as suas lojas físicas e manteria somente uma loja virtual? Foi o que a rede GF Supermercados fez. Abandonou mais de 10 lojas físicas que rendiam milhões, para se manter apenas online.

O diretor da empresa Gustavo Franco comenta que essa é uma mudança natural. Além disso, fala que as empresas terão que encontrar os melhores caminhos para se manterem competitivas no mercado.

Ele aponta a conveniência como um importante ponto para esse novo tipo de loja. E ressalta que todos precisam encontrar um diferencial para si e que quer consolidar a empresa com esse diferencial, atuar digitalmente.

Multicanalidade

Estar disponível para o cliente de apenas uma forma, em um futuro muito próximo não será o suficiente.

A loja física não poderá ser separada da loja virtual, ou do site. De alguma forma todos os canais da empresa vão precisar estar conectados. Para que o cliente possa encontrar e fazer suas compras mais facilmente.

Uma das maiores redes de supermercados do país, o Carrefour já definiu metas para esse tipo de expansão. O objetivo é ampliar a atuação digital e integrá-la  com as lojas físicas, tudo isso até 2022.

Segundo a empresa “o consumidor demanda novos formatos e canais integrados para cada momento de compra”.

Não só as lojas virtuais, mas também outras ferramentas que podem contribuir para a compra são importantes. Um exemplo são os apps para supermercados, que grandes grupos já têm investido.

Vale lembrar que mais uma vez a mudança é orientada de acordo com novos hábitos dos consumidores, o que conecta todos os tópicos abordados.

O supermercado precisa ir até o cliente

Sim é isso mesmo que você leu, agora quem precisa ir até o cliente é o supermercado, não o contrário. Isso se deve principalmente a rotina cada vez mais agitada das grandes cidades brasileiras.

Dessa forma, um novo comportamento dos consumidores surgiu com a premissa de buscar praticidade acima de tudo. Se antes uma compra levava 1h para ser feita em uma loja, hoje ela pode ser feita em 10 minutos pela internet. E melhor, o cliente pode fazer tudo sem sair de casa.

Esse tipo de serviço tem crescido muito e muito provavelmente veio para ficar. Já que em 2017 o setor teve crescimento de 86,2%, segundo pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados e da Nielsen.

Uma loja virtual é a maneira mais literal de ir até o cliente, mas você pode chegar até ele de outras formas também.

Uma delas é investir em uma solução de gestão de clientes, que vai capturar dados dos clientes, analisar e enviar ações.

Com as campanhas segmentadas você pode chegar ao cliente com aquilo que ele realmente quer. E melhor ainda, quando precisa. Para isso é preciso que o cadastro dos clientes seja completo e que você dedique um tempo para a análise da informações.

Com um bom planejamento e campanhas segmentadas você tende a aumentar a efetividade das suas ações. Principalmente por orientar sua estratégia em função dos clientes.

Isso também aproxima o seu relacionamento com os consumidores e contribui para a fidelização dos clientes.

Experiência personalizada, porém massiva

Isso é o que os supermercados precisam para o futuro. Parece um pouco confuso, mas é bastante simples. Isso quer dizer que é preciso personalizar a experiência de compra para muito clientes.

Dificilmente um cliente irá comprar da mesma forma que o outro e esse é o desafio que você vai precisar superar. Ainda mais em supermercados que as compras são recorrentes e variadas.

Como você pode personalizar a compra dos seus clientes? Uma forma simples é com a plataforma da Mercafácil. Com elas, você pode criar segmentações e aplicar filtros para separar seus clientes em nichos.

Um exemplo é fazer uma campanha de leite da marca X. Você pode segmentar todos os clientes que compraram esse item e enviar a oferta apenas para eles. As chances de que ele vá até sua loja comprá-lo é muito maior do que a de alguém que nunca comprou, não é mesmo?

Você pode fazer isso com o item da sua loja que preferir e quanto mais específica for a segmentação, maiores as chances de sucesso.

Parece bastante importante não é mesmo? Com esse tipo de ação você pode personalizar e massificar suas ações ao mesmo tempo.

Como aderir à tendência do supermercado 4.0

Ter em mente a importância de adotar tecnologia nos supermercados é um passo considerável. Isso não quer dizer que você precisa mudar completamente a sua operação nos próximos 6 meses.

Com a velocidade que são desenvolvidas novas ferramentas tecnológicas fica difícil acompanhar tudo. Ter calma e planejamento é essencial para que você tenha sucesso. Pense o que você quer ter na sua empresa nos próximos 5 anos, por exemplo.

Antes de tudo é importante estar atento sobre as novidades do mercado e estudar o que é viável para implementar em sua loja. Sobretudo é extremamente relevante que o dono da loja sempre esteja a frente das mudanças que podem ocorrer na empresa.

Contar com profissionais competentes e bem treinados também é muito valoroso para obter o sucesso desejado. Estar ciente de que os resultados vão ser mais expressivos de médio a longo prazo também é fundamental.

Para começar efetivamente a transformação digital em sua loja porque não começar com uma solução de gestão de clientes?

Ela irá impactar diretamente na sua relação com os clientes, com ofertas personalizadas e melhora na experiência de compra. Pode com isso aumentar sua taxa de retenção e fidelização dos consumidores.

Além disso, pode ser útil para gestão de estoque, planejamento financeiro, aumento da efetividade das ações, negociação com fornecedores, entre outros.

Você pode optar por começar em outras tecnologias. Algumas opções são os self checkouts e os apps para supermercados. Mas porque não partir para soluções de realidade virtual? Gamificação no varejo?

Certamente você sabe que existem inúmeras tendências e novidades para os próximos anos, o chamada supermercado 4.0.

A melhor dica que podemos te dar é ir com calma e ir experimentando algumas delas na sua loja. Assim, você tem mais chances de ter sucesso e melhorar realmente os seus resultados.

O que esperar do futuro

O futuro do varejo está diretamente ligado ao novo comportamento do consumidor e as mudanças que ele ainda pode passar. Como já foi falado anteriormente, mais uma vez a estratégia precisa ter foco no cliente para ter sucesso. Afinal, são eles que trazem dinheiro para a empresa.

O e-commerce no varejo alimentar tende a ocupar cada vez mais uma parcela relevante do mercado. Especialistas acreditam que algo entre 10% a 15% já nos próximos anos.

Isso quer dizer que essa parcela de lojas físicas tende a perder seus clientes se não se adaptar ao seu novo comportamento e necessidades.

As lojas físicas tendem a ser cada vez mais focadas em experiência. Além de uma boa experiência de compra, a ideia é de que venha algo a mais na visita ao supermercado.

Algumas delas são a digitalização das lojas tradicionais, tornando-as multicanais. No próprio PDV apostar em tecnologias como a realidade virtual, QR Codes, gamificação, entre outras opções que existem no mercado.

Por outro lado, existe a real experiência na loja. Principalmente com lançamento de produtos, cursos de gastronomia, degustações e ações de loja que envolvam os clientes na prática.

Essa é a tendência do futuro das lojas físicas e não deve demorar muito tempo para que todos possam ver isso acontecer na prática.

Não deixe de ficar atento a tecnologias que podem ser implementadas em sua loja e te manter competitivo no mercado. Para isso faça o download de dois e-books que produzidos, são eles: Guia: utilizar Business Intelligence com CRM para aumentar vendas e Guia do Big Data: tudo o que você precisa saber.    

Descobrir maneiras de como reter clientes insatisfeitos é uma tarefa complicada, mas faz parte da rotina de todo varejista. O primeiro passo para resolver isso é entender que ter clientes insatisfeitos é algo “normal”.

Mesmo assim, sua loja precisa encontrar formas de acabar com isso o mais rápido possível. Principalmente porque comentários negativos tendem a se espalhar muito mais rápido do que os elogios.

Lembre-se que você depende muito mais do cliente, do que ele de você. Por conta disso, você deve mostrar que se importa com ele e quer mantê-lo satisfeito. Esse pode ser o diferencial da sua loja, o que pode fazer com que o consumidor se torne fiel a você.

Como trabalhar a retenção de clientes insatisfeitos

O primeiro passo para isso é entender a razão da insatisfação do cliente. Essa informação é que dará o rumo da sua estratégia para recuperar esse cliente.

Existem vários fatores que podem gerar insatisfação nos clientes. Uma das principais é o mau atendimento.

Segundo estudo da Oracle um atendimento ruim faz com que 79% dos clientes optem por comprar em um concorrente. Já um bom atendimento, é a principal razão para um consumidor recomendar uma empresa.

Esses dados já dão uma breve explicação da importância de manter os clientes satisfeitos com a sua loja. Independente de qual seja a situação é preciso entendê-la para conseguir resolver e evitar que acontece novamente.

Para saber como reter os clientes insatisfeitos também é preciso entender como é possível fazer isso na prática. Para que a retenção seja viável existem duas fases importantes que você precisa passar.

A primeira delas é saber como lidar com o cliente no momento da insatisfação e a segunda como se aproximar novamente dele.

Como lidar com a insatisfação do cliente

Atender o cliente no momento em que ele está insatisfeito é bastante delicado e precisa de cuidado para que a situação não piore.

Para Raquel Castro especialista em educação corporativa, “O ideal é que a empresa se prepare antecipadamente, de maneira correta, para enfrentar um conflito”.

Por isso, é importante que a empresa tenha consciência de problemas desse tipo podem ocorrer. Além disso, todos precisam estar cientes de como resolvê-lo.

Lidar com a insatisfação nunca é algo fácil, principalmente porque o cliente sempre acredita estar certo. Esse é um dos maiores cuidados que você precisa ter, não insista que o cliente está errado.

Diversas situações podem ter levado o cliente a ficar insatisfeito com a sua loja. Certamente que ele pode ou não estar certo. Porém, a sua postura como empresa deve ser de tranquilidade, para que a situação se resolva.

Quanto a isso o treinamento da sua equipe também é fundamental para solucionar essa questão, além de também poder evitá-la.

Esqueça as palavras certo ou errado quando o assunto for lidar com a insatisfação dos clientes. A palavra de ordem deve ser “solucionar” o problema ocorrido.

Escute o cliente, entenda o motivo e aí sim pense em como você pode resolver as questões que ocorreram.

Como se reaproximar de clientes insatisfeitos

Agora que você já descobriu a razão da insatisfação precisa pensar em como se reaproximar e como reter clientes insatisfeitos.

Depois do momento de turbulência é preciso que você resgate a confiança do cliente, pois como já foi dito, você precisa muito mais dele, do que ele de você. A ideia é que você demonstre que se importe com a presença dele na sua loja e dê valor ao ocorrido.

Busque fugir de soluções simples para retomar seu relacionamento com o consumidor. Tente surpreendê-lo com algo que realmente mostre que você está em busca de reconquistar a confiança dele.

Para isso, você pode tomar algumas medidas simples, mas que podem fazer toda a diferença. Seja ágil para resolver a situação, demonstre que se importa, mostre a sua situação em relação ao acontecimento, proponha uma solução viável e prática, entre outras questões.

Mais importante do que resolver o que aconteceu e evitar que se repita. Isso acontece principalmente por que o seu relacionamento com o cliente está “abalado” e você precisa reconstruí-lo.

Se o cliente fez uma sugestão de melhora para a sua loja tente implementar caso seja possível. Se ele reclamou de algo em específico busque fazer com que a aquilo não se repita ou melhore aquele ponto.

O feedback do cliente é o mais importante para a sua loja e suas mudanças sempre devem ser orientadas por eles. Afinal, os clientes são o coração da sua empresa e você precisa mantê-los satisfeitos.

Quanto a isso, busque sempre manter o cliente ativo sobre possíveis melhorias na sua. Elas podem ser sobre todas as questões que impactam o cliente como: atendimento, preço e organização.

Lembre-se que manter o cliente satisfeito também é uma forma de melhorar seus resultados, como foi apontado na pesquisa feita pela Oracle.

Estratégias de como reter clientes insatisfeitos

Resolver a situação no momento e a tentativa de retomada da confiança em andamento, são ótimos passos. Porém, você não pode parar por aí, pois o seu trabalho precisa ser constante.

É muito importante que você comece a fazer ações de retenção e de relacionamento com os seus clientes. Busque reengajar os clientes da sua loja. Dessa forma a relação entre loja e cliente tende a voltar ao normal e da melhor forma para ambos.

Segmentação de clientes

Apostar em segmentações é um ótimo caminho para trabalhar a retenção de clientes. Para ainda mais específico você pode criar uma segmentação especial para clientes que já tiveram algum problema e estão insatisfeitos.

Com essa segmentação criada você pode estimular o cliente para que ele volte a compra na sua loja. Você pode utilizar descontos em produtos de acordo com os hábitos de consumo do cliente, vale-compras, brindes, entre outros.

Lembre-se que a ideia é aproximar o relacionamento com o cliente. Para isso, quanto mais específicas forem as segmentações melhores podem ser seus resultados.

Ainda dentro das segmentações, existe outro fator importante que é a comunicação com os clientes. Enviar uma comunicação personalizada para os seus cliente também pode te aproximar dos clientes.

Podem ser ações simples, como chamar o cliente pelo nome ou lembrar da data do seu aniversário. Mas certamente podem ser ótimas ideias de como reter clientes insatisfeitos.

Com esse tipo de comunicação você faz com que o cliente se sinta especial e demonstra preocupação da sua empresa com ele. Além disso, humaniza a sua marca e a aproxima dos consumidores.

Ofereça um canal para a resolução de problemas

Com o desenvolvimento de muitas tecnologias e o surgimento das redes sociais os clientes têm cada vez mais voz sobre uma empresa. Isso claro que pode ser positivo, mas também pode ser negativo.

No caso que estamos abordando um comentário negativo de um cliente insatisfeito em uma rede social já pode ser o suficiente para afastar os clientes. Por isso é importante que você tente resolver as questões o mais rápido possível.

Para otimizar essa relação uma boa ideia é criar um canal próprio para a resolução de problemas. Você pode escolher qual canal seja mais simples para utilizar ou qual se adeque melhor a sua estratégia.

O importante com essa estratégia é resolver rapidamente possíveis problemas que possam ocorrer em sua loja.

Peça feedbacks regularmente

Saber o que os seus cliente pensam sobre a sua loja é de extrema importância para evitar que eles fiquem insatisfeitos. Para não ter que saber como reter clientes insatisfeitos a ideia é não deixar que fiquem insatisfeitos.

Para manter os consumidores satisfeitos é essencial pedir o feedback deles regularmente. Afinal, são eles que estão consumindo sua loja e seus produtos.

Para fazer isso você tem algumas opções disponíveis. Uma delas é fazer uma pesquisa de satisfação com os seus clientes. Basicamente para descobrir o que está bom e o que pode melhorar na sua loja.

Outra opção é fazer uma pesquisa de NPS, a intenção dela é um pouco diferente. Ela busca medir qual a possibilidade dos seus clientes indicarem a sua loja para alguém. Os resultados dessa pesquisa são muito importantes para medir a satisfação dos clientes. Afinal, eles tendem a indicar algo que consideram muito bom.

Quanto melhores forem os feedbacks dos seus clientes significa que sua loja tem ido no caminho certo com seus consumidores.

Quer saber como melhorar a retenção de clientes da sua loja? Agende uma consultoria sobre Gestão de Clientes.

Fazer vendas com o cadastro de clientes é extremamente útil para todas as lojas e é capaz de trazer benefícios importantes. Sobretudo no que diz respeito a personalização de ofertas para os seus clientes.

Possuir os dados dos clientes é o primeiro passa para conhecê-los e assim começar a orientar sua estratégia com foco neles. É dessa forma, com a captação dos dados que se começa a fazer gestão de clientes.

O principal objetivo dessas práticas é aumentar a efetividade das ações e melhorar os resultados da loja.

Entenda um pouco melhor sobre a importância de um cadastro de clientes para seu supermercado.

Cadastro de clientes como a base a estratégia de vendas

Fazer um planejamento estratégico de vendas é uma ótima ideia para que sua loja consiga bons resultados. Ele por si só já pode trazer sucesso para você, mas com um cadastro de clientes como base os resultados podem ser ainda melhores.

Com a captação de dados dos seus clientes fica inclusive mais fácil que você consiga atingir a maior parte dos seus clientes. E melhor do que isso, tornar suas ações mais efetivas.

Isso acontece principalmente por conta da possibilidade da criação de segmentações da sua base de clientes. Com uma estratégia de campanhas segmentadas certamente sua loja melhorar seus ganhos.

Também é possível usar canais de comunicação como SMS e WhatsApp (quando o cliente tiver o seu número cadastrado) para disparar as suas campanhas.

Em suma, você ganha diversas possibilidades para contatar os clientes e melhorar a efetividade das suas campanhas.

Outro benefício de ter os dados dos clientes é que você consegue identificar seus hábitos e frequência de compras. Posteriormente esses dados servirão de base para suas campanhas segmentadas.

Com essas informações você também pode observar se os seus clientes estão ativos ou inativos. Caso estejam sem comprar a algum tempo, ou seja inativos, você pode segmentar esses clientes e criar uma ação para que eles voltem a comprar na loja.

Caso você tenha uma plataforma de gestão de clientes, como a da Mercafácil, pode usar o mapa de geolocalização para identificar as regiões em que os consumidores deixaram de comprar. Dessa forma, pode planejar ações como entrega de encartes para que eles voltem a comprar com você.

A principal razão de ter um cadastro de clientes é criar oportunidades de venda, aumento de ticket médio e efetividade em campanhas.

Um cadastro de clientes completo é essencial

Como foi falado sua loja pode ganhar diversas oportunidades com os dados dos clientes. Mas é claro que para que isso funcione realmente você precisa cadastrar os seus clientes corretamente.

O ideal é capturar o maior número de informações possíveis, pois assim você poderá personalizar ainda mais as ofertas para os clientes. Um cadastro com falhas, pode fazer com que você não consiga os resultados esperados.

Existem algumas informações que são indispensáveis, mas como foi dito, quanto mais dados melhor, são elas:

  • Nome
  • CPF
  • Data de nascimento
  • Celular
  • Endereço

Com esses dados em mãos você já é capaz de criar ações com ótimos resultados. Confira alguns exemplos em nossa categoria de estudos de caso.

Nem sempre os clientes fornecem os dados corretamente, ou em alguns casos pode ocorrer algum erro na hora do cadastramento. Por conta disso, é importante que você busque sempre enriquecer e atualizar os dados dos seus clientes.

Isso é algo muito relevante, pois informações completas e específicas podem garantir segmentações mais ricas. Como consequência disso, campanhas mais assertivas e melhores resultados para sua loja.

Como fazer cadastro de clientes

A melhor forma de conseguir que o cliente se cadastre na sua loja é oferecer algum benefício em troca. Em supermercados uma das melhor maneiras para isso é a criação de um clube de descontos.

A Mercafácil que é uma empresa especializada em gestão de clientes para supermercados, adota essa metodologia. Esse programa de fidelidade foi escolhida porque oferece benefícios imediatos ao clientes. Com isso, a adesão tende a ser maior e mais eficiente para fidelizar os clientes.

A ideia é bem simples, os clientes terão acesso a um preço 2 na loja, que será mais baixo apenas para que se cadastrar. Após eles se cadastrarem você pode começar a trabalhar as segmentações dentro do seu clube.

É muito importante que você faça uma boa campanha de lançamento para o seu clube e de comunicação sobre como ele funciona para que não ocorram imprevistos. Outro fator importante é ter uma estratégia para conseguir o maior número de cadastros possíveis.

Uma opção é utilizar a curva ABC para identificar os produtos mais consumidos e colocá-los no clube para atrair cadastros. Dessa forma você tende a conseguir um número expressivo de cadastro no início do programa.

Após isso, a ideia é movimentar todos os setores da loja com ofertas personalizadas, vendas casadas e ações de relacionamento. E tudo isso será possível graças a gestão de clientes que vai capturar os dados, analisá-los e disparar as campanhas para os consumidores.

Certamente você já reparou a importância do clube para toda a estratégia, já que ele é o início de tudo. Por conta disso, não deixe de implementar um programa de fidelidade na sua loja agora mesmo!